https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/abeducacaofisica/issue/feed Arquivos Brasileiros de Educação Física 2019-05-21T09:32:55-03:00 Joana Marcela Sales de Lucena joana.sales@uft.edu.br Open Journal Systems <p>A Arquivos Brasileiros de Educação Física é uma revista científica que publica artigos originais, revisões sistemáticas, metanálises, resenhas, ensaios clínicos, estudos de casos e cartas ao editor com temas vinculados à Educação Física.</p> <p>A revista tem como missão principal difundir o conhecimento na área de Educação Física com qualidade científica. Sendo a primeira revista científica na área de Educação Física do norte do Tocantins, a Arquivos Brasileiros de Educação Física tem o árduo desafio de trazer à tona o conhecimento científico no campo da Educação Física desta região, incentivando a publicação de trabalhos científicos que prezem pela ética profissional, qualidade metodológica e crescimento da área na região.</p> https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/abeducacaofisica/article/view/6269 ANÁLISE POSTURAL DOS PRATICANTES DE KICKBOXING 2019-05-21T09:32:55-03:00 Wlaldemir Roberto Santos wlaldemir.santos@fbv.edu.br Alysson Jemesson Santos alyssonj.santos@hotmail.com <p>O <em>Kickboxing</em> exige em sua técnica, a execução de movimentos em grandes amplitudes, equilíbrio, agilidade, resistência muscular e aeróbia, para isso se faz necessário uma dedicação de frequência de treinos e intensidade na iniciação esportiva. Tal frequência e intensidade podem predispor aos atletas possíveis índices de lesões musculoesqueléticas e alterações posturais no decorrer de sua prática. O presente estudo teve como objetivo detectar assimetrias e possíveis desvios posturais, além de interpretar as regiões mais acometidas nos praticantes da modalidade do <em>Kickboxing</em> através de um questionário e do protocolo proposto pela <em>Portland State University</em> (PSU), por meio de fotogrametria, onde o valor de índice de correção postural (ICP) considerado é ≥ 65% para indivíduos adultos. A amostra foi composta por 17 praticantes de <em>Kickboxing</em> do sexo masculino, com média de idade de 24,3 anos, com no mínimo 6 meses de prática. Os resultados obtiveram um ICP no valor de 85,9%, como parâmetro acima de normalidade sugerido pelo método PSU. Entretanto, percebeu-se em uma análise por segmento que todos os indivíduos (100%) apresentavam alteração na altura dos ombros, no tronco (70,8%), posição da cabeça (58,8%) e alterações no pé (41,2%). Desta forma, observou-se que o padrão exigido pela prática do <em>Kickboxing</em> pode levar a uma postura alterada, aumentando o risco de lesões e reduzindo o desempenho. Com isso, verificamos a importância com o cuidado da postura dos praticantes de <em>Kickboxing</em>, na perspectiva de melhorar o desempenho e reduzir o risco de lesões.</p> 2019-05-21T00:00:00-03:00 ##submission.copyrightStatement##