O PROGRAMA DE ACESSO DEMOCRÁTICO À UNIVERSIDADE – PADU: promovendo uma formação docente comprometida com o social

  • Renata Brauner Ferreira Universidade Federal do Tocantins
  • Walkeny Macedo Universidade Federal do Tocantins
  • Maycon Dougllas Santos Universidade Federal do Tocantins
  • Vilmar Ferreira Lima Universidade Federal do Tocantins
  • Lucas Moura Universidade Federal do Tocantins

Resumo

O Programa de Acesso Democrático a Universidade – PADU – é um programa institucional da UFT criado em 2010 e normatizado em 2015, ele é desenvolvido a partir de vários câmpus da UFT. No ano de 2018 no Câmpus de Porto Nacional, as aulas aconteceram no Colégio de Ensino Médio Félix Camoa e no Colégio Estadual Angélica Ribeiro Aranha. À princípio o PADU realizar-se-ia apenas no CEM Félix Camoa, no entanto, a partir da iniciativa da Coordenação do Colégio Angélica Aranha e de um grupo de acadêmicos do câmpus de Porto Nacional, pensou-se na possibilidade de expandir o PADU também para essa escola periférica, sabendo-se que seria preciso adaptar o Programa à realidade e as condições locais. O trabalho aqui apresentado refere-se ao Programa desenvolvido a partir do Câmpus de Porto Nacional no Colégio Estadual Angélica Ribeiro Aranha. O projeto realizou-se durante todo o ano de 2018, onde os acadêmicos atuaram na divulgação das datas do ENEM, auxiliaram nos pedidos de isenção das taxas para a realização do Exame e nas inscrições ao Exame. Após esse período, de questões burocráticas, começaram as aulas, aos sábados. A cada sábado eram desenvolvidas diferentes áreas, matérias e atividades, conforme o planejado durante a semana. Embora, ressalte-se aqui a importância de programas como esse para uma aproximação da Universidade com a comunidade local, busca-se nesse trabalho, especialmente, demonstrar o incomensurável valor de programas como esse na própria formação dos acadêmicos, para o seu desempenho enquanto futuros docentes, ou seja, para uma formação comprometida com o social.

 

PALAVRAS-CHAVE: Padu. Extensão universitária. Papel social. Acesso democrático.

 

 

ABSTRACT

The Democratic Access to University Program - PADU - is an institutional program of UFT created in 2010 and standardized in 2015, it is developed from several UFT campuses. In 2018 at the Campus of Porto Nacional, classes took place at the Félix Camoa High School and at the Angélica Ribeiro Aranha State School. At first, PADU would take place only at CEM Félix Camoa, however, based on the initiative of the Coordination of Colégio Angélica Aranha and a group of academics from the Porto Nacional campus, the possibility of expanding PADU was also considered. for this peripheral school, knowing that it would be necessary to adapt the Program to local reality and conditions. The work presented here refers to the Program developed from the Campus of Porto Nacional at the Colégio Estadual Angélica Ribeiro Aranha. The project was carried out throughout the year 2018, where academics worked on the disclosure of ENEM dates, assisted in requests for exemption from fees for the exam and enrolled in the exam. After that period, of bureaucratic issues, classes started on Saturdays. Each Saturday different areas, subjects and activities were developed, as planned during the week. Although, it is emphasized here the importance of programs like this to bring the University closer to the local community, this work seeks, in particular, to demonstrate the immeasurable value of programs like this in the training of academics, for their performance as future teachers, that is, for a training committed to the social.

 

KEYWORDS: Padu. University Extension. Social role. Democratic access.

 

 

RESUMEN

El Programa de Acceso Democrático a la Universidad - PADU - es un programa institucional de UFT creado en 2010 y estandarizado en 2015, se desarrolla a partir de varios campus de UFT. En 2018, en el Campus de Porto Nacional, las clases tuvieron lugar en la escuela secundaria Félix Camoa y en la escuela estatal Angélica Ribeiro Aranha. Al principio, PADU tendría lugar solo en CEM Félix Camoa, sin embargo, basado en la iniciativa de la Coordinación de Colégio Angélica Aranha y un grupo de académicos del campus de Porto Nacional, también se consideró la posibilidad de expandir PADU. para esta escuela periférica, sabiendo que sería necesario adaptar el Programa a la realidad y las condiciones locales. El trabajo presentado aquí se refiere al Programa desarrollado desde el Campus de Porto Nacional en el Colégio Estadual Angélica Ribeiro Aranha. El proyecto se llevó a cabo durante todo el año 2018, donde los académicos trabajaron en la divulgación de las fechas de ENEM, asistieron en las solicitudes de exención de las tarifas para el examen y se inscribieron en el examen. Después de ese período, de problemas burocráticos, las clases comenzaron los sábados. Cada sábado se desarrollaron diferentes áreas, temas y actividades, según lo previsto durante la semana. Aunque, se enfatiza aquí la importancia de programas como este para acercar a la Universidad a la comunidad local, este trabajo busca, en particular, demostrar el valor inconmensurable de programas como este en la capacitación de académicos, para su desempeño como futuro docentes, es decir, para una formación comprometida con lo social.

 

PALABRAS CLAVE: Padu. Extensión Universitaria. Rol social. Acceso democrático.

 

Biografia do Autor

Renata Brauner Ferreira, Universidade Federal do Tocantins

Doutora em Planejamento Urbano e Regional (UFRJ). Universidade Federal do Tocantins (UFT), Câmpus Universitário de Porto Nacional, Curso de História. E-mail: renatabrauner@yahoo.com.br

Walkeny Macedo, Universidade Federal do Tocantins

Discente. Universidade Federal do Tocantins (UFT), Câmpus Universitário de Porto Nacional, Curso de História. E-mail: walkenyizidio98@gmail.com

Maycon Dougllas Santos, Universidade Federal do Tocantins

Discente. Universidade Federal do Tocantins (UFT), Câmpus Universitário de Porto Nacional. Curso de História. E-mail: mdougllas0@gmail.com

Vilmar Ferreira Lima, Universidade Federal do Tocantins

Discente. Universidade Federal do Tocantins (UFT), Câmpus Universitário de Porto Nacional, Curso de História. E-mail: vilmar388@gmail.com

Lucas Moura, Universidade Federal do Tocantins

Discente. Universidade Federal do Tocantins (UFT), Câmpus Universitário de Porto Nacional, Curso de História. E-mail: mouralucas435@gmail.com

Referências

CONSEPE – UFT. Decreto nº 09, de 15 de Abril de 2015. Dispõe sobre a normatização dos Programas Institucionais: Programa de Acesso Democrático à Universidade (PADU) e Programa de Acesso Democrático de Indígenas e Quilombolas (PADIQ). Palmas, TO, Abril 2015.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários a à prática educativa. 13.ed. Sâo Paulo, Paz e Terra, 1999.

MELLO, Alex F. de; ALMEIDA FILHO, Naomar; RIBEIRO, Renato Janine. Por uma Universidade Socialmente Relevante. Atos de Pesquisa em Educação – Programa de Pós-Graduação em Educação/FURB, Blumenau, v. 4, n. 3, p. 292-302, set./dez. 2009.

SAUL, Ana Maria; SAUL, Alexandre. Contribuições de Paulo Freire para a formação de educadores, fundamentos e práticas de um paradigma contra hegemônico. Educar em Revista, [S.l.], v. 32, n. 61, p. p. 19-35, set. 2016. ISSN 1984-0411. Disponível em: <https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/46865>. Acesso em: 11 ago. 2019.

Publicado
2019-09-01
Como Citar
Ferreira, R. B., Macedo, W., Santos, M. D., Lima, V. F., & Moura, L. (2019). O PROGRAMA DE ACESSO DEMOCRÁTICO À UNIVERSIDADE – PADU: promovendo uma formação docente comprometida com o social. Capim Dourado: Diálogos Em Extensão, 2(3), 145-155. Recuperado de https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/8391