Formação de professores na contemporaneidade: considerações reflexivas no âmbito da Universidade Federal do Tocantins

  • Maria José de Pinho Universidade Federal do Tocantins
  • Juliane Gomes de Sousa Universidade Federal do Tocantins
  • Tatiane da Costa Barros Universidade Federal do Tocantins
Palavras-chave: Universidade, Universidade. Formação de professores. Contemporaneidade., Formação de professores, Contemporaneidade

Resumo

O presente artigo é fruto das discussões realizadas no GT do Curso de Pedagogia durante o II Fórum das Licenciaturas da Universidade Federal do Tocantins, com o tema “Os novos desafios curriculares: a formação de professores em discussão”. O texto tem por objetivo trazer à tona algumas reflexões acerca do papel da universidade na formação de professores frente aos novos desafios para o Ensino Superior. O procedimento adotado para o alcance do objetivo caminha pela abordagem qualitativa e de caráter bibliográfico. No bojo dos levantamentos e questionamentos apresentados, buscou-se provocar reflexões no sentido de contribuir com as discussões acerca do papel da Universidade no contexto das mudanças atuais. Com isso, é evidenciado que o papel da Universidade na formação de professores na sociedade do conhecimento, deve encaminhar-se para intensas transformações, o que a direciona para uma atitude de vigilância quanto a sua missão, nessa era que exige uma formação cada vez mais condizente com as novas demandas oriundas do contexto social.

Palavras- chave: Universidade. Formação de professores. Contemporaneidade.

ABSTRACT

This article is the result of discussions held in the Pedagogy course of GT during the II Forum of Undergraduate the Federal University of Tocantins, with the theme "The new curriculum challenges: the training of teachers in discussion." The text aims to bring to light some reflections on the role of the university in the training of teachers facing new challenges for higher education. The procedure adopted for the purpose of reaching walks the qualitative approach and bibliographic. In the midst of the submitted surveys and questions, we sought to provoke reflections to contribute to discussions about the role of the University in the context of current changes. Thus, it is evident that the role of the University in teacher education in the knowledge society, should be heading to intense transformations, which directs for vigilance as its mission, in this era that requires training increasingly consistent with the new demands from the social context.

Keywords: University. Teacher training. Contemporaneity

 

RESUMEN

Este artículo es el resultado de los debates en curso de educación WG durante el II Foro de Pregrado de la Universidad Federal de Tocantins, con el tema "Los nuevos desafíos del plan de estudios: la formación de los profesores en la discusión." El texto tiene como objetivo dar a conocer algunas reflexiones sobre el papel de la universidad en la formación de los profesores se enfrentan a nuevos retos para la educación superior. El procedimiento adoptado con el propósito de alcanzar camina el enfoque cualitativo y bibliográfica. En medio de las encuestas y las preguntas presentadas, hemos tratado de provocar reflexiones para contribuir a las discusiones sobre el papel de la Universidad en el contexto de los cambios actuales. Por lo tanto, es evidente que el papel de la Universidad en la formación docente en la sociedad del conocimiento, debe ser de dirigirse a intensas transformaciones, que dirige a la vigilancia como misión, en esta época que requiere una formación cada vez en consonancia con las nuevas exigencias del contexto social.

Palabras clave: Universidad. Formación de profesores. contemporaneidad

Biografia do Autor

Maria José de Pinho, Universidade Federal do Tocantins

Possui graduação em História e graduação em Pedagogia. Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (1995) e Doutorado em Educação e Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004). É professora Associado e atualmente é Bolsista Produtividade do CNPq categoria 2. Professora no Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Ensino de Língua e Literatura. Também é professora no Programa de Pós-Graduação Mestrado em Educação a partir de 2012

Juliane Gomes de Sousa, Universidade Federal do Tocantins

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Tocantins (2015). Mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Tocantins – PPGE – UFT

Tatiane da Costa Barros, Universidade Federal do Tocantins

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Tocantins. Pós-graduada em Educação Rural pela U. F T. Membro da Rede Internacional de Escolas Criativas - RIEC. Mestranda em Educação pela U.F.T

Referências

BARRETO; Sidirley de Jesus; HERMIDA, Jorge Fernando Aveiro; SOUSA, Clóvis Arlindo de. A criatividade como suporte da aprendizagem no ensino superior do século XXI. In: ZWIEREWICZ, Marlene (coord.). Criatividade e inovação no ensino superior. Blumenau, SC: Nova Letra, 2013, p. 83 – 100.

BRASIL. Resolução Nº 2, DE 1º DE JULHO DE 2015. (Define as Diretrizes Curriculares para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada). Brasília, MEC/CNE, 2015.

CATÁLOGO DE CURSOS DA UFT. Palmas, 2015. Disponível em: http://ww1.uft.edu.br/index.php/ensino/graduacao/catalogo-de-cursos. Acesso em: 15/03/2016.

DELORS, Jacques. Educação um tesouro a descobrir. Brasília: Cortez, 2012.
NICOLESCU, Basarab. O Manifesto da Transdisciplinaridade. Tradução de Lucia Pereira de Souza. São Paulo: TRIOM, 1999.

IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a
incerteza. 9.ed. São Paulo: Cortez, 2011.

LIBÂNEO, José Carlos. Conteúdos, formação de competências cognitivas e ensino com pesquisa: unindo ensino e modos de investigação. Cadernos de Pedagogia Universitária. 2009. Disponível em: www.prpg.usp.br/prpg/attachments/article/640/caderno_11_PAE.pdf. Acesso: 05 out. de 2016.

MORIN, Edgar. A cabeça bem feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. 7. ed. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 2002.

NÓVOA. A. Formação de Professores e profissão docente. In A. Nóvoa (coord.) (1997). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 3 ed. 1997.

________. Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote. Instituto de Inovação Educacional, 1992.

________. Formação de Professores e Qualidade do Ensino. Revista Aprendizagem: a revista da prática pedagógica. v.1, n.2, set/out, 2007.

PEREIRA, Fabíola Andrade; PINHO, Maria José de. Política de formação docente do curso de Pedagogia- PARFOR: construindo novas possibilidades. In: NETO; Armindo Quillici Neto; SILVA, Fernanda Duarte Araújo; SOUZA, Vilma Aparecida (orgs.). Formação de professores: perspectivas e contradições. Uberlândia: Composer, 2015.

PIMENTA, Selma Garrido. ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos. Docência no Ensino Superior. São Paulo: Cortez, 2002.


SANTOS, Boaventura de Souza. A universidade do Século XXI: para uma reforma democrática e emancipatória. São Paulo: Cortez, 2004.

ZABALZA, Miguel A. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre: Editora Artmed, 2004.
Publicado
2016-11-23
Como Citar
de Pinho, M. J., de Sousa, J. G., & Barros, T. da C. (2016). Formação de professores na contemporaneidade: considerações reflexivas no âmbito da Universidade Federal do Tocantins. DESAFIOS - Revista Interdisciplinar Da Universidade Federal Do Tocantins, 3(2), 43-50. https://doi.org/10.20873/uft.2359-3652.2016v3n2p43
Seção
Artigos