A ESPETACULARIZAÇÃO E CONEXÃO DA POLÍTICA E DA CIDADANIA NO ESPAÇO PÚBLICO MIDIATIZADO

Palavras-chave: Cidade, Mídia, Política

Resumo

A ideia de uma cidade midiática vem sendo discutida por vários pesquisadores e estudiosos em uma perspectiva tanto conceitual quanto aplicada, tomando a cidade pelas vias da midiatização, tendo no espaço urbano, por uma amplitude global, um modo de representação da política. O objetivo desse artigo, é discutir o conceito da cidade midiática a partir da ruptura da relação territorialidade e identidade pelos processos de comunicação na contemporaneidade, cuja essência, está na discussão política na sua feição mais avançada, quando oferece à sociedade um espaço público midiatizado e conectado onde se desenrola uma cena social típica deste ambiente em que as mediações respondem objetivamente aos processos de sociação, cidadania e política.

 

PALAVRAS-CHAVE: Cidade; Mídia; Política

 

 

ABSTRACT

The idea of ​​a media city has been discussed by several  researchers and scholars from both a conceptual and an applied perspective, taking the city through mediatization, having in urban space, by a global amplitude, a way of representing politics. The purpose of this article is to discuss the concept of the media city from the rupture of the relationship territoriality and identity by the contemporary communication processes, whose essence is in the political discussion in its most advanced feature, when it offers society a public space mediated and connected where a social scene typical of this environment takes place where mediations respond objectively to the processes of socialization, citizenship and politics.

 

KEYWORDS:  City; Media; Policy

 

 

RESUMEN

La idea de una ciudad mediática viene siendo discutida por varios investigadores y estudiosos desde una perspectiva tanto conceptual como aplicada, tomando la ciudad por las vías de la mediatización, teniendo en el espacio urbano, por una amplitud global, un modo de representación de la política. El objetivo de este artículo es discutir el concepto de la ciudad mediática a partir de la ruptura de la relación territorialidad e identidad por los procesos de comunicación en la contemporaneidad, cuya esencia, está en la discusión política en su aspecto más avanzado, cuando ofrece a la sociedad un espacio público y en el que se desarrolla una escena social típica de este ambiente en el que las mediaciones responden objetivamente a los procesos de sociedad, ciudadanía y política.

 

PALABRAS CLAVE: Ciudad; Medios de comunicación; Política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Otacílio Amaral Filho, Universidade Federal do Pará

Graduado em Estudos Sociais e em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Pará e graduação em Comunicação Social Habilitação em Publicidade pela Universidade Federal do Pará, mestrado em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia e doutorado no Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido no Núcleo de Altos Estudos Amazônicos - NAEA da Universidade Federal do Pará. E-mail: otacilioamaralfilho@gmail.com.

Referências

BIANCHINI, Aline; GRIMBERG, Daniela. Wikicidade e imaginário. A representação do espaço urbano a partir do projeto de Porto Alegre, cc. In Sessões do Imaginário. Ano VII 1 n28, 2012/2.

BONECO DA CTBEL. https://www.facebook.com/bonecodactbel/timeline?filter=1

DIARIO ONLINE. Boneco da CTBEL repercute nacionalmente. http://www.diarioonline.com.br/noticia-201638-boneco-da-ctbel-repercute-nacionalmente.html; http://www.diarioonline.com.br/imagens-interna.php?galeria=2418

CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. (A era da informação: economia, sociedade e cultura; v.1) São Paulo: Paz e Terra, 1999.

FERRARA, Lucrécia D’Alessio. Cidade: meio, mídia e mediação. Revista MATRIZES, vol., Nº 2, abril, 2008.

FONTENELLE, Isleide Arruda. A cidade midiática sob o signo do consumo: a produção de uma sociabilidade da indiferença. Estudos e pesquisas em psicologia, UERJ, RJ, ano 7, No 2, 2ª semestre de 2007.

FOLHA DE SÃO PAULO. http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/7659-imagens-do-dia#foto-148919 em julho de 2012.

GOMES, Wilson. Transformações da política na era da comunicação de massa. São Paulo: Paullus, 2004.

GOMEZ, Santiago Castro. Ciências Sociais, violência epistêmica e o problema da invenção do outro. In LANDER, Edgardo (Org.). A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latino-americanas. Buenos Aires, CLACSO, 2005.

HARVEY, David. Cidades rebeldes. Do direito à cidade à revolução urbana. São Paulo: Maritns Fontes, selo Martins, 2014.

JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2008.

______, Cultura da conexão. Criando valor e significado por meio da mídia propagável. São Paulo: Aleph, 2014.

LEMOS, André; LEVY, Pierre. O futuro da internet. Em direção a uma ciberdemocracia planetária. São Paulo: Paullus, 2010.

LIPOVESTKY, Gilles & SERROY, Jean. A estetização do mundo. Viver na era do capitalismo artista. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

______, O império do efêmero. A moda e seus destinos nas sociedades modernas. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

MACHADO, Roberta Aragão e AMARAL FILHO, Otacílio. Cidade Midiática. Trabalho apresentado no DT-6 GT Comunicação e Culturas Urbanas no XXI Congresso das Ciências da Comunicação Norte – Intercom Norte, realizado de 01 a 03 de maio de 2013.

MAFFESOLI, Michel, 1944. O tempo das tribos: o declínio do individualismo nas sociedades de massa. – 2.ed. – Rio de Janeiro; Forense Universitária, 1998.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. De la ciudad mediada a la ciudad virtual Transformaciones radicales en marcha. In: Telos. Madri, (44):15-21, dez/fev. 1996.

BARBERO, Jesús Martin-. Tecnicidades, identidades, alteridades: mudanças e opacidades da comunicação no novo século. In MORAES, Dênis de. Sociedade midiatizada / Dênis de Moraes (org.) Rio de Janeiro: Mauad, 2006.

CHAUI, Marilena. Cidadania Cultural: o direito a cultura. São Paulo: Perseu Abramo, 2006.

DOWNING, JOHN. Mídia radical. Rebeldia nas comunicações e nos movimentos sociais. São Paulo: Editora Senac,2002.

SBT. https://www.youtube.com/watch?v=STwxTEmNc1s. Acesso em julho de 2012.

SODRÉ, Muniz. Antropológica do espelho. Petrópolis: Perspectiva, 2002.

SODRÉ, Muniz. As estratégias sensíveis: afeto, mídia e política. Petrópolis, RJ: Vozes, 2006.

SUBIRATS, Eduardo. A cultura como espetáculo. São Paulo: Nobel, 1989. P.73.

Publicado
2018-10-08
Como Citar
AMARAL FILHO, O. A ESPETACULARIZAÇÃO E CONEXÃO DA POLÍTICA E DA CIDADANIA NO ESPAÇO PÚBLICO MIDIATIZADO. Revista Observatório, v. 4, n. 6, p. 442-474, 8 out. 2018.
Seção
Dossiê Temático II / Thematic dossier II / Dossier temático II