A importância da utilização da espécie Acmella oleracea L.

Palavras-chave: benefício, jambu

Resumo

A utilização de espécies de plantas é o que mantém a sociedade em vários aspectos, usufruindo das propriedades benéficas que a biodiversidade oferece, incluindo entre ela a hortaliça Acmella oleracea L. conhecida popularmente como Jambu, sendo ele valor nutricional e comercial, extraída da flora. Desta forma, o trabalho visou caracterizar a importância desta espécie, mostrando suas propriedades em vários setores como funções nutritivas no alimento e cosmético. O artigo buscou fixar as principais benfeitorias através de revisões bibliográficas de determinados estudos entre eles, artigos, estudos de mestrados até doutorados, destacando a sua importância e como causa sua dormência. Com as revisões destes, foi possível notar que esta espécie de hortaliça é bastante estudada, pois possui substâncias essenciais que o corpo humano necessita, entre elas, vitaminas, cálcio, ferro e entre outros. A sua utilização trouxe para o estudo acadêmico uma visão diferente e complementar jamais vista em outras atividades.

Biografia do Autor

Sthefanie Felix da Rocha, Universidade Federal do Amazonas

Discente do Curso de Biologia e Química do Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente, Universidade Federal do Amazonas

Renato Abreu Lima, Universidade Federal do Amazonas

Docente do Curso de Biologia e Química do Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente, Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Referências

BERETTA, M.E. et al. A família Asteraceae no Parque Esta-dual de Itapuã, Viamão, Rio Grande do Sul, Brasil. Revista Brasileira de Biociências, Rio Grande do Sul, v.6, n.3, p.189-216, 19 abr. 2009.

CASTRO, K.N.C.; ANHOLETO, L.A. et al. Cytotoxic effects of extract of Acmella oleraceae (Jambu) in rhipicephalusmi-croplus females ticks. Microscopy research and technique. On-line. ago. 2016.

DEMETERCO, C. Slow food brasil Jambú. 2016. Disponível em: <http://www.slowfoodbrasil.com/arca-do-gosto/produtos-do-brasil/1123-jambu>. Acesso em: 16 maio 2019.

HOMMA, A.K.O. et al. Etnocultivo do Jambu para abasteci-mento da cidade de Belém, estado do Pará. Amazonia Cien-cia & Desenvolvimento, Belém, n.6, p.125-141, 12 jun. 2011.

HOMMA, A.K. O. História da agricultura na Amazônia: da era pré-colombiana ao terceiro milênio. Brasília, DF: Em-brapa Informação Tecnológica, 2003. 274 p. Disponível em: http://pt.espacenet.com. Acesso em: 18 mai. 2019.

HOMMA, A.K.O. "Plant extractivism or plantation: what is the best option for the Amazon?" Estudos Avançados. 2012; v.26, n.74, p.167-186.

FREITAS BLANCO, V.S., FRANZ-MONTAN, M. et al. Development and evaluation of a novel mucoadhesive film containing Acmella oleracea extract for oral mucosa topical anesthesia. PLOS ONE. On-line. set. 2016.

KENOBY. Tipos de entrevista: estruturada, semiestruturada e não estruturada. 2019. Disponível em: <http://www.kenoby.com/blog/tipos-de-entrevista/>. Aces-so em: 18 maio 2019.

SILVA, A.A.; ANDRADE, L.H.C. Utilização de espécies de Asteraceae por comunidades rurais do nordeste do Brasil: relatos em Camocim de São Félix, Pernambuco. Biotemas, [s.l.], v.26, n.2, p.94-102, 4 mar. 2013. Universidade Fede-ral de Santa Catarina (UFSC). http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n2p93.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Manual operacional para comitês de ética em pesquisa. Brasília: Conselho Nacional de Saúde, 2002.

MOURA, I.O.; GOMES-KLEIN, V.L.; FELFILI, J.M., FERREIRA, H.D. 2010. Diversidade e estrutura comunitá-ria de cerrado sensu stricto em afloramentos rochosos no Parque Estadual, Goiás. Revista Brasileira de Botânica, v.33, n.3, 455-467.

NAKAJIMA, J.N.; PACHECO, R.A. A família Asteraceae na Serra dos Pireneus, Goiás, Brasil. 2014. 181 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Biologia Vegetal, Programa de Pós-graduação, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlância, 2014.

POLTRONIERI, M.C., MÜLLER, N.R.M., POLTRONIERI, L.S. Recomendações para a produção de jambu: cultivar Na-zaré. Embrapa Amazônia Oriental, 2000.

STANISKI, A., FLORIANI, N., STRACHULSKI, J. 2014. Estudo etnobotânico de plantas medicinais na comunidade faxinalense Sete Saltos de Baixo, Ponta Grossa – PR. Terr@Plural, v.8, p.321-240.

Publicado
2019-12-31
Como Citar
Santos, C. P. dos, Nina, M. M., Rocha, S. F. da, & Lima, R. A. (2019). A importância da utilização da espécie Acmella oleracea L . Journal of Biotechnology and Biodiversity, 7(4), 481-485. https://doi.org/10.20873/jbb.uft.cemaf.v7n4.santos