POESIA AUDIOVISUAL: protagonismo criativo nas mídias digitais

Palavras-chave: Mídias Digitais, Ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa, Poesia

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar os resultados de um projeto de intervenção pedagógica desenvolvido numa escola da rede municipal de Santo Amaro-BA. Os alunos foram estimulados a explorar múltiplas linguagens, associando linguagem verbal, imagens, sons e movimento, construindo textos multimodais que foram disponibilizadas num aplicativo desenvolvido especialmente para o projeto de intervenção. O aplicativo Poesia Audiovisual permite que os usuários façam seus cadastros, postem, comentem e compartilhem suas criações poéticas, explorando a multimodalidade e promovendo a interação comunicativa de modo dinâmico, permitido que os estudantes exercitem o seu protagonismo no contexto das mídias digitais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adauto Damião dos Santos, Secretaria de Educação do Estado da Bahia

Mestre em Letras pelo Programa de Pós-graduação Mestrado Profissional em Letras (UEFS- 2016), graduado em Letras Vernáculas Com Habilitação em Língua Portuguesa e Respectivas Literaturas pela Universidade Estadual de Feira de Santana (2002). Professor da Educação Básica da Secretaria de Educação do Estado da Bahia . E-mail: adauto.pactoem@gmail.com.

Patrício Nunes Barreiros, Universidade Estadual de Feira de Santana

Doutor em Letras e Linguística (UFBA-2013), mestre em Literatura e Diversidade Cultural (UEFS-2007), especialista em Educação e Novas Tecnologias (UBB-2003), licenciado em Letras Vernáculas e Espanhol (UEFS-2002). Professor da Universidade Estadual de Feira de Santana, desempenhando atividades docentes nos Cursos de Letras, no Programa de Pós-graduação em Estudos Literários, no Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos e no Mestrado Profissional em Letras (ProfLetras). E-mail: patricio@uefs.br. 

Referências

AGUIAR, Vera Teixeira de. O saldo da Leitura. In: DALVI, Maria Amélia; REZENDE, Neide Luzia de; JOVER-FALEIROS, Rita (Org). Leitura de Literatura na Escola. São Paulo: Parábola, 2013. p. 153 – 161.

ANTUNES, Irandé. Língua, texto e ensino: outra escola possível. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

BAKHTIN, M. Questões de Literatura e Estética : A Teoria do Romance. Tradução de Aurora Fernoni Bernardini et al. São Paulo: Editora Hucitec, 2002.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2011 [1979].

BARREIROS, Patrício Nunes; SOUZA, Wiliana Coelho de. Inserção da literatura local nas aulas de Língua Portuguesa: uma experiência com a literatura de Juazeiro-BA Revista A Cor das letras, v. 16, p. 70-90, 2015.

BRASIL, Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Orientações curriculares para o Ensino Médio – Linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília: MEC, 2006. v.1. Disponível em http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/book_volume_01_internet.pdf. Acesso em: 15 jan. 2015.

BRASIL, Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Portuguesa (1º e 2º ciclos do ensino fundamental). Brasília: MEC, 1998. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/portugues.pdf. Acesso em: 15 jan. 2015.

BRASIL, Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Portuguesa (1º e 2º ciclos do ensino fundamental). Brasília: MEC, 1997. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro02.pdf. Acesso em: 15 jan. 2015.

BUARQUE, J. Ensino da escrita de poesia como construção de autoria. Revista Brasileira de Literatura Comparada, n. 22, 2013. Disponível em: http://revista.abralic.org.br/downloads/revistas/1450361255.pdf . Acesso em: 12 jul. 2016.

COSSON, Rildo. Letramento literário: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2014.

COSTA, Sérgio Roberto. A construção de “títulos” em gêneros diversos: um processo discursivo polifônico e plurissêmico. In: ROJO, Roxane. (Org.). Prática de Linguagem em sala de aula – Praticando os PCNs. Campinas: Mercado de Letras, 2000, p. 67-90.

DALVI, Maria Amélia. Literatura na Escola: propostas didático-metodológicas. In: DALVI, Maria Amélia; REZENDE, Neide Luzia de; JOVER-FALEIROS, Rita (orgs). Leitura de Literatura na Escola. São Paulo: Parábola, 2013. p. 67 – 97.

DIAS, Eliana, et tal. Gêneros textuais e (ou) gêneros discursivos: uma Questão de nomenclatura? Revista Interacções. Vol. 7, n. 19, p. 142-155, 2011. Disponível em: http://revistas.rcaap.pt/interaccoes/article/view/475/429. Acesso em: 20 jan. 2015.

DOLZ, Joaquim; SCHNEUWLY, Bernard. Gênero e progressão em expressão oral e escrita – elementos para reflexões sobre uma experiência Suíça (Francófona). In: SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim. Gêneros orais e escritos na escola. Tradução e organização de Roxane Rojo e Glaís Sales Cordeiro. Campinas: Mercado de Letras, 2004. p. 41-70.

DOLZ, Joaquim; SCHNEUWLY, Bernard. O oral como texto: como construir um objeto de ensino. In: SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim. Gêneros orais e escritos na escola. Tradução e organização de Roxane Rojo e Glaís Sales Cordeiro. Campinas: Mercado de Letras, 2004. p. 149 -185.

GULLAR, Ferreira. Não há vagas. In: BOSI, Alfredo (org.). Ferreira Gular. São Paulo: Global, 2004. p. 71.

KLEIMAN, Angela B. Preciso “ensinar” o letramento? Não basta ensinar a ler e a escrever? Campinas: Cefiel/IEL/Unicamp, 2005. Disponível em: http://www.letramento.iel.unicamp.br/publicacoes/artigos/preciso_ensinar_letramento-Kleiman.pdf. Acesso em: 20 jan. 2015.

MACHADO, Anna Rachel. A transposição do conhecimento científico para o contexto de ensino: a necessidade e as dificuldades. In: Seminário para Definição de Critérios de Avaliação de Livros Didáticos de 6ª a 8ª séries. Brasília, Ministério da Educação. Seleção de fragmento, revisão e adaptação de Egon de Oliveira Rangel, 1997.

MARCUSCHI, L. A. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. In: DIONÍSIO, Â. P; MACHADO, A. R.; BEZERRA, M. A. (Orgs.). Gêneros textuais & ensino. São Paulo: Parábola Editorial, 2010, p. 19-38.

MARCUSCHI, L. A. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola, 2008.

MARCUSCHI, Luiz Antonio. Oralidade e ensino de língua: uma questão pouco “falada”. In: DIONÍSIO, Angela P.; BEZERRA, Maria Auxiliadora. (Org.). O Livro Didático de Português: múltiplos olhares. 3. ed. Rio de Janeiro: Lucema, 2005, p. 21-34.

MICHELETTI, G. (coord.). Leitura e construção do real: o lugar da poesia e da ficção. 4 ed. São Paulo: Cortez, 2006.

PADILHA, Simone de Jesus. Os gêneros poéticos em livros didáticos de Língua portuguesa do ensino fundamental: uma abordagem enunciativo-discursiva. 2005. 346f. Tese de Doutorado em Lingüística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.

PINHEIRO, José Henrique. Abordagem do poema: Roteiro de um Desencontro. In: DIONÍSIO, Angela P.; BEZERRA, Maria Auxiliadora. (Org.). O Livro Didático de Português: múltiplos olhares. 3. ed. Rio de Janeiro: Lucema, 2005. p. 62-74.

REINALDO, Maria Augusta G. de M. Orientação para produção de texto. In: DIONÍSIO, Angela P.; BEZERRA, Maria Auxiliadora. (Org.). O Livro Didático de Português: múltiplos olhares. 3. ed. Rio de Janeiro: Lucema, 2005, p. 89-101.

ROJO, Roxane. Gêneros discursivos do Círculo de Bakhtin e multiletramentos In: ROJO, Roxane (Org.). Escola conectada: os multiletramentos e as TICs. São Paulo: Parábola, 2013.

ROJO, Roxane. Modos de transposição dos PCNS às práticas de sala de aula: progressão curricular e projetos. In: ROJO, Roxane. (Org.). Prática de Linguagem em sala de aula – Praticando os PCNs. Campinas: Mercado de Letras, 2000, p. 27-38.

SANTANA, Ediney. Fazer poético. 05 de maio de 2016. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=3xlJgtF3bG4. Acesso em: 10 mai. 2016.

SILVA, Solimar. Oficina de escrita criativa: escrevendo em sala e publicando na Web. Petrópolis: Vozes, 2014.

SWIDERSKI, R. M. da S.; COSTA-HÜBES, T. da C. Abordagem sociointeracionista & sequência didática: relato de uma experiência. Línguas & Letras, vol. 10, n.18, 1º sem. 2009.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

Publicado
2018-08-01
Como Citar
SANTOS, A. D. DOS; BARREIROS, P. N. POESIA AUDIOVISUAL: protagonismo criativo nas mídias digitais. Revista Observatório, v. 4, n. 5, p. 263-303, 1 ago. 2018.