POR UMA HISTÓRIA DO ENSINO DA SOCIOLOGIA NO BRASIL: Na oficina sociológica de Cristiano Bodart tomando Café com Sociologia

Palavras-chave: Sociologia. Ensino. História.

Resumo

Entrevista realizada em 09 de setembro de 2018, com o sociólogo Cristiano Bodart, docente do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e membro da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais (ABECS) e destacado pesquisador dos estudos em ensino de sociologia no Brasil. Cristiano das Neves Bodart, professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), cuja produção sociológica é substancial aos estudos em ensino de sociologia no Brasil. Seus estudos e reflexões acerca do ensino de sociologia no Brasil têm obtido ressonância entre o público acadêmico no país, auferindo relevo no avanço no conjunto da produção sociológica brasileira. Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP, 2016) com a tese Os Partidos Políticos e os Movimentos Sociais na Construção de Espaços Institucionalizados de Participação Social, mestre em Planejamento Regional e Gestão de Cidades pela Universidade Candido Mendes (UCAM, 2009) e licenciado em Ciências Sociais (2002). Participa do Conselho Editorial de importantes periódicos nacionais na área de sociologia e afins. Em sua profícua produção intelectual têm publicado inúmeros artigos em periódicos científicos de amplo alcance, capítulos de livros e apresentações de trabalhos científicos em eventos nacionais e internacionais e realizado palestras nas mais diferentes universidades brasileiras. Atualmente é professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Alagoas e vinculado ao Educação do Centro de Educação (CEDU) dessa mesma instituição, pesquisador do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Ensino de Ciências Sociais do Instituto de Ciências Sociais (ICS-UFAL) e da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais (ABECS).Atua como editor-chefe da Revista Café com Sociologia e dos Cadernos da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais (CABECS). Fundou há dez anos, o mais prestigiado blog de Sociologia e Ensino de Sociologia no Brasil, o Blog Café com Sociologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fagno da Silva Soares, Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e Universidade de São Paulo/USP.

Doutor em Geografia Humana pela FFLCH/USP, mestre em História do Brasil pela UFPI, graduado em História pela UEMA, pesquisador do Núcleo de Estudos de História Oral NEHO/USP Grupo Trabalho Escravo Contemporâneo GPTEC/UFRJ, especialista em Metodologia do Ensino e da Pesquisa em História e Geografia do Brasil pela UNIFIA, Planejamento-Implementação e Gestão da EaD pela UFF, TICs para Educadores pela UFRGS, Direitos Humanos pela UFMA, Metodologias Inovadoras Aplicadas à EaD pela FACINTER, Orientação-Supervisão-Gestão e Inspeção Escolar pela UNINTER, Docência do Ensino Superior pelo IESF e MBA em Gestão e Ensino de TICs e Inovação pelo IBMEC. Líder do CLIO & MNEMÓSINE Centro de Estudos e Pesquisas em História Oral e Memória IFMA e Pesquisador do História do Tempo Presente na Amazônia CNPq/UFPA, do Grupo de Pesquisa Culturas, Identidades e Dinâmicas Sociais na Amazônia Oriental Brasileira CNPq/UNIFESSPA. É membro filiado a Associação Nacional de História ANPUH-MA, Associação Brasileira de História Oral-ABHO e Presidente da Academia Açailandense de Letras-AAL Biênio 2014-2016. Atualmente é professor de história do IFMA/Campus Açailândia e SEEDUC. Consultor Ad Hoc do Comitê de Avaliação de Projetos IFAL. Tem-se enveredado pela pesquisa acerca do processo de escravização contemporânea na Pré-Amazônia. Em seu Currículo Lattes os termos mais frequentes na contextualização da produção científica são: história oral, identidade, memória, tempo presente e mais recentemente ensino de história. E-mail: fagno@ifma.edu.br

Referências

ALMEIDA, Juniele Rabêlo de; MENESES, Sônia (Orgs.). História Pública em Debate: Patrimônio, educação e mediações do passado. São Paulo: Letra e Voz, 2018.

ALMEIDA, Juniele Rabêlo de; ROVAI, Marta (Orgs.). Introdução da História Pública. São Paulo: Letra e Voz, 2011.

BODART, Cristiano das Neves; CIGALES, Marcelo. P. Apresentação do Dossiê especial História do Ensino de Sociologia. Revista Café com Sociologia, v. 4, p. 2-7, 2015.

BODART, Cristiano das Neves; PEREIRA, T. I. Breve balanço do subcampo?Ensino de Ciências Sociais? no Brasil e o papel da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais - ABECS. Cadernos de Ensino de Sociologia, v. 1, p. 1-10, 2017.

BODART, Cristiano das Neves; SOUZA, Ewerton Diego de Souza. Configurações do ensino de sociologia como um subcampo de pesquisa: análise dos dossiês publicados em periódicos acadêmicos. Revista Ciências Sociais Unisinos, v. 53, p. 453-557, 2017.

BODART, Cristiano das Neves; CIGALES, Marcelo. P. Ensino de Sociologia no Brasil (1993-2015): Um Estado da Arte na Pós-Graduação. Revista de Ciências Sociais (UFC), v. 48, pp. 256-281, 2017.

BODART, Cristiano das Neves; SILVA, Roniel Sampaio. O perfil do professor brasileiro de Sociologia do Ensino Médio e sua percepção da condição docente. Inter-Legere (UFRN), v. 1, p. 168-189, 2016.

BODART, Cristiano das Neves; SILVA, Roniel Sampaio. Um raio-x do professor de sociologia brasileiro: condições e percepções. Estudos de Sociologia Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE. v. 2, pp. 197-233, 2016.

BOM JARDIM, Fernando Perlatto. Sociologia pública: imaginação sociológica brasileira e problemas públicos. 2013. 433p. Tese [Doutorado em Sociologia]. Instituto de Estudos Sociais e Políticos, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2013.

BRAGA, Ruy; BURAWOY, Michael (Org.). Por uma sociologia pública. São Paulo, Alameda, 2009.

BRAGA, Ruy; SANTANA, Marcos Aurélio. SOCIOLOGIA PÚBLICA: engajamento e crítica social em debate. Centro de Estudos e Pesquisas em Humanidades/UFBA - Caderno CRH - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, v. 22, n. 56, maio/agosto, 2009, pp. 223-232.

BURAWOY, Michael. Cultivando sociologias públicas nos terrenos nacional, regional e global. Revista de Sociologia Política, Curitiba, v. 17, n. 34, p. 219-230, out. 2009.

BURAWOY, Michael. For a public sociology. American Review, v.70, fev. p.4-28, 2005.

BURAWOY, Michael. Por uma sociologia pública. Política e Trabalho, Recife, n. 25, p. 9-50, out. 2006.

CALHOUN, C. The Promise of Public Sociology. British Journal of Sociology, v. 56, n. 3, p. 355– 363, 2005.

MAUAD, Ana Maria; ALMEIDA, Juniele Rabêlo de; SANTHIAGO, Ricardo (Orgs.). História Pública no Brasil: sentidos e itinerários. São Paulo: Letra e Voz, 2016.

MAUAD, Ana Maria; SANTHIAGO, Ricardo; BORGES, Viviane Trindade (Orgs.). Que História Pública queremos? São Paulo: Letra e Voz, 2018.

MEUCCI, Simone. Institucionalização da sociologia no Brasil: primeiros manuais e cursos. São Paulo: Hucitec: FAPESP, 2011.

MOCELIN, Daniel Gustavo; MEIRELLES, Mauro. (Org.). Rumos da Sociologia no Ensino Médio. 1ª ed. Porto Alegre: CirKula, 2016, v. 1, p. 23-42.

PERLATTO, F.; MAIA, J. M. Qual sociologia pública? uma visão a partir da periferia. Lua Nova, São Paulo, n. 87, p. 83-112, 2012.

SOARES, Fagno da Silva; ROVAI, Marta Gouveia; PORTO JUNIOR, Gilson. Por uma história pública: filigranando comunicação e ensino. Revista Observatório (UNESP/UFT), v. 3, n. 2, abril-junho, pp. 25-40, 2017.

Publicado
2018-10-08
Como Citar
SOARES, F. POR UMA HISTÓRIA DO ENSINO DA SOCIOLOGIA NO BRASIL: Na oficina sociológica de Cristiano Bodart tomando Café com Sociologia. Revista Observatório, v. 4, n. 6, p. 1007-1029, 8 out. 2018.
Seção
Entrevista / Interview / Entrevista

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##