https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/issue/feed Capim Dourado: Diálogos em Extensão 2022-05-09T17:45:23-03:00 José Soares das Chagas jsoaresdaschagas@mail.uft.edu.br Open Journal Systems <p><strong>[PT]</strong> A Revista<strong> Capim Dourado: Diálogos em Extensão (ISSN nº 2595-7341)</strong> é uma publicação de periodicidade quadrimestral, considerando chamadas extraordinárias, associada às políticas de promoção das diretrizes da extensão universitária brasileira, em especial às suas vivências e aplicabilidade no contexto amazônico.</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>[EN]</strong> The <strong>Capim Dourado: Dialogues in Extension (ISSN nº 2595-7341)</strong>&nbsp;is a quarterly periodical publication, considering extraordinary calls, associated to the policies to promote the guidelines of the Brazilian university extension, especially to its experiences and applicability in the Amazonian context.</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>[ES]&nbsp;</strong>La <strong>Revista Capim Dorado: Diálogos en Extensión (ISSN nº 2595-7341)</strong> es una publicación de periodicidad cuatrimestral, considerando llamadas extraordinarias, asociada a las políticas de promoción de las directrices de la extensión universitaria brasileña, en especial a sus vivencias y aplicabilidad en el contexto amazónico.</p> https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14298 REVISTA CAPIM DOURADO Diálogos de Extensão 2022-05-09T17:24:30-03:00 Micauane Oliveira Sousa micauaneoliveira@gmail.com 2022-04-25T13:34:56-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14306 DOSSIÊ: Projetos de Inovação Pedagógica 2022-04-25T17:13:16-03:00 Micauane Oliveira Sousa micauaneoliveira@gmail.com <p><span style="font-weight: 400;">A Revista Capim Dourado: Diálogos em Extensão apresenta seu primeiro número de 2022. Os textos que compõem esta publicação dizem respeito ao Dossiê Projetos de Inovação Pedagógica e versam sobre as experiências inovadoras dos núcleos de inovação pedagógica da Universidade Federal do Tocantins (UFT), os quais desenvolveram as mais variadas práticas no campo da educação numa perspectiva pedagógica, digital e colaborativa. Assim, este número é histórico para a UFT, pois marca o final bem sucedido da primeira edição do Programa Institucional de Inovação Pedagógica (PIIP) criado para integrar Ensino, Pesquisa e Extensão a partir da promoção de práticas inovadoras no campo da Educação.</span></p> 2022-04-25T13:41:08-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14224 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INOVAÇÃO PEDAGÓGICA: FORTALECIMENTO DA GESTÃO INTEGRADA 2022-04-25T17:13:18-03:00 Carolina Machado Rocha Busch Pereira carolinamachado@uft.edu.br Eduardo José Cezari eduardo@uft.edu.br Ary Henrique Morais de Oliveira aryhenrique@uft.edu.br Werley Teixeira Reinaldo reinaldotx@mail.uft.edu.br <p>O presente trabalho objetiva-se apresentar os fundamentos teóricos, os caminhos trilhados e parte dos resultados alcançados na primeira edição do Programa Institucional de Inovação Pedagógica (PIIP) da Universidade Federal do Tocantins. O PIIP é parte da política de fortalecimento da graduação da UFT. O Programa Institucional de Inovação Pedagógica (PIIP) tem como objetivo geral selecionar, apoiar, monitorar e avaliar Projetos de Inovação Pedagógica (PIP) que tenham propostas inovadoras e que tragam transformações no processo de ensino-aprendizagem para os cursos de graduação da Universidade Federal do Tocantins a partir de métodos, ferramentas e tecnologias educacionais pedagógicas inovadoras. Os projetos do PIIP da primeira edição apresentaram como produtos e serviços relacionados ao ensino com atividades de monitoria e produção de objetos virtuais de natureza diversa como blogs, canais de conteúdo para o YouTube, materiais didáticos, métodos e ferramentas pedagógicas. Na interface com a extensão, os projetos realizaram eventos, cursos, tecnologias sociais aplicadas à comunidade e rodas de conversa. Na dimensão da pesquisa os produtos dos projetos foram apresetados em eventos e registrados em relatos de experiência que em grande medida compõe este dossiê, além de artigos, relatórios técnicos, materiais paradidáticos, e atividades de propriedade intelectual.</p> 2022-04-25T17:04:59-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14223 PROJETO DE INOVAÇÃO E APOIO PEDAGÓGICO AO ENSINO DE JORNALISMO: UNIÃO ENTRE METODOLOGIAS ATIVAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 2022-04-25T17:13:19-03:00 Marluce Evangelista Carvalho Zacariotti marluce@uft.edu.br Valquíria Guimarães da Silva vguimaraes@uft.edu.br Ingrid Pereira de Assis ingrid.assis@mail.uft.edu.br Sarah Melisa Barros de Souza shmelisa.barros@gmail.com Júlia Carvalho Maia dos Anjos juliacmanjos@gmail.com Paulo Victor Gualberto paulo.gualberto@uft.edu.br Kaio Pinheiro Valadão kaiovaladao@uft.edu.br Thays Gabriela Santos Martins thays.gabriela@uft.edu.br Lizânia Nascimento Castro lizaniamendes98@gmail.com <p>Este artigo tem como objetivo principal descrever de forma analítica o&nbsp; Projeto de Inovação e Apoio Pedagógico ao Ensino de Jornalismo (Piapejor), desenvolvido no âmbito do Programa Institucional de Inovação Pedagógica (PIIP), da Universidade Federal do Tocantins. O projeto foi uma uma proposta formativa realizada ao longo de seis meses, que articulou o uso de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) e as práticas das metodologias ativas de ensino. Metodologicamente, este artigo se fundamenta em uma análise descritiva a partir de uma investigação documental.</p> 2022-04-25T13:50:54-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14246 A ÁRVORE DO CONHECIMENTO: DEMOCRATIZANDO O ACESSO ÀS TECNOLOGIAS DIGITAIS 2022-04-27T15:16:57-03:00 George leonardo seabra coelho coelho george.coelho@hotmail.com Andréa Siqueira de Melo drea.siqueira@gmail.com Anny Karoline Ribeiro da Silva Santos anny.karoline@mail.uft.edu.br Geovanna Rodrigues dos Santos geovanna.santos@mail.uft.edu.br Lucas Nogueira Cancian lucas.cancian@mail.uft.edu.br Marcella Porto Sousa marcella.porto381@gmail.com Mikaelly Ester Ribeiro Souza mikaelly.ester@mail.uft.edu.br Nilsion Giuvannucci Rosa n2.giuvannucci@gmail.com <p>Com base nos debates sobre os usos das tecnologias e mídias digitais, assim como suas relações com processos educativos, em especial, no contexto de isolamento social provocado pela pandemia da Covid-19, esse Projeto de Inovação Pedagógica ampliará o debate e a aplicação das TDIC ao longo do ano de 2021. Sendo assim, propomos desenvolver diversas atividades e ações que possam contribuir de forma significativa na minoração dos prejuízos formativos provocados pelo distanciamento social e, consecutivamente, na adoção de modalidades assíncronas e síncronas nos Cursos de Graduação e Pós-graduação. Nosso objetivo foi o desenvolvimento de suportes tecnológicos digitais para contribuir no processo ensino-aprendizagem da comunidade acadêmica do Curso de História de Porto Nacional.</p> 2022-04-25T13:51:47-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14253 PROJETO ACOLHER 2022-04-25T17:13:21-03:00 Maria Dilma Lima mariadilma@uft.edu.br Marcelo Leineker Costa leineker@mail.uft.edu.br Salmo Moreira Sidel sidel@mail.uft.edu.br Gilmar Pires Novaes novaes@mail.uft.edu.br Nathália Barros Costa nathaliabrros@mail.uft.edu.br José Ricardo Guimarães Corrêa Junior ricardo.junior@mail.uft.edu.br Leonardo Lira da Silva Lima leonardo.lira@mail.uft.edu.br Alinne Pereira do Nascimento alinne.pereira@mail.uft.edu.br Pablo Rangel Neiva Martins rangel.neiva@mail.uft.edu.br Juliete Valadares Ribeiro julietevaladares@mail.uft.edu.br Samuel Frazão dos Santos samuel.frazao@mail.uft.edu.br <p>O projeto acolher é uma rede de acompanhamento para os acadêmicos dos três primeiros períodos, indígenas e quilombolas do curso de Engenharia Civil, onde busca-se para os ingressantes a promoção e o nivelamento a partir da oferta inicial de um curso de matemática básica a fim de preencher as lacunas de aprendizagem através de aulas presenciais e atividades extra classe para que o discente possa revisar os principais conteúdos expostos no ensino médio com uma visão mais rigorosa e técnica preparando-o para um melhor aproveitamento do curso de engenharia, e o acompanhamento continuado além dos períodos iniciais para os indígenas e quilombolas.</p> 2022-04-25T13:54:26-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14208 #PROJETO INOVAJOR: O JORNALISMO AFIRMANDO A ACESSIBILIDADE E A DIVERSIDADE ÉTNICA NA UFT 2022-04-25T17:13:22-03:00 Jardeane Reis de Araújo jardeane.araujo@outlook.com Ana Luisa Duarte de Miranda duarte.miranda@mail.uft.edu.br Aristóteles de Almeida Aires Júnior aristocrates.aires@mail.uft.edu.br Carlos Fernando Franco mariaf@mail.uft.edu.br Jardeane de Araújo jardeane.araujo@mail.uft.edu.br Kaio Alexandre da Silva Carvalho kaio.alexandre@mail.uft.edu.br Kauê Barbosa N. de S. Guerra kaue.nogueira@mail.uft.edu.br Kleidiane Araújo da Silva araujo.kleidiane@mail.uft.edu.br Mayla Dias Karajá Amorim maylakaraja@gmail.com Maria de Fátima de Albuquerque Caracristi mariaf@mail.uft.edu.br <p><span style="font-weight: 400;">O projeto Inovajor teve o objetivo promover o protagonismo dos acadêmicos e estimular o monitoramento de acesso aos conteúdos educativos, teóricos e habilidades técnicas para alunos com deficiência física, indígenas e quilombolas do curso de jornalismo da UFT. Promover canais de comunicação midiáticos que permitissem o protagonismo desses alunos, estimulando a troca de saberes e experiências de acessibilidade nas universidades, as inovações propostas por startups e empresas que promovem aplicativos e instrumentos para oferecer melhor qualidade de vida às pessoas com deficiência. A metodologia participativa permitiu a inserção de novos atores que foram decisivos para acrescentar experiências, principalmente para os alunos com baixa visão ou cegos. O resultado das ações dá mostras de que se obteve um resultado satisfatório tanto para os monitores e tutora, uma vez que aprofundaram as técnicas de produção jornalística, bem como para os alunos público-alvo do projeto, que participaram exitosamente da experiência com o Inovajor.</span></p> <p><span style="font-weight: 400;"><strong>PALAVRAS-CHAVE</strong>: Inovação; Acessibilidade; Inclusão; Jornalismo.</span></p> 2022-04-25T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14179 EXPERIÊNCIAS PEDAGÓGICAS, FORMATIVAS E DIALÓGICAS DO PIP FILO 2022-04-27T15:00:21-03:00 José Soares das Chagas jsoaresdaschagas@uft.edu.br Gustavo Henrique Lima Ferreira gustavohenrique@uft.edu.br Paulo Sérgio Gomes Soares psoares@uft.edu.br Maria José de Pinho mjpgon@uft.edu.br Oderlani Vieira da Silva oderlani@hotmail.com Letícia Neves T. dos Santos neves.leticia@uft.edu.br Ígor Santos Lopes santos.igor@uft.edu.br Adriano Luiz Maropo adriano.maropo@uft.edu.br Bruno Marcelo de Paula Pires bruno_marcelo@uft.edu.br Weslley Pereira de Souza weslleyp.souza2000@uft.edu.br João Vitor W. M. M. dos Santos vitor.moura@uft.edu.br Ana Luísa W. M. M. dos Santos luisa.wohlhaupter@mail.uft.edu.br <p>O presente texto é um relato da experiência do Projeto de Inovação Pedagógica do curso de Filosofia (PIP FILO) da Universidade Federal do Tocantins. O projeto teve início em junho de 2021 e sua finalização em dezembro do mesmo ano. O intuito do projeto foi proporcionar a utilização de novas ferramentas digitais para as práticas pedagógicas de ensino. O conteúdo aqui descrito faz parte de um curso de formação digital promovido pelo PIP FILO e que contou com a colaboração do curso de Teatro e do Residência Pedagógica. O projeto se desenvolveu junto com um Tutor&nbsp; e com Monitores de Inovação Pedagógica (MIPs) por dois caminhos; (1) a utilização de ferramentas digitais como prática pedagógica por meio de cursos, oficinas, <em>lives</em> e palestras, (2) a realização de uma chuva de ideias que foi organizada no <em>mindmeister</em>, no qual restringindo-nos à pesquisa sobre <em>fakes news</em> atribuídas a Paulo Freire e que acrescentamos a essa pesquisa uma dose de humor dos cínicos gregos.</p> 2022-04-25T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14177 ECOSSISTEMA DE INOVAÇÃO PEDAGÓGICA DIGITAL 2022-04-29T12:56:27-03:00 Guilherme Benko de Siqueira guibenko@uft.edu.br Aynaran Oliveira de Aguiar aynaran@uft.edu.br Beatriz Pereira Bispo bepbispo99@hotmail.com Fellyphe Augustho G. C. Rodrigues fellyphe@gmail.com Gabriel dos Santos de Sousa gabriel.santos56@gmail.com Gabriela Apolinário Leal gabriela.apolinario@mail.uft.edu.br Maria Gabriela Barros Freire mariagfreire@mail.uft.edu.br Renata Brasil Soares Ferreira renata.brasil@mail.uft.edu.br Tamires Dourado Oliveira tamiresdourado@mail.uft.edu.br Wanderson Bruno Fernandes Rodrigues wanderson.bruno@mail.uft.edu.br <p><strong>Resumo</strong><strong>:</strong> A partir da constatação de que os elementos vida, conhecimento e cultura vem sofrendo marcantes alterações cabendo ao elemento “escola” buscar uma ressignificação de seus currículos, sob pena de não mais se comunicar eficientemente com a sociedade. O professor que se reconhece como o protagonista de sua prática e utiliza as tecnologias educacionais de modo crítico e criativo, coloca-se em sintonia com as linguagens e símbolos que fazem parte deste novo mundo do aluno, além de conferir a este maior autonomia e reponsabilidade sob seu processo de aprendizagem. O objetivo geral deste projeto foi de estruturar um conjunto de ações que despertassem e capacitassem professores e alunos a atuarem mediados por tecnologias educacionais de modo crítico e criativo, colocando-os em sintonia com as linguagens e símbolos que fazem parte deste novo mundo digital e interconectado.</p> 2022-04-25T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14213 LABORATÓRIO VIRTUAL REESCRIT@: METODOLOGIAS E PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA ACADÊMICA 2022-05-02T17:34:58-03:00 Sebastião Silva Soares sebastiaosilva@uft.edu.br Dayane Aparecida dos Santos Marra dayanemarraaraujo@gmail.com Débora Santana dos Santos deborasnovex19@gmail.com Katyany Rodrigues de Oliveira Almeida katyany.rodrigues@mail.uft.edu.br Leiliane de Moura Araújo leiliane.moura@mail.uft.edu.br Monyk Stephany de Oliveira Fernandes steermed@gmail.com Sérgio André Ricardo sergio-3-m@hotmail.com Silvânia Curcino dos Santos Almeida silvania2015110372@gmail.com Welison Portugal de Souza wportugal@mail.uft.edu.br <p>O Laboratório Virtual Reescrit@ surgiu com o propósito de colaborar para a superação das dificuldades e necessidades que os alunos do curso de Educação do Campo apresentam nas atividades de leitura e escrita, buscando proporcionar, aos discentes, propostas formativas acerca de alguns gêneros textuais, em especial, atividades focadas no letramento acadêmico com o uso de tecnologias digitais de aprendizagem como, por exemplo, ferramentas do <em>Google Classrrom</em>, <em>Google Docs</em>. A proposta do projeto nasceu também em decorrência do momento pandêmico da Covid-19, em que ficaram mais latentes as dificuldades dos acadêmicos nas práticas de leitura e escrita, manifestadas anteriormente nas atividades presenciais em sala de aula. Ao finalizar as ações é possível apreender os impactos positivos desse projeto no contexto do ensino superior, despertando ainda mais o interesse pela promoção de práticas de letramento acadêmico e emancipação dos participantes envolvidos. Nas ações realizadas, foi perceptível analisar a importância do acompanhamento dos discentes nas atividades propostas nos cursos de graduação e pós-graduação, principalmente no acolhimento e escuta sensível.</p> 2022-04-25T14:20:53-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14185 PRÁTICAS DE INOVAÇÕES PEDAGÓGICAS DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 2022-04-25T17:13:23-03:00 Aline de Oliveira Nasche aline@uft.edu.br Fernando Jorge Fonseca Neves fejofone@hotmail.com Gisele Barbosa de Paiva gisele.paiva@uft.edu.br Leonardo Augusto Carneiro leonardo.carneiro@mail.uft.edu.br Ana Luiza Cde Campos Ribeiro luiza.campos@mail.uft.edu.br Jessica Oliveira Marques oliveira.jessica@mail.uft.edu.br Juliana de Oliveira Pontes julianapontes@uft.edu.br Larissa Cristina Silva Lima larissa.cristina@mail.uft.edu.br Nathalia Pereira da Silva nathalia.silva@mail.uft.edu.br Vanessa Lopes Queroiz Lima lopes.queiroz@mail.uft.edu.br Vinícius Lopes Soares vinicius.soares@mail.uft.edu.br <p>A aderência ao PIIP da UFT através de PIP próprio foi motivado por uma dificuldade do processo de ensino: uma pretensa contradição entre a teorização e a prática do economista. O PIP do Curso aparece como ferramenta de aproximação destas dimensões, importante à motivação dos alunos. Estrutura-se em três ambientes: um para oferta de grupos de estudos, mini-cursos, oficinas, seminários, palestras, etc., outro para ofertas de monitoria aos estudantes; e um terceiro, para convívio entre estudantes por meio de projetos recreativos e culturais. Os espaços para ações no âmbito destas atividades foram estruturados neste exercício, e importantes ações foram ofertadas. Mas o projeto, pela novidade que representa, precisa ainda de importantes aprimoramentos.</p> 2022-04-25T14:23:09-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14184 O SIMULARI COMO INOVAÇÃO PEDAGÓGICA: TRANSFORMAÇÕES NO ENSINO E EXTENSÃO ATRAVÉS DAS SIMULAÇÕES DE ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS 2022-04-25T17:13:24-03:00 Jan Marcel de Almeida Freitas Lacerda janmarcellacerda@uft.edu.br <p>As transformações sociais e tecnológicas têm impactado na interação docente-discente e no processo de ensino-aprendizagem, que demandam novas formas de reter a atenção dos discentes e de fixar o conhecimento apreendido. Neste relato, apresentamos o Projeto de Inovação Pedagógica SimulaRI, que criou um modelo de simulação de reuniões de Organizações Internacionais, que resultou no estabelecimento dessa ferramenta de ensino ativo no Bacharelado de Relações Internacionais da Universidade Federal do Tocantins. O projeto, além de gerar diversos produtos, como manuais, guias e conteúdo digital, propiciou a integração entre docentes, suas agendas de pesquisas e disciplinas, dentro de uma atividade de extensão e potencialmente diminuiu a evasão.&nbsp;</p> 2022-04-25T14:27:54-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14189 PROJETO CECLLA IPEL: experiências de formação docente e ensino de línguas em contexto não presencial 2022-04-25T17:13:31-03:00 Daniella Corcioli Azevedo Rocha danicorcioli@mail.uft.edu.br Adriana Carvalho Capuchinho driowlet@uft.edu.br Silvana Fernandes de Andrade silvanandrades@gmail.com Cassiane Oliveira de Souza Gomes cassianeoliveira@mail.uft.edu.br Micaella Fernandes micaella.fernandes1@mail.uft.edu.br Wellengton Campos Araújo wellengton.araujo@mail.uft.edu.br Igor Fernando Cirqueira Reis igor.fernando@mail.uft.edu.br Francisca Mayra Lima Silva mayra.lima@mail.uft.edu.br Ana Carolina Bitella Adriano Dantas ana.adriano@mail.uft.edu.br Gabriela Moreira Silva gabrielamoreirasilva52@gmail.com Carolina Pereira de Paula carolpepaula@gmail.com <p>O CECLLA – IPEL nasceu da necessidade de implementação do ensino mediado pelas inovações tecnológicas. As atividades implementadas no CECLLA IPEL já eram desenvolvidas no Programa CECLLA e foram adaptadas para atender à demanda do ensino não presencial. Entre as mudanças está a formação docente, a formação para o uso de tecnologias, o ensino de língua inglesa e o ensino de produção de texto em língua portuguesa, desenvolvidas por intermédio do Google Meet (aulas síncronas) e do Edmodo (salas de aula, organização de materiais, etc). Este trabalho discute os resultados do projeto, os desafios encontrados e seus alcances, tanto no que diz respeito ao ensino de línguas, quanto na formação docente e tecnológica de qualidade.</p> 2022-04-25T14:31:13-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14175 INOVAÇÃO PEDAGÓGICA NO CURSO DE ENFERMAGEM: ESTUDO, REFLEXÃO E COLABORAÇÃO PARA UM PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE QUALIDADE 2022-04-25T17:13:32-03:00 Juliana Bastoni da Silva juliana.bastoni@uft.edu.br Domingos de Oliveira domingos.oliveira@uft.edu.br Fernando Rodrigues Peixoto Quaresma quaresma@mail.uft.edu.br Mirian Cristina dos Santos Almeida mirian.almeida@uft.edu.br Tatiana Vieira Ferreira tatiana_vieira@mail.uft.edu.br Alice de Castro Carvalho de Oliveira alice.castro@mail.uft.edu.br Ana Caroline Costa da Silva costa.ana@mail.uft.edu.br Ana Thereza Farias da Silva anathereza.atf2@gmail.com Bruna Yasmin Santos Martins bruna.yasmin@mail.uft.edu.br Débora Leão Alves deboraleao16@gmail.com João Lourenço Dias Filho joaofilhodias@uft.edu.br Thamara Moreira Lima Pedrosa thamara.pedrosa@mail.uft.edu.br Vinnicius Dias Alves de Medeiros vinnicius.dias@mail.uft.edu.br Vitória Fernandes Machado Nascimento vitoria.fernandes@mail.uft.edu.br <p>Objetivou-se relatar a experiência de estudantes e professores em um projeto de inovação pedagógica desenvolvido no curso de Enfermagem da Universidade Federal do Tocantins. As vivências e ações foram voltadas à promoção do protagonismo do estudante na sua formação, bem como à integração do ensino, pesquisa e extensão no ambiente universitário. Com base na experiência sugere-se uma avaliação conjunta com os demais projetos contemplados em outras áreas do conhecimento, no intuito de aprimorar o programa de inovação pedagógica institucional.</p> 2022-04-25T14:33:17-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14232 APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS DE PROFESSORES EM FORMAÇÃO NO CURSO DE LETRAS-LIBRAS DA UFT 2022-04-25T17:13:32-03:00 Felipe de Almeida Coura felipecoura@uft.edu.br Carlos Roberto Ludwig carlosletras@mail.uft.edu.br Amoriana Borges de Araújo amorianaborges@uft.edu.br Thamara Cristina Santos thamara.ufg@gmail.com José Ribamar Cordeiro Coelho joseribamark20@gmail.com Iully Carvalho de Sousa sousaiully123@gmail.com Lucas Fagundes lucasfagundesgm@gmail.com Eliete Martins Barbosa eliete.mota@mail.uft.edu.br Gleiciene Oliveira da Silva gleich.olive@gmail.com Kelly Cristina Lopes Botelho kellybotelho08@gmail.com José Vitor Resende Araujo jose.resende@mail.uft.edu.br <p>A Diretoria de Programas Especiais em Educação da Pró-Reitoria de Graduação da UFT, em 2021, lançou o Programa Institucional de Inovação Pedagógica (PIIP), com o objetivo de contribuir para transformações no processo de ensino-aprendizagem da Universidade. Foi então aberto um edital para submissão de propostas de projetos para todos os cursos de graduação da UFT.&nbsp; Este trabalho pretende discutir as implicações da aprendizagem de língua de professores em formação do curso de Letras-Libras, a partir dos trabalhos desenvolvidos, de maneira remota, pelo Projeto de Inovação Pedagógica (PIP) denominado +Libras. Implicações essas que envolvem crenças e construção da identidade docente (BARCELOS, 2007; LEFFA, 2012). O trabalho teve como foco a análise e discussão de duas ações do +Libras: o Clube da Libras e o Clube da Língua Portuguesa L2. Percebeu-se que essas atividades puderam contribuir diretamente para reflexões que envolveram identidades e crenças de professores de Libras em formação à medida em que a língua era ensinada.</p> 2022-04-25T14:34:17-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14256 EXPERIÊNCIAS DURANTE A RECEPÇÃO DOS INGRESSANTES DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFT 2022-04-25T17:13:33-03:00 Gisele Souza Parmezzani Marinho giselemarinho@uft.edu.br Felipe Calixta Oliveira giselemarinho@uft.efu.br Cindy Pereira Cardoso felipecalixta321@gmail.com Juliana do Nascimento Carneiro juliana.carneiro@uft.edu.br Rafael Fontenele Moraes Cutrim rafael.fontenele@uft.edu.br Regina Victoria de Lucena Peronico regina.peronico@gmail.com Suellen Christina Brandão Vieira suellen.brandao@uft.edu.br Suellen Christina Brandão Vieira suellen.brandao@uft.edu.br Thais do Nascimento Carneiro thais.carneiro@uft.edu.br Raquel Ribeiro das Virgens raquel.virgens@uft.edu.br <p>Nos últimos anos devido à observada heterogeneidade no perfil do ingressante, analisadas sob os pontos de vista socioeconômico e capital intelectual, percebeu-se a necessidade de acolhimento deste estudante a fim de integrá-lo de forma mais receptiva à comunidade acadêmica além de suprir algumas lacunas resultantes de sua construção acadêmica. Assim, tornando esta etapa menos traumática, objetiva-se uma menor taxa de evasão e de retenção nas disciplinas iniciais do curso. Para isso, é realizada na primeira semana de aula uma recepção direcionada e um curso de nivelamento em matemática para que assim, sintam-se mais confiantes na realização das disciplinas iniciais e melhor integrados à comunidade acadêmica com observada melhora em seus estudos.</p> 2022-04-25T14:36:57-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14174 PROJETO DE INOVAÇÃO PEDAGÓGICA LABORATÓRIO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E EDUCAÇÃO (PIP LEPECSE): 2022-04-27T15:44:35-03:00 Aline Fagner de Carvalho Costa alinefagner@mail.uft.edu.br Hugo Junio de Sousa hugosousa@uft.edu.br Aline Ribeiro Silva ribeiro.aline@mail.uft.edu.br Anádyla Lhoraine Ribeiro Franco anadyla.ribeiro@mail.uft.edu.br Ângela Silva Almeida almeida.angela@mail.uft.edu.br Daniel Ribeiro Cardoso da Silva daniel.cardoso@mail.uft.edu.br Marlene Soares de Jesus marlenejesus@uft.edu.br Emanuele Siqueira Reges emanuele.reges@mail.uft.edu.br <p>O Projeto de Inovação Pedagógica Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão de Ciências Sociais e Educação (PIP LEPECSE) apresenta-se como <em>locus</em>, metodologia e experiência acadêmica com abordagem socioantropológica, desenvolvido no curso de Pedagogia da UFT – Arraias, tendo como contexto de abrangência a região ecótona entre Amazônia Legal e Cerrado e comunidades urbanas e rurais, especialmente quilombolas, do entorno de Arraias-TO e nordeste goiano. As atividades aqui relatadas se deram no ano de 2021 por meio da elaboração e aplicação de projetos e instrumentos de pesquisa, em pequenos Grupos de Trabalho (GT) formados por estudantes das disciplinas de Sociologia da Educação; Antropologia e Educação; Diversidade Cultural e Educação em Direitos Humanos.</p> 2022-04-25T14:55:40-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14178 APRENDIZAGEM COLETIVA: O LABORATÓRIO DE MUDANÇA COMO UMA FERRAMENTA DE INOVAÇÃO PEDAGÓGICA 2022-04-25T17:13:34-03:00 Luciana Pereira Sousa lucianap@uft.edu.br Camila de Almeida Marques c.s_almeida@hotmail.com Vitória de Sousa vicsousaferraz@gmail.com Claudia Regina Pereira Ramos de Castro claudia.ramos@mail.uft.edu.br <p>Este artigo trata da experiência realizada no projeto de Inovação pedagógica – Aprendizagem Coletiva: o laboratório de mudança como uma ferramenta de Inovação Pedagógica. O objetivo foi compreender as mudanças que ocorrem na atividade educativa que podem impulsionar aprendizagens dos estudantes em diferentes ambientes de ensino-aprendizagem. É fundamentado na Teoria da Atividade Histórico-Cultural, operando principalmente com o conceito de Aprendizagem Expansiva. A pesquisa é qualitativa, com descrição detalhada dos procedimentos adotados. Os participantes foram estudantes atendidos ao longo do projeto bem como, as pesquisadoras envolvidas. Os resultados revelaram a importância do projeto para a comunidade acadêmica, no que tange a formação de leitores, inclusão dos recursos digitais, participação social e comprometimento com as atividades de ensino. Evidenciaram também a necessidade de políticas públicas para garantir o acesso a internet de qualidade para os estudantes que residem nesta região, tal qual, o acesso à educação tendo em vista que nesse momento ocorre em formato mediado por tecnologias e ampliação implementação de projetos visando potencializar a leitura e o acesso a pesquisa e extensão.&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp; Este artigo trata da experiência realizada no projeto de Inovação pedagógica – Aprendizagem Coletiva: o laboratório de mudança como uma ferramenta de Inovação Pedagógica. O objetivo foi compreender as mudanças que ocorrem na atividade educativa que podem impulsionar aprendizagens dos estudantes em diferentes ambientes de ensino-aprendizagem. É fundamentado na Teoria da Atividade Histórico-Cultural, operando principalmente com o conceito de Aprendizagem Expansiva. A pesquisa é qualitativa, com descrição detalhada dos procedimentos adotados. Os participantes foram estudantes atendidos ao longo do projeto bem como, as pesquisadoras envolvidas. Os resultados revelaram a importância do projeto para a comunidade acadêmica, no que tange a formação de leitores, inclusão dos recursos digitais, participação social e comprometimento com as atividades de ensino. Evidenciaram também a necessidade de políticas públicas para garantir o acesso a internet de qualidade para os estudantes que residem nesta região, tal qual, o acesso à educação tendo em vista que nesse momento ocorre em formato mediado por tecnologias e ampliação implementação de projetos visando potencializar a leitura e o acesso a pesquisa e extensão.&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;</p> 2022-04-25T14:57:57-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14031 O ENSINO DE CONCEITOS DA MATEMÁTICA UTILIZANDO DADOS EXPERIMENTAIS COM A PANC PERESKIA ACULEATA MIIL DE CAMPO EXPERIMENTAL DO PIP. 2022-04-25T17:13:35-03:00 Carmes Ana da Rosa Batistella carmes@uft.edu.br Susana Cristine Siebeneichler susana@uft.edu.br Juliana Paggiaro Paggiaro jupaggiaro22@gmail.com Artur Viana Dantas Dantas artur.dantas@mail.uft.edu.br Marcos Rodrigues da Costa Aguiar marcos.rodrigues@mail.uft.edu.br Marcos Rodrigues da Costa Aguiar marcos.rodrigues@mail.uft.edu.br Leticia Bezerra de Almeida leticia.almeida@mail.uft.edu.br Marcela Cristina Barbosa Garcia marcelacristina@mail.uft.edu.br Bianca Ferreira Brito bianca.ferreira@mail.uft.edu.br Bruna Azevedo Barbosa brunaazevedo97@mail.uft.edu.br João Victor de Almeida Oliveira oliveira.victor@mail.uft.edu.br Lucas Lima dos Santos lucas.lima1@mail.uft.edu.br Joice Luise Mota Lira joice.luise@mail.uft.edu.br Victor Lima Pereira victor.lima1@mail.uft.edu.br <p>: Este artigo refere-se ao relato de experiência didático-pedagógica, vivenciada por docentes e discentes do curso de Agronomia da Universidade Federal do Tocantins- UFT, ação do Projeto vinculado ao Programa Institucional de Inovação Pedagógica (PIIP). A Matemática foi apontada como a disciplina com maior reprovação no curso, fator que estimulou os acadêmicos a formularem, sob a orientação de docentes da disciplina e de outras correlatas, uma proposta metodológica contemplando conteúdos básicos que podem ser considerados entraves (quando não aprendidos durante a educação básica) à aprendizagem de conteúdos mais complexos, tais como Limites, Derivadas e Integrais, que complementam a ementa da referida disciplina. Prosseguiu-se, então, com sua aplicação na modalidade de Oficina, ministrada pelos acadêmicos de períodos mais avançados. Para avaliação dessa ação, foi aplicado pré e pós-teste a dezoito acadêmicos matriculados na disciplina de Matemática. Os resultados apontam que houve avanços na interação entre estudantes de diferentes estágios acadêmicos, na familiaridade com aplicativos e ferramentas facilitadoras de aprendizagem e na verificação da importância dos temas apresentados em relação às disciplinas específicas do Curso de Agronomia.</p> 2022-04-25T15:08:40-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14262 TECNOLOGIAS E ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS PARA A PROMOÇÃO DA EDUCAÇÃO INTERPROFISSIONAL NO CURSO DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS 2022-04-25T17:13:37-03:00 Michelle de Jesus Pantoja Filgueira michellefilgueira@uft.edu.br Carina da Silva Rocha carina.uft@gmail.com Fernanda Oliveira Brito dos Reis fernanda.brito@mail.uft.edu.br Germana Gabriélle Assis Santos germanaassis@gmail.com Juliana Gonçalves da Silva juliana.goncalves@mail.uft.edu.br Cláudio Cordeiro Araújo claudiopalmas_@hotmail.com <p>Com o advento da pandemia ocasionada pelo vírus SARS-CoV-2 houve a necessidade de mudança do formato de ensino presencial para o remoto. Este Processo de Inovação Institucional Pedagógico (PIIP - Medicina) teve como objetivo minimizar os desafios dos docentes e discentes na adaptação a esse novo formato de ensino. Esse trabalho foi executado a partir de um processo seletivo de projeto e de equipe, consequentemente a implementação de um plano de execução baseado nas necessidades do público alvo. Através desse trabalho foi possível identificar as fragilidades sobre o tema dos docentes e discentes da instituição e promover ações que potencializasse o uso de ferramentas digitais no ensino remoto.</p> 2022-04-25T15:34:47-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14249 TECENDO INSTRUMENTOS METODOLÓGICOS DE INVENTÁRIO TURÍSTICO E CULTURAL PARA AS COMUNIDADES QUILOMBOLAS DA REGIÃO TURÍSTICA DAS SERRAS GERAIS – TOCANTINS 2022-04-25T17:13:38-03:00 Valdirene Gomes dos Santos de Jesus jesuseval@uft.edu.br Ana Cláudia Macedo Sampaio anaclaudiamsampaio@uft.edu.br Filipe Vieira de Oliveira filipeoliveira@uft.edu.br Thamyris Carvalho de Andrade thamyris.andrade@uft.edu.br Adelson Barbosa dos Santos adelsonhistoria2@gmail.com Agda Marques Borges agda.marques@mail.uft.edu.br Gabriela Costa Pereira pereira.costa@mail.uft.edu.br Lhorrayne Barbosa Lima lhorraynelimaa@gmail.com Mayara Cristina Joaquim maiara.cristina@uft.edu.br Roze Graciela Ribeiro roze.graciela@mail.uft.edu.br Willian Soares Cunha willian.soares@mail.uft.edu.br <p>O Projeto de Inovação Pedagógica Tecendo Instrumentos Metodológicos de Inventário Turístico e Cultural para as Comunidades Quilombolas da Região Turística das Serras Gerais – Tocantins, possibilitou aos acadêmicos do Curso de Turismo Patrimonial e Socioambiental uma formação teórico-prática que permita, de acordo com as diretrizes do Projeto Político Pedagógico do Curso (PPC): “Desenvolver pesquisas, inventários, monitoramentos e manejos de atividades turísticas de modo a garantir que o desenvolvimento dessa atividade aconteça de acordo com os princípios da sustentabilidade [...]”, destacando ainda ser uma das competências, atitudes e habilidades básicas de formação do graduando em turismo. Nesse sentido, o projeto se apresentou como uma inovação pedagógica que tece as metodologias de inventário turístico e cultural, enquanto formação teórico-prática do turismólogo, ao articular o ser-fazer profissional, mas também os saberes e fazeres da sua trajetória pessoal, tecida como uma narrativa que tem como foco a articulação do patrimônio cultural e natural das comunidades tradicionais ao desenvolvimento de um turismo inclusivo, participativo e responsável que contribua para o processo de ensino-aprendizagem do graduando em turismo enquanto participante ativo na construção do seu conhecimento e de metodologias participativas que possam contribuir diretamente com o levantamento de informações contextualizadas que possam alimentar as bases de dados dos inventários do Estado do Tocantins.</p> 2022-04-25T00:00:00-03:00 Copyright (c) https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14157 PROJETO DE INOVAÇÃO PEDAGÓGICA “ANJOS DA QUÍMICA”: INSIGHTS SOBRE EVASÃO, NIVELAMENTO E CURSOS PREPARATÓRIOS PARA O ENEM 2022-04-25T17:13:38-03:00 Ludimilla Coelho dos Santos ludimillacoesant@gmail.com Marleilde dos Santos Castro marleilde.castro@mail.uft.edu.br Felipe Magalhães Marinho magalhaes.marinho@mail.uft.edu.br Cristiele Mendes Silva cristielemendes6@gmail.com Bruno Henrique di Napoli Nunes bhdinapoli@gmail.com Jaqueline Tavares de Jesus Oliveira jaqueline.oliveira@mail.uft.edu.br Sérgio Gabriel Oliveira Duarte Ferrarin gabferrarini@gmail.com Douglas Azevedo Castro dacastro@mail.uft.edu.br Grasiele Soares Cavallini grasiele@mail.uft.edu.br Douglas Henrique Pereira doug@uft.edu.br <p>O trabalho desenvolvido pelo projeto de inovação pedagógica “Anjos da Química” objetivou avaliar os principais fatores que levam a evasão do curso de Química Ambiental e atenuar as dificuldades dos alunos durante a graduação, por meio de monitorias e cursos de nivelamento. Também foi ofertado curso pré-vestibular popular para escolas públicas e privadas. Os resultados mostram que aproximadamente 90 discentes foram atendidos pela monitoria e que quando a monitoria é corretamente trabalhada dentro da disciplina há um aumento no número de alunos aprovados. Dois diagnósticos do curso foram realizados, o primeiro entre os alunos regularmente matriculados no curso para saber as principais dificuldades encontradas e os resultados mostraram que as maiores dificuldades dos alunos são nas disciplinas de Física e Cálculo. O segundo diagnóstico do curso foi realizado com os alunos que evadiram o curso de Química Ambiental e é importante destacar que 78,6% dos alunos que desistiram do curso não conhece os programas de permanência estudantil da UFT. O curso pré-vestibular popular foi realizado em duas escolas de forma presencial, com a participação de 28 alunos e ao final 91% dos alunos que participaram afirmaram a necessidade de um curso preparatório para concorrer ao vestibular/ENEM.</p> 2022-04-25T15:59:30-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14190 PROFESSOR, ONDE VOU USAR ISSO NA MINHA VIDA? 2022-04-25T17:13:39-03:00 Thiago Rodrigues Cavalcante thiago.cavalcante@mail.uft.edu.br <p>Este trabalho apresenta a composição e estrutura do relato do projeto Pip desenvolvido nos cursos de Licenciatura em Matemática e Mestrado Profissional em Matemática da UFT- Campus Arraias -TO. Independentemente da área de atuação, professores sempre se deparam com a pergunta título deste trabalho ou com questionamentos de mesmo teor, feitos por seus alunos e até mesmo colegas docentes. Este projeto vem no sentido de diminuir este questionamento e mostrar aos interragadores o motivo de “aquilo” estar sendo apresentado naquele contexto. Foram utilizadas várias técnicas e ferramentas tecnológicas na execução do projeto o que resultou em um evento no campus envolvendo docentes e discentes da UFT, egressos e professores colaboradores, com&nbsp; elaboração e apresentação de trabalhos.</p> 2022-04-25T16:02:43-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14207 PODCAST “ESTUDANTE ACIMA DA MÉDIA” E O APOIO AOS ACADÊMICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA UFT 2022-04-27T15:41:31-03:00 Andressa Feliciano Nunes Ribeiro andressa.feliciano@mail.uft.edu.br Vitor Antonio Cerignoni Coelho v7coelho@yahoo.com.br Bruno Ferreira Ribeiro brunofr325@gmail.com Gênesis Reis Sobrinho genesisreis96@gmail.com Melyssa Souza Carvalho melyssa.carvalho@mail.uft.edu.br Túlio de Almeida Lopes tulio.lopes@mail.uft.edu.br Vitor Araújo Chagas araujo.vitor@mail.uft.edu.br Vitor Antonio Cerignoni Coelho v7coelho@yahoo.com.br <p>O estudo teve o objetivo de proporcionar a recuperação e o fortalecimento acadêmico dos estudantes do curso de Educação Física da Universidade Federal do Tocantins (UFT) por meio de um <em>Podcast </em>semanal intitulado “Estudante Acima da Média”. A pesquisa realizada configura-se como exploratória, conduzida entre os meses de julho a dezembro de 2021. Inicialmente foi realizada uma pesquisa diagnóstica com a participação de 59 estudantes a fim de coletar informações para a determinação dos temas e ações que seriam desenvolvidos, a partir deste momento os episódios do <em>Podcast</em> foram sendo elaborados semanalmente por meio do aplicativo <em>Anchor</em> e posteriormente incluido em serviços de <em>streaming</em> de áudio de forma gratuita. Foram produzidos 20 episódios. De acordo com as métricas da plataforma, 366 pessoas reproduziram os episódios. O público do <em>Podcast</em> foi composto por 53% de homens, 34% de mulheres e 12% não especificado. A maior parte dos ouvintes (60%) se concentrou na faixa etária entre 23 e 34 anos de idade. Os quatro episódios mais assistidos foram desmistificando a cinesiologia e biomecânica (98 reproduções); Fisiologia (31 reproduções); Organização da vida de estudos (31 reproduções); e Desmistificando a Anatomia (23 reproduções). Os ouvintes e estudantes aprovaram a iniciativa e foram beneficiados com o trabalho desenvolvido.</p> 2022-04-25T16:06:08-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14228 RELATO DE EXPERIÊNCIA COMO TUTORA NO CECLLA IPEL 2022-04-25T17:13:41-03:00 Cassiane Oliveira de Souza Gomes cassianeods@gmail.com <p>Relatar experiências é uma oportunidade que temos de expor os conhecimentos adquiridos e ao mesmo tempo, um meio de abrir discussões que contribuam para o aprimoramento do nosso trabalho. Com esse duplo objetivo, relatamos neste texto os resultados de nossa atuação em tutoria no CECLLA IPEL. Com foco nas “Inovações Pedagógicas no Ensino de Línguas”, auxiliamos as monitoras, no curso de leitura e produção textual de Língua Portuguesa, sendo ministrado de agosto a dezembro de 2021, cujas aulas acontecem em duas turmas, duas vezes por semana com duas horas de duração cada, de forma totalmente <em>online</em> via <em>google meet.</em></p> 2022-04-25T16:08:05-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/14364 ESTRATÉGIAS DIGITAIS PARA INOVAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA NAS MONITORIAS ACADÊMICAS DO CICLO BÁSICO DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFT 2022-05-09T17:45:23-03:00 Stefani Carolline Leal de Freitas stefaniclf@uft.edu.br Marilene Mantovani marilene.mantovani@uft.edu.br Regiani Barbazelli regiani@uft.edu.br Paulo Vitoriano Pereira paulovitoriano@uft.edu.br Danilo Nascimento danilo.nascimento@uft.edu.br Felipe Santos silva9felipe9@gmail.com Larissa Maria Silva larissa.peres@uft.edu.br Paulo Ricardo Silva paulo.alexandre@uft.edu.br Victor Alexandre Souza victoralexandre005@uft.edu.br Vinícius Barros vinicius_caina@live.com <p>As disciplinas do conteúdo matemático do Ciclo Básico do curso de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Tocantins (UFT) são fundamentais para o desenvolvimento do profissional a ser formado. Apesar da relevância, algumas dessas disciplinas estão entre aquelas que apresentam, estatisticamente, maior dificuldade de aprendizado.Neste sentido, este PIP teve como proposta a manutenção do auxílio de monitores à algumas disciplinas do conhecimento matemático e a criação de conteúdo para o perfil @matematicanaeletrica, no Instagram. O processo ensino-aprendizagem foi incrementado por meio de conteúdos que abordaram: recursos matemáticos aplicados à prática profissional; mapas mentais das disciplinas monitoradas; assuntos da matemática e elétrica, e lives com egressos do curso.</p> 2022-05-09T17:30:52-03:00 Copyright (c) 2022 Capim Dourado: Diálogos em Extensão