A pesquisa na Região Amazônica é diversa. Quando falamos em Comunicação e Jornalismo, essa realidade parece ser ainda maior, já que os pesquisadores são oriundos de formações das mais diversas e de instituições, em sua maioria, das regiões sudeste e sul. Isso torna o pesquisar e o investigar algo diferenciado, já que metodologias e teorias passam a ser ressignificados com as práticas amazônicas. Nesse número, a Aturá traz algumas pesquisas realizadas na Região Amazônica como uma pequena parte do potencial de temáticas e modos de fazer. O Dossiê Temático INTERFACES DA COMUNICAÇÃO na Amazônia é composto sete artigos que fazem esse percurso teórico. 

Organização do Dossiê e  dos Temas Livres:

Prof. Dr. Francisco Gilson Rebouças Porto Junior / Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Prof. Dr. Vilso Junior Santi / Universidade Federal de Roraima (UFRR)

Prof. Dr. Sandro Colferai / Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

Profa. Dra. Elaide Martins / Universidade Federal do Pará  (UFPA) 

 

Taxa de endogenia do número : 2% | Taxa de aceitação do número : 45% | Taxa de recusa do número : 55%.

 
Publicado: 2019-05-01

Expediente

Editorial