DEPRESSÃO: PROCESSOS EDUCOMUNICACIONAIS ESTABELECIDOS A PARTIR DA PRODUÇÃO DE UM CURTA-METRAGEM

  • Rafaella Luiza Antunes da Silva Universidade Federal de Roraima
  • Iasmynne dos Santos Monteiro Universidade Federal de Roraima
  • Leila Adriana Baptaglin Universidade Federal de Roraima
Palavras-chave: Educomunicação, amazônia, depressão, curta

Resumo

Este estudo objetiva problematizar a construção de um curta-metragem como processo educomunicativo para o entendimento/conscientização da depressão. Nesta construção apresentamos os conceitos de educomunicação (FREITAS, 2015 e SOARES, 2006) e, os conceitos, causas e sintomas da depressão a partir dos estudos de Furegato (2008) e Teodoro (2009). Como proposta metodológica trabalhamos na perspectiva de uma pesquisa qualitativa a qual iniciamos com uma investigação bibliográfica no sentido de estudar/investigar estratégias de recepção do espectador ao curta-metragem bem como estratégias de execução da proposta. Diante do processo de realização do curta-metragem e, depois, com o convite para expor o trabalho em diferentes locais pudemos perceber os processos educomunicativos viabilizados pelo curta-metragem no ambiente universitário e, nos mais distintos espaços da sociedade.

PALAVRAS-CHAVE: Depressão; Educomunicação, Curta-metragem.

ABSTRACT

This study aims to problematize the construction of a short film as an educommunicative process for the understanding/awareness of depression. In this construction we present the concepts of educommunication (FREITAS, 2015 and SOARES, 2006) and the concepts, causes and symptoms of depression from the studies by Furegato (2008) and Teodoro (2009). As a methodological proposal we work from the perspective of a qualitative research which we start with a bibliographic investigation in order to study/investigate strategies of reception of the viewer to the short film as well as strategies of execution of the proposal. Given the process of making the short film and then, with the invitation to expose the work in different places, we could understand the educational and communication processes made possible by the short film in the university environment and in the most different spaces of society.

KEYWORDS: Depression; Educommunication, Short film.

 

RESUMEN

Este estudio tiene como objetivo problematizar la construcción de un corto metraje como un proceso educomunicativo para la comprensión/conciencia de la depresión. En esta construcción presentamos los conceptos de educomunicación (FREITAS, 2015 y SOARES, 2006) y los conceptos, causas y síntomas de depresión de los estudios de Furegato (2008) y Teodoro (2009). Como propuesta metodológica, trabajamos desde la perspectiva de una investigación cualitativa que comenzamos con una investigación bibliográfica para estudiar/investigar estrategias de recepción del espectador al cortometraje, así como estrategias de ejecución de la propuesta. Dado el proceso de realización del cortometraje y luego, con la invitación a exponer el trabajo en diferentes lugares, pudimos comprender los procesos educativos y de comunicación que el cortometraje hizo posible en el entorno universitario y en los espacios más diferentes de la sociedad.

PALABRAS CLAVE: Depresión; Educommunication, Corto metraje.

 

  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafaella Luiza Antunes da Silva, Universidade Federal de Roraima

Graduada em Administração – Estácio/Roraima; Acadêmica do Curso de Licenciatura em Artes Visuais/UFRR; Bolsista do PIBIC/UFRR, e-mail: rafaell4_antunes@hotmail.com

Iasmynne dos Santos Monteiro , Universidade Federal de Roraima

Graduada em Design Gráfico – Estácio/Roraima; Acadêmica do Curso de Licenciatura em Artes Visuais/UFRR; e-mail: iasmynne@live.com

Leila Adriana Baptaglin, Universidade Federal de Roraima

Pós-Doutora em Filosofia e Ciências Humanas em Nuestra América/VZ; Doutora em Educação/UFSM. Professora do Curso de Licenciatura em Artes Visuais/UFRR. E-mail: leila.baptaglin@ufrr.br

Referências

ANTUNES, Renata Fonseca. O Audiovisual como Estratégia de Comunicação em Múltiplas Telas. 3º Encontro Missionário de Estudos Interdisciplinares em Cultura, 2017. Santo Ângelo – RS, V.3 2017 – ISSN 2447-8865.

BECKER, Nathalia Brandolim. O que é depressão, 2018. Disponível em: <https://www.psicologiaviva.com.br/blog/o-que-e-depressao/> Acessado em: 08 de setembro de 2018.

BONETTI, Marcelo de Carvalho. A linguagem de vídeos e a natureza da aprendizagem. Universidade de São Paulo, 2008.

BRITO, Vanessa; SAÚDE MENTAL: Roraima tem índices preocupantes de depressão, 2018. Disponível em: < https://al.rr.leg.br/2018/11/23/saude-mental-roraima-tem-indices-preocupantes-de-depressao/> Acessado em: 09/10/2019.

CARVALHO, Serafim; JARA, José Manuel; CUNHA, Inês Bandeira; A Depressão é uma doença que se trata. ADEB, Associação de Apoio a Doentes Depressivos e Bipolares. Atualização: março de 2017- Sónia Cherpe, Psicóloga Clínica.

COSER, Orlando. Depressão: clínica, crítica e ética [online]. / Orlando Coser. – Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2003. 170p. Coleção Loucura & Civilização. ISBN: 85-7541-030-X. Available from SciELO Books Disponível em: <http://books.scielo.org>. Acessado em: 20 de setembro de 2018.

CVV, Centro de Valorização a Vida. CVV Comunidade. Disponível em: < https://www.cvv.org.br/cvv-comunidade/>. Acessado em: 22 de setembro de 2018.

FRANCO, Marilia da Silva. Escola audiovisual. Tese de Doutorado em Comunicação. São Paulo: ECA/USP, 1987

FREITAS, José Vicente. Educomunicação: Contextualizando o processo de atribuição de sentidos e significados no delineamento do conhecimento. Revista Brasileira de Educação Ambiental, São Paulo, V.10, No 2: 149-162, 2015. Disponível em: file:///C:/Users/lab25/Documents/UFRR/POSGRADUACAO/Pos-doc/Pós%20doc%20-%20Venezuela/EDUCOMUNICAÇÃO/4691-13605-1-PB.pdf.

Acesso em: 20 de novembro de 2019.

FUREGATO, A. R. F.; et. al.. Depressão entre estudantes de enfermagem relacionada à auto-estima, à percepção da sua saúde e interesse por saúde mental. Revista Latino-americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 16, n.2, p. 1-3, mar./abr. 2008.

JENKINS, H. A Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2008.

KATER FILHO, Antonio Miguel. Combatendo a Depressão e as situações depressivas com a oração / Antonio Miguel Kater Filho, Alaice Mariotto Kater. – São Paulo: Editora Ave-Maria, 2012. 600kb; ePub.

KAUARK, Fabiana; MANHÃES, Fernanda; MEDEIROS, Carlos Henrique. Metodologia da pesquisa: guia prático: Itabuna: Via Litterarum, 2010.

LIMA, Mariana. 322 milhões de pessoas no mundo sofrem com depressão, segundo OMS, 2019. Disponível em: < https://observatorio3setor.org.br/noticias/322-milhoes-de-pessoas-no-mundo-sofrem-com-depressao-segundo-oms/> Acessado em: 08/10/2019.

MARQUES, Maria de Fátima; LOPES, Manuel José. O cuidador familiar no olhar da pessoa com depressão. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental, Porto, n. spe2, p. 51-56, fev. 2015. Disponível em <http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1647-21602015000100009&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em 30 out. 2015

MOTTA, Cibele Cunha Lima da; MORÉ, Carmen Leontina Ojeda Ocampo; NUNES, Carlos Henrique Sancineto da Silva. O atendimento psicológico ao paciente com diagnóstico de depressão na Atenção Básica; Temas Livres• Ciênc. saúde colet. 22 (3) Mar 2017

PRODANOV, C.C; FREITAS, E.C. Metodologia do trabalho científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2ª ed. Universidade Feevale – Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, 2013. Disponível em: Acessado em: 02/09/2014.

RIBEIRO, Maria Augusta. Depressão e Redes Sociais, tudo a ver, 2017. Disponível em: < http://belicosa.com.br/novo/depressao-e-redes-sociais-tudo-a-ver/> Acessado em: 22 de setembro de 2018.

SOARES, Donisete. Educomunicação – O que é isso?, 2006. Disponível em: < http://portalgens.com.br/baixararquivos/textos/educomunicacao_o_que_e_isto.pdf >. Acesso em: 13 de novembro de 2019.

TAVARES, Leandro Anselmo Todesqui. A depressão como “mal-estar” contemporâneo: medicalização e (ex)-sistência do sujeito depressivo / Leandro Anselmo Todesqui Tavares. – São Paulo : Cultura Acadêmica, 2010.

TEODORO, Wagner Luiz Garcia. Depressão: como, mente e alma / Wagner Luiz Garcia Teodoro. – Uberlândia – MG, 2009.

TOZONI-REIS, Marilia Freitas de Campos. Metodologia da pesquisa: Curitiba: IESDE Brasil S/A, 2009.

VARGAS, José Hamilton. Depressão: o que você precisa saber para realmente melhorar. / José Hamilton Vargas. – Editora Banco de Saúde, 2013.

VARES, Edgar Arrua. Multidimensionalidade e heterogeneidade do fenótipo depressivo – sua relação com trauma na infância. Edgar Arrua Vares. – 2015.

Publicado
2019-09-01
Como Citar
Silva, R. L. A. da, Monteiro , I. dos S., & Baptaglin, L. A. (2019). DEPRESSÃO: PROCESSOS EDUCOMUNICACIONAIS ESTABELECIDOS A PARTIR DA PRODUÇÃO DE UM CURTA-METRAGEM. Aturá - Revista Pan-Amazônica De Comunicação, 3(3), 182-198. Recuperado de https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/atura/article/view/8194

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)