PROCESSOS DE CONVERGÊNCIA DIGITAL E ESTRATÉGIAS MIDIÁTICAS NA CRIAÇÃO DE VALOR: um estudo da Revista Exame

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20873/uft.2447-4266.2017v3n3p285

Palavras-chave:

Jornalismo, convergência, dispositivos digitais, valor, revista

Resumo

Com a intensificação dos processos midiáticos no ambiente digital, as organizações jornalísticas precisam desenvolver novas estratégias para criar valor tanto para a empresa como para seus consumidores. Este artigo discorre sobre os conceitos de convergência digital e criação de valor para aplicá-los no caso da Revista Exame, um exemplo de reestruturação de lógica comunicacional a partir do desenvolvimento de novas ferramentas e plataformas para impulsionar o consumo de seus produtos. Também pretende-se verificar mudanças ocorridas na cadeia de produção, distribuição e consumo do meio impresso para os dispositivos digitais para aproximar a marca do público.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Egle Müller Spinelli, Escola Superior de Propaganda e Marketing - ESPM/SP

Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (ECA/USP), mestre em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e graduada em Comunicação Social (Jornalismo) pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Docente da Escola Superior de Propaganda em Marketing (ESPM) do curso de graduação em jornalismo e do mestrado profissional em produção jornalística e mercado (MPPJM). E-mail: egle.spinelli@gmail.com.

Mariana Benvenido, Escola Superior de Propaganda e Marketing - ESPM/SP

Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação Profissional em Produção Jornalística e Mercado da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-SP). Graduada em Jornalismo pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). E-mail: mbenvenido@gmail.com.  

Referências

ANDERSON, Christopher W.; BELL, Emily; SHIRKY, Clay. Jornalismo pós-industrial. Revista de Jornalismo da ESPM, São Paulo, n. 5, pp. 49-51, 2013.

ALI, Fátima. A Arte de editar revistas. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2009.

BARSOTTI, Adriana. Jornalismo em Mutação. Do cão de guarda ao mobilizador de audiência. Florianópolis: Insular.2014

COSTA, Caio Túlio. Um modelo de negócio para o jornalismo digital. Revista de Jornalismo ESPM, São Paulo, n. 9, pp. 51-115, 2014.

FREIRE, Marcelo. Revistas digitais: um produto entre inovações e adaptações. In: CANAVILHAS, João; SATUF, Ivan. Jornalismo para dispositivos móveis: produção, distribuição e consumo. Covilhã: UBI, LabCom, Livros LabCom, 2015.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2009.

LEMOS, A. Mídias Locativas e Territórios Informacionais. In: SANTAELLA, L., ARANTES, P. (orgs.) Estéticas Tecnológicas. Novos Modos de Sentir. São Paulo: Educ, 2008.

NATANSOHN, L. Graciela; CUNHA, Rodrigo. O jornalismo de revista no cenário da mobilidade. Revista Prisma.com. Especial Ciberjornalismo, n. 12, 2010. Disponível em: http://revistas.ua.pt/index.php/prismacom/article/view/758/685. Acesso em: 10 out. 2016.

PICARD, Robert. Criação de valor e o futuro das organizações jornalísticas: por que motivo e como o jornalismo deve mudar para se manter relevante no século XXI. Porto: Editora Media XXI, 2013.

PRADO, José Luiz Aidar. Convocações nas revistas e construção do a mais nos dispositivos midiáticos. Revista Matrizes. São Paulo: USP, ano 3, n. 2, 2010. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/matrizes/article/viewFile/38259/41057. Acesso em 18 nov. 2016.

SAAD, Beth. Estratégias de conteúdo para meios digitais. In: QUADROS, Claudia; CAETANO, Kati; LARANGEIRA (orgs.). Jornalismo e convergência: ensino e práticas profissionais. Portugal: Livros LabCom, 2011.

SALAVERRÍA, Ramón. Los medios de comunicación ante la convergencia digital. Actas del I Congreso Internacional de Ciberperiodismo y Web 2.0. Bilbao, 11-13 nov 2009.

SCHEIN, Edgar H.. Cultura organizacional e liderança. São Paulo: Atlas, 2009.

SERVA, Leão. A desintegração do jornais. São Paulo: Ed. Reflexão, 2014.

SHIRKY, Clay. A cultura da participação: criatividade e generosidade no mundo conectado. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

VALERIO, Andréa. Transição do impresso para digital é a principal discussão do Digital Day. Propmark, 11 de junho de 2015. Disponível em: http://propmark.com.br/mercado/transicao-do-impresso-para-digital-e-a-principal-discussao- do-digital-day. Acesso em: 15 out. 2016.

Publicado

2017-05-01

Como Citar

SPINELLI, Egle Müller; BENVENIDO, Mariana. PROCESSOS DE CONVERGÊNCIA DIGITAL E ESTRATÉGIAS MIDIÁTICAS NA CRIAÇÃO DE VALOR: um estudo da Revista Exame. Revista Observatório , [S. l.], v. 3, n. 3, p. 285–304, 2017. DOI: 10.20873/uft.2447-4266.2017v3n3p285. Disponível em: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/3067. Acesso em: 18 jul. 2024.