Gliomas IDH-mutados: revisão sobre diagnóstico, prognóstico e tratamento

Palavras-chave: Gliomas, IDH, Mutação, Diagnóstico, Tratamento, Prognóstico.

Resumo

Gliomas são o tipo de neoplasia intracraniana mais comum e agressiva. Acometem pacientes por volta dos 65 anos de idade. Histopatologicamente, os gliomas podem ser classificados em graus I, II, III e IV. A partir da elucidação das mutações IDH 1 e 2 em 2009, pode-se observar o aumento da sobrevida em pacientes com IDH-mutado em relação aos pacientes com IDH-selvagem. A espectroscopia de próton por ressonância magnética viabiliza o diagnóstico de gliomas IDH-mutados, influenciando na proposta terapêutica. O tratamento considerado como padrão-ouro consiste na radioterapia pós-cirúrgica em associação com a temozolomida.  

Palavras-chave: Gliomas; IDH; Mutação; Diagnóstico; Tratamento; Prognóstico.

 

Publicado
2017-11-28
Seção
Revisões de Literatura