Atividade Física e Cognição para promoção da saúde de idosos: um relato de experiência no norte do Tocantins.

  • Adriano Filipe Barreto Grangeiro UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
  • Fabíola Andrade Pereira UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
  • Marilene Soares da Silva UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
  • Sâmara Adna Ribeiro Neves UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
  • Luana da Silva Carneiro UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
Palavras-chave: Pessoa idosa; Atenção integral ao idoso; Atividade Física para idoso; Cognição; Relações comunidade-instituição.

Resumo

Este artigo objetiva descrever um relato de experiência da implantação do Projeto de Extensão Atividade Física e Cognição com idosos do norte do Tocantins desenvolvido no período de setembro de 2016 a março de 2017 na Universidade Federal do Tocantins – Câmpus de Tocantinópolis. Com o crescimento acelerado de idosos no Brasil surgiu a necessidade da implementação de tal projeto apresentando-se como nova tendência em avanço nas Políticas Sociais que repercutiram em novos costumes e estilos de vida visando dessa forma, preservar a autonomia e independência com qualidade de vida dos participantes e reflexos esperados na saúde e na educação.

Biografia do Autor

Adriano Filipe Barreto Grangeiro, UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Professor da Universidade Federal do Tocantins – Câmpus de Tocantinópolis. Doutorando em Gerontologia da Universidade Católica de Brasília. Mestre em Saúde do Adulto e da Criança – Universidade Federal do Maranhão. Especialista em Gerontologia pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia. Bacharel em Fisioterapia e Licenciatura em Educação Física.  Membro do grupo de pesquisa: Envelhecimento Humano e Progero. Atua principalmente nos seguintes temas: Envelhecimento Humano, Atividade Física, Qualidade de Vida, Funcionalidade do idoso, Cognição e Envelhecimento, Distúrbio do Sono e Educação à Distância.

Fabíola Andrade Pereira, UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

 Professora do Curso de Pedagogia da Fundação Universidade Federal do Tocantins – Câmpus de Tocantinópolis. Graduação em Pedagogia. Especialista em Administração e Supervisão Escolar. Mestre em Educação. Doutora em Educação. Experiência na área de Educação atuando com os seguintes temas: Educação e Envelhecimento, Educação de Idosos,  Educação de Pessoas Jovens e adultos, Alfabetização e Letramento na Educação de Pessoas Jovens e adultos.

Marilene Soares da Silva, UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Professora do Curso de Educação Física da Fundação Universidade Federal do Tocantins – Câmpus de Tocantinópolis. Graduação em Pedagogia. Mestre em Letras, Literatura e Crítica Literária. Especialista em Tecnologias Educacionais.  Experiência na área da Educação atuando com os seguintes temas: Educação e Envelhecimento, Fundamentos e Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa, Leitura, Didática, Organização da Educação Básica e Estágio supervisionado.

Sâmara Adna Ribeiro Neves, UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Discente do 4º Período do Curso de Licenciatura em Educação Física da Fundação Universidade Federal do Tocantins – Câmpus de Tocantinópolis. Foi bolsista do Projeto de extensão Atividade Física e Cognição: Promoção da Saúde do Idoso em Tocantinópolis.

Luana da Silva Carneiro, UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

Discente do 4º Período do Curso de Licenciatura em Educação Física da Fundação Universidade Federal do Tocantins – Câmpus de Tocantinópolis. Aluna voluntária do  Projeto de extensão Atividade Física e Cognição: Promoção da Saúde do Idoso em Tocantinópolis.

Publicado
2018-01-30