A Metáfora do Corpo em Hilda Hilst e Frida Kahlo

  • Carlos Magno da Mata IFTO
  • Carlos Roberto Ludwig UFT
Palavras-chave: Erotismo, Corpo, Metáfora, Poesia, Pintura.

Resumo

Este artigo busca demonstrar o resultado dos estudos comparatistas feitos, tendo como foco, na arte visual, Frida Kahlo e, na escrita, Hilda Hilst, analisando as inter-relações entre erotismo, corpo, pintura e poesia. Também se ressalta o uso do corpo como metáfora, proposto por ambas as artistas, como forma de expressar seus sentimentos, anseios e conflitos vividos, fazendo com que essas obras tomem um rótulo de impactante para os leitores. Outro ponto de apreço que as artistas Frida Kahlo e Hilda Hilst expõem é exatamente a diferença que elas possuíam em relação às outras mulheres de sua época, pois estavam à frente de sua geração. Elas expressavam, de maneira clara e objetiva em suas obras, a realidade em que viviam, de um modo erótico, para chamar a atenção dos leitores. 

Biografia do Autor

Carlos Roberto Ludwig, UFT

Doutor em Letras pela UFRGS

Docente do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFT

Publicado
2016-10-16