O LÚDICO NA PRÁTICA PEDAGOGICA DO PROFESSOR ENVOLVENDO O DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS: um estado da arte

Palavras-chave: Prática Docente; Ludicidade; Aprendizagem

Resumo

O presente estudo tem por objetivo a elaboração do estado da arte em relação ao objeto de pesquisa, ludicidade, no qual aborda manifestação do lúdico na prática pedagógica do docente e a sua relevância para a aprendizagem e desenvolvimento das crianças. O presente estudo iniciou-se a partir do levantamento de palavras-chaves (pratica docente; ludicidade e aprendizagem), seleção e posterior análise de 13 dissertações e 02 teses cadastradas e defendidas na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações - e posteriormente seleção e análise de 11 dissertações e 04 teses no Banco de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Verificamos que ao decorrer da pesquisa que os temas aparecem de formas variadas, porém a ludicidade sempre está presente de forma significativa, a metodologia das pesquisas é ressaltada pela abordagem qualitativa e as técnicas de coletas são as entrevistas semiestruturadas, observação, depoimentos, algumas utilizam a fenomenologia e a psicologia histórico cultural.

 

PALAVRAS-CHAVE: Prática Docente; Ludicidade; Aprendizagem.

 

 

ABSTRACT

The present study aims to elaborate the state of the art in relation to the object of research, playfulness, in which it approaches the manifestation of the playful in the pedagogical practice of the teacher and its relevance to the learning and development of the children. The present study started with the survey of key words (teaching practice, play and learning), selection and subsequent analysis of 13 dissertations and 02 theses registered and defended in the Brazilian Digital Library of Theses and Dissertations - and later selection and analysis Of 11 dissertations and 04 theses in the Bank of Thesis and Dissertations of the Coordination of Improvement of Higher Level Personnel (CAPES). We verified that during the course of the research that the themes appear in varied forms, but the playfulness is always present in a significant way, Research methodology is emphasized by the qualitative approach and collection techniques are semistructured interviews, observation, testimonies, some use phenomenology and cultural historical psychology.

 

KEYWORDS: Teaching Practice; Ludicidade; Learning.

 

 

 

 

RESUMEN

El presente estudio tiene como objetivo elaborar el estado del arte en relación con el objeto de investigación, el juego, en el que aborda la manifestación de lo lúdico en la práctica pedagógica del docente y su relevancia para el aprendizaje y desarrollo de los niños. El presente estudio comenzó con la encuesta de palabras clave (práctica docente, juego y aprendizaje), selección y posterior análisis de 13 disertaciones y 02 tesis registradas y defendidas en la Biblioteca Digital Brasileña de Tesis y Disertaciones, y posterior selección y análisis de 11 disertaciones y 04 tesis en el Banco de Tesis y Tesis de Coordinación de Mejora de Personal de Nivel Superior (CAPES). Verificamos que durante el curso de la investigación los temas aparecen en formas variadas, pero el juego siempre está presente de manera significativa, la metodología de investigación se enfatiza por el enfoque cualitativo y las técnicas de recolección son entrevistas semiestructuradas, observación, testimonios, algunos usan fenomenología y psicología histórica cultural. 

PALABRAS CLAVE: Práctica de enseñanza; Ludicidade; Aprendizaje

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carliani Portela Carmo, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Mestranda em Educação pelo PPGEdu/UFMS. Graduada em Pedagogia – Licenciatura pela UFMS. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Especial e Múltiplas Linguagens – GEPEMULT/CNPq. E-mail: carliani_portela@hotmail.com.  

Rosana Carla Gonçalves Gomes Cintra, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Graduação em Pedagogia pela FUCMAT, atualmente, Universidade Católica Dom Bosco UCDB. Mestrado em Educação pela mesma Universidade e Doutorado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Pós-Doutorado em Educação na Universidade de Lisboa. E-mail: rosana.gomes.cintra@gmail.com.

Referências

AFONSO, Roseli de Cássia. O professor e o lúdico na educação infantil: um estudo das concepções sobre o brincar em história de vida. 2006. Dissertação (Mestrado em Educação)- Universidade Estadual Paulista. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>.Acesso em: 18 ago. 2017.

ARAUJO, Djanira Alves Biserra. Os espaços lúdicos como elementos formadores em uma creche no município de santo Andre. 2016. Disponível em: <http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 02 ago. 2017.

ARRUDA, Fabiane Santiago de. O lúdico enquanto artefato da prática pedagógica dos professores do centro de educação infantil carmelina rios. 2016. Disponível em: <http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 02 ago. 2017.

BARROSO, Ana Brauza Souza. Jogos cooperativos na educação infantil e suas implicações para o espaço na sala de aula. 2016. Disponível em: <http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 02 ago. 2017.

CHIZZOTTI, Antonio. A pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais: evolução e desafios. 2003. Disponível em: <http://www.redalyc.org/html/374/37416210/>. Acesso em: 10 ago. 2017.

CONCEIÇÃO, Ana Paula Silva da. O lúdico no currículo da educação infantil: debates e proposições contemporâneos. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação)- Universidade Federal da Bahia. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 16 ago. 2017.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, ano XXIII, n o 79, Agosto/2002.

FERREIRA, Franchys Marizethe Nascimento Santana. A cultura lúdica na formação do professor: uma leitura em fenomenologia. 2014. Tese (Doutorado em Educação)- Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 11 ago. 2017.

FORTUNA, Tânia Ramos. A formação lúdica docente e a universidade: contribuições da ludobiografia e da hermenêutica filosofia. 2011. Disponível em: <: <http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 09 ago. 2017.

GOUVEA, Elizabete Gaspar. Cultura lúdica: conformismo e resistência nas vivências das brincadeiras infantis na escola. Disponível em: <http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 09 ago. 2017.

HERBERTZ, Dirce Hechler. Práticas pedagógicas em educação infantil: princípios e propostas, o que não pode faltar? 2016. Tese (Doutorado em Educação)- Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 11 ago. 2017.

LABANCA, Juliane Mendes Rosa. Aprendizagens nas brincadeiras de crianças de 2 anos na educação infantil: análises dos processos de desenvolvimento cultural. 2014. Dissertação (mestrado em educação)- Universidade Federal de Santa Catarina. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>.Acesso em: 10 ago. 2017.

MARQUES, Anízia Araujo Nunes. A ludicidade e o simbolismo na infância: um estudo hermenêutico em um brinquedoteca escolar do município de São Luís/MA. 2013. Disponível em: <http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 08 ago. 2017.

MARDONES, Leandra Gavina Margarita Carreno. Oralidade na Educação Infantil: propostas lúdicas para o desenvolvimento de competências linguísticas. 2016. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Universidade de Taubaté. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 11 ago. 2017.

MARIANO, Sangelita Miranda Franco. Brincadeiras e Jogos na Educação Infantil: o lúdico e o processo de constituição de sujeitos numa turma de crianças de 4 e 5 anos. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação)- Universidade Federal de Uberlândia. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 16 ago. 2017.

MARCO, Marilete Terezinha de. Percepções de professoras de escolas públicas de educação infantil acerca de sua formação e prática educativa: a caso de medianeira/PR. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação)- Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho". Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 16 ago. 2017.

NEITZEL, Sheila Thais Ludke. Brincadeira e Aprendizagem: concepções docentes na educação infantil. 2012. Dissertação (Mestrado em Educação)- Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 16 ago. 2017.

NUNES, Adriana de Lima. Ludicidade e produção de sentido nas práticas educativas. 2013. Disponível em:<http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 08 ago. 2017.

PEREIRA, Reginaldo Santos. O lúdico e a constituição de sujeitos no cotidiano de uma escola de educação infantil.2008. Dissertação (Mestrado em Educação)- Universidade Federal de Uberlândia. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 16 ago. 2017.

PROENÇA, Michelle Alves Muller. Ludicidade na educação infantil: relações da prática docente no processo de aprendizagem da criança no município de coxim- MS. 2011. Disponível em:<http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 09 ago. 2017.

OTTONI, Terezinha de Paula Machado Esteves. Aprendizagem conceitual na Educação Infantil. 2016. Tese (Doutorado em Educação)- Universidade Estadual de Maringá. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 16 ago. 2017

RIVERO, Andréa Simões. O brincar e a constituição social das crianças e de suas infâncias em um contexto de educação infantil. 2015. Tese (Doutorado em Educação)- Universidade Federal de Santa Catarina. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 16 ago. 2017.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Diálogo Educ., Curitiba, V. 6n. 19, p. 37- 50, set./dez/ 2006.

SANTOS, Camille Anjos de Oliveira. O lúdico no processo formativo de professores e no exercício da docência CAPES. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação)- Escola de Educação Tecnologia e Comunicação. Brasília- DF. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 10 ago. 2017.

SILVA, Neidi Liziane Copetti da. O efeito de sentido da Ludicidade na prática do professor na infância: uma leitura simbólica em fenomenologia. 2013. Disponível em: <http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 08 ago. 2017.

SILVA, Fabiana Fernandes da. A vivência lúdica na prática da educação infantil: dificuldade e possibilidades expressas no corpo da professora. 2011. Disponível em: <http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 09 ago. 2017.

SILVA, Daniela Violim da. Multiplas linguagens e ludicidade na educação infantil caminhos que potencializam o letramento social na primeira infancia. 2016. Disponível em: <http://bdtd.ibict.br/vufind>. Acesso em: 02 ago. 2017.

SILVA, Eliane Nicolau da. Aprendizagens nas brincadeiras de crianças de 2 anos na educação infantil: análises dos processos de desenvolvimento cultural. 2015. Dissertação (mestrado em educação)- Universidade Federal de São Carlos. Disponível em:<http://bancodeteses.capes.gov.br/banco-teses/#!/>. Acesso em: 10 ago. 2017.

Publicado
2018-10-08
Como Citar
CARMO, C.; CINTRA, R. C. G. G. O LÚDICO NA PRÁTICA PEDAGOGICA DO PROFESSOR ENVOLVENDO O DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS: um estado da arte. Revista Observatório, v. 4, n. 6, p. 636-667, 8 out. 2018.
Seção
Tema Livre / Free Theme / Tema Libre