Notícias

Literaturas de Língua Portuguesa e de Língua Inglesa, Cultura e Política

2020-05-04

Chamada para Porto das Letras V. 7. N. 2. (2021)

 

Dossiê

Literaturas de Língua Portuguesa e de Língua Inglesa, Cultura e Política

 

Nos últimos anos, o cenário literário vem discutindo diferentes formas de opressão sustentadas por projetos políticos, sociais, étnico-raciais, de classe e de gênero. Além disso, novos escritores e literaturas não-hegemônicas nos fazem questionar o sentido de um cânone literário, associando a falta de diversidade na produção literária à exclusão promovida pelas sociedades e pelo sistema-mundo. Dessa forma, vemos o texto literário entrelaçado com a cultura, história e política, discutindo sistemas de poder, seu imaginário e suas formas de colonizar desejos e corpos. Nesta edição da Revista Porto das Letras, estamos interessados em artigos que tratem da discussão sobre projetos de poder político, heteropatriarcal, colonial, social ou étnico-racial nas Literaturas de Língua Portuguesa e Literaturas em Língua Inglesa. Acolheremos trabalhos que problematizem as identidades culturais e as relações étnico-raciais e de gênero, sob a perspectiva da fratura em narrativas sociais hegemônicas. Além disso, também receberemos textos que reflitam sobre processos históricos e políticos e suas revisões por meio da literatura.

 

Organização:

Prof. Dr. Paul Melo e Castro – Universidade de Glasgow

Prof. Dr. Rogério Miguel Puga – Universidade Nova de Lisboa

Profa. Dra. Maria Perla Araújo Morais – Universidade Federal do Tocantins

 

Prazo de envio: 30 de janeiro de 2021

Previsão de publicação: março de 2021

 

Os autores de artigos devem utilizar o modelo disponível em Modelo de Artigo.

 

 

Open Call for Porto das Letras V. 7. N. 2. (2021)

 

Dossier

Portuguese- and English-Language Literatures, Cultures and Politics

 

In recent years, various forms of political, social, ethno-racial, class- and gender-based oppression have taken centre stage on the literary scene. Furthermore, new writers and emergent, non-hegemonic literatures have led us to question the meaning of the literary canon and associate the lack of diversity in literary production with the exclusionary practices characterising diverse societies and the world system. Literary texts are thus entwined with culture, history, and politics, questioning systems of power, their imaginaries and capacity to colonise both desires and bodies. For this edition of Porto das Letras, we are interested in articles analysing political, hetero-patriarchal, colonial, social, ethno-racial formations of power in Portuguese- and English-language literatures. We welcome submissions that problematise cultural identities and ethno-racial and gender relations in hegemonic social narratives. In addition, we invite the submission of texts reflecting on literature as a means critically to reappraise historical and social processes.

 

Editors:

Dr Paul Melo e Castro – University of Glasgow

Dr Rogério Miguel Puga – New University of Lisbon

Dr Maria Perla Araújo Morais – Federal University of Tocantins

 

Deadline for submission: 30th January 2021

Predicted date of publication: March 2021

 

The authors must use the template available at Template

Saiba mais sobre Literaturas de Língua Portuguesa e de Língua Inglesa, Cultura e Política

Edição Atual

v. 6 n. 2 (2020): Literatura, Leitura e Ensino à luz das questões étnicas, raciais, sociais, de gênero e diversidade cultural no tempo performativo

Esse número da Revista Porto das Letras propõe um debate em relação ao ensino de literatura e a formação de leitoras e leitores, levando em conta as literaturas das margens, questões étnicas, raciais, sociais, de gênero e diversidade cultural. Serão aceitos artigos, ensaios e resenhas sobre essa temática no âmbito das questões de ensino de literatura e formação do leitor.

Num momento em que as minorias e as diversidades são ameaçadas por discursos reacionários e conservadores, cabe refletirmos sobre a literatura, a formação do leitor e o ensino de literatura, priorizando as vozes minoritárias oprimidas pelas posições hegemônicas. Bhabha estabeleceu a distinção entre tempo pedagógico, em que as vozes, narrativas e discursos hegemônicos constroem uma imagem de nação, sua cultura e sua literatura, muito ao gosto das narrativas dos heróis dos grandes feitos da história, em oposição ao tempo performativo, em que as vozes das minorias e das literaturas periféricas ocupam um espaço de luta, embate e enfrentamento contra os discursos hegemônicos e conservadores, em que as narrativas das margens reconstroem a identidade de um povo na perspectiva da diferença.

Publicado: 2020-08-04

EXPEDIENTE

  • Adriana Demite Stephani Carvalho, Rubenilson Pereira de Araújo
    01-04

DOSSIÊ

Ver Todas as Edições

A revista Porto das Letras é uma publicação trimestral do Programa de Pós-graduação em Letras da UFT do Campus de Porto Nacional. A revista tem o objetivo de divulgar artigos e resenhas inéditos da área de Literatura, Linguística e Ensino de Língua e Literatura. É voltada a pesquisadores mestres e doutores, discentes de pós-graduação e profissionais da área de Letras e Linguística e apresenta as seguintes seções: Dossiê Temático, Estudos Liguísticos, Estudos Literários, Seção Livre e Resenhas.

A Revista Porto das Letras obteve Qualis B1 na última avaliação da Capes (2017-2018).

 

A Revista Porto das Letras está indexada em:

Latindex

Diadorim

DOAJ

EZB

WorldCat

OpenAIRE

Livre!

JURN

Sumários.org

Google Acadêmico

PKP - Public Knowledge Project

Saiba mais sobre o Foco e Escopo, Periodicidade, Avaliação Cega pelos Pares e Livre acesso aqui

 

Este periódico utiliza Licença Creative Commons 4.0 - CCBY 4.0.