MIGRAÇÕES E MOVIMENTOS PENDULARES EM CIDADES PEQUENAS: UMA ANÁLISE DA ATRAÇÃO POPULACIONAL PARA O MUNICÍPIO DE JANDAIA DO SUL (PR)

Palavras-chave: mobilidadespendulares, cidade(s) pequena(s), Jandaia do Sul.

Resumo

Este trabalho visa analisar os intensos deslocamentos pendulares em direção ao município de Jandaia do Sul (PR) atraídos principalmente pela existência de (agro)indústrias de alta tecnologia e serviços existentes. A pesquisa se utilizou de análises quantitativas e qualitativas que possibilitaram não apenas identificar ascaracterísticas, mas também constatar os efeitos sociais dos fluxos. Neste sentido,buscou-se demonstrar osaspectos socioeconômicos que apontam a dinâmica econômica do município como um fator de atração populacional, além de resgatar aportes teóricos que contemplam tal enfoque temático. Para obtenção de dados específicos foram aplicados questionários e entrevistas, além de coleta de dados secundários em instituições como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística de (IBGE). Todavia, com a finalização do presente estudo foi constatado que Jandaia do Sul exerce definitivamente uma forte atração populacional, oriundas principalmente, de municípios vizinhos, atraídos pelo expressivo dinamismo econômico presente neste município. 

Referências

BALTAR, P. E. A; DEDECCA, C. S, & HENRIQUE, W. Mercado de trabalho no Brasil. In: C. E. B. & MATTOSO, J. E. L. (orgs.). Crise e trabalho no Brasil. São Paulo: Scrita, 1997, p. 87-108.

BARCELLOS, Tanya M. JARDIM, Maria de Lourdes de. Movimentos pendulares no Rio Grande do Sul: um foco sobre as aglomerações urbanas. In:XVI ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 15. Caxambú–MG, 2008.

BECKER, Olga M. S. Mobilidade Espacial da população: conceitos, tipologia, contextos. In. CASTRO, Iná E. de, GOMES, Paulo Cesar da C., CORRÊA, Roberto L. Explorações Geográficas. 2. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2006, p. 319-367.

BOMTEMPO, Denise Cristina. Migração, indústria e cidade média. Anais do XVII Encontro Nacional de Geógrafos - XVII ENG Belo Horizonte – 22 a 28 de julho de 2012 UFMG – Campus Pampulha.

BRUMES, Karla R. Redes em espaços migratórios: Uberlândia – MG. Tese(doutorado). Presidente Prudente: [s.n], 2010.

CARVANO, Luiz M.; JANNUZZI, Paulo de M.; MARTIGNONI, Enrico Moreira. Força de trabalho de desemprego na Região Metropolitana do Rio de Janeiro nos anos 1990: o efeito dos fatores demográficos. Revista Brasileira de Estudos de População, São Paulo, v.23, n. 2, jul./dez. 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/cgi-bin/fbpe/fbtext?pid=S010230982006000200006>. Acesso em Jan. 2016.

CHARLOT, Bernard. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000. p. 33-51.

COOPERVAL.Cooperativa Agroindustrial do Vale do Ivaí. Disponível em http: <http://cooperval8.webnode.com>. Acesso em 10 Jan. 2016.

CORRÊA, R. L. A rede urbana. 1. ed. São Paulo: Ática, 1989. Interações espaciais. In: CASTRO, I. E.; GOMES, P. C. C.; CORRÊA, R. L. (Orgs.) Explorações geográficas: percursos no fim do século. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997. p. 279-318.

ANDAN, O.; D’ARCIER, B.F.; RAUX, C. Mouvements, déplacements, transport: lamobilitéquotidiene. In: AURAY, J. P.; BAILLY, A.; DERYCKE, P. H.; HURIOT, J. M. (Org.). Encyclopédied’économiespatiale: concepts – comportements – organisations. Paris: Economica, 1994. p. 247-252.

DUPUY, G. Lesterritoires de l’automobile. Paris: Antropos, 1995.

GAUDEMAR, Jean Paul. Mobilidade do trabalho e acumulação do capital. Lisboa: Editorial, 1976. 405 p.

GOMES, Sueli de C. Uma inserção dos migrantes nordestinos em São Paulo: o comércio de retalhos. Imaginário, INIME – LABI, São Paulo, v.12, n.13, p. 143-169, dez. 2006. Disponível em: <http://scielo.bvs-psi.org.br/scielo.php?pid=S1413666X2006000200007&script=sci_arttext >. Acesso em Jan. 2016.

IBGE/CIDADES. Censo demográfico. 2010. Disponível em: <http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun=411210>. Acesso em 10 Jan. 2016.

MARTINE, George. A redistribuição espacial da população brasileira durante a década de 80. Textos para discussão do IPEA. Rio de Janeiro: IPEA. 1994. n. 329. 46 p.

MOURA, Rosa; BRANCO, Maria L. G. C., FIRKOWSKI, Olga Lúcia C. Movimento Pendular e Perspectivas de Pesquisas em Aglomerados Urbanos. São Paulo em Perspectiva. vol. 19 , n. 4, 2005. Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010288392005000400008&script=sci_arttext&tlng=pt>.Acessoem Jan. 2016.

MOYA, J. C. Cousins and strangers: Spanish inmigrants in Buenos Aires, 1850-1930. London: UniversityofCalifornia Press, 1998.

OLIVEIRA, Antônio T.R. de. Dos Movimentos Migratórios Populacionais a Pendularidade: uma revisão do fenômeno migratório no Brasil. In: XV ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 2006, Caxambú, Anais... Caxambu: Abep, 18-22 de Setembro de 2006. 17 p. Disponível em: <http://www.abep.org.br>. Acesso em 10 Jan 2016.

RAVENSTEIN. E.G. As Leis da Migração. In: MOURA, Hélio A. de. Migração Interna: textos selecionados. Fortaleza: BNB/ETENE, 1980. tomo 1, p. 19-88.

SINGER. Paul. Migrações Internas: considerações teóricas sobre o seu estudo. In: MOURA, Hélio A. de. Migração Interna: textos selecionados. Fortaleza: BNB/ETENE, 1980. tomo 1, p. 211-244.

SOARES, Beatriz R.Uberlândia da cidade jardim ao portal do Cerrado:imagens e representações no Triângulo Mineiro. 1995. Tese (Doutorado). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.

TERRITÓRIO Vale do Ivaí. Portal MOVTUR. Disponível em <http://www.fecea.br/valedoivai>. Acesso em 10 Jan. 2016.

VASCONCELOS, Valtemira M.Migração e pendularidade: as consequências de atração da população para o município de Toritama. DISSERTAÇÃO/Mestrado. Recife: 2012.

VERCEZI, Jaqueline T. O meio-técnico-científico-informacional e o espaço relativizado da região metropolitana de Maringá. (Tese Doutorado), Maringá: UEM, 2012.

Publicado
2016-03-31