Atração e distração na publicidade externa dos candidatos à eleição em 2014

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20873/uft.2447-4266.2015v1n3p141

Palavras-chave:

Atração, Distração, Publicidade externa

Resumo

Em 2014, em função de uma série de limitações impostas pela legislação eleitoral, a publicidade externa foi muito usada pelos candidatos. O problema é que as principais avenidas e cruzamentos das cidades foram tomadas por estes cavaletes, gerando uma enorme poluição visual. A partir desta questão é que surge o nosso problema de pesquisa: este acúmulo de quase um cavalete sobre o outro cria uma sensação de atração ou de distração em relação às propagandas políticas dos candidatos? Para isso, como suporte metodológico, foi utilizada a perspectiva funcionalista, através de um estudo de recepção para medir e avaliar se há um processamento da linguagem e uma consequente sensação de atração ou de distração em relação aos cavaletes de rua colocados pelos candidatos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sérgio Trein, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)

Publicitário. Doutor em Comunicação Sociopolítica. Coordenador do curso de Publicidade e Propaganda na Unisinos. Pesquisador em Comunicação Política. Diretor na Região Sul do Politicom - Sociedade Brasileira dos Pesquisadores em Comunicação Política e Propaganda Política. Consultor de Marketing Político. Trabalhou em agências de Marketing Político, como Duda Mendonça e República Comunicação (SP). Autor de artigos sobre propaganda política no Brasil, América Latina e Portugal.

Referências

CÉSAR, Newton. Direção de arte em propaganda. São Paulo: Futura, 2004.

COLLARO, Antonio Celso. Projeto Gráfico Teoria e Prática da Diagramação. São Paulo: Summus Editorial, 1987.

DONDIS, Donis A.. Sintaxe da linguagem visual. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

HILLMAN, James. Cidade & alma. São Paulo: Studio Nobel, 1993.

HURLBURT, Allen. Layout o design da página impressa. São Paulo: Nobel, 2002.

MOLES, Abraham Antoine. O cartaz. São Paulo: Perspectiva, 1974.

MÜLLER, Josef Brockmann. History of visual communication. Teufen: Nigli, 1971.

PÈNINOU, Georges. Semiótica de la publicidad. Barcelona: Gustavo Gili, 1976.

Publicado

2015-12-26

Como Citar

TREIN, Sérgio. Atração e distração na publicidade externa dos candidatos à eleição em 2014. Revista Observatório , [S. l.], v. 1, n. 3, p. 141–159, 2015. DOI: 10.20873/uft.2447-4266.2015v1n3p141. Disponível em: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/1648. Acesso em: 1 mar. 2024.