FORMAÇÃO COMPARTILHADA DE PROFESSORES NA PRISÃO: atrelando formação inicial e continuada

  • Darlene Ribeiro da Silva Universidade Federal do Tocantins
  • Luciana Conceição da Silva Universidade Federal do Tocantins
  • Taila Silva Alves Universidade Federal do Tocantins
  • Aline Campos Universidade Federal do Tocantins

Resumo

O presente trabalho apresenta e analisa a experiência de execução do projeto de extensão intitulado “Apoio às aulas regulares na cadeia pública de Tocantinópolis”. Tal projeto foi realizado mediante a parceria realizada entre a Universidade Federal do Tocantins e a Cadeia Pública de Tocantinópolis, tendo por objetivo oferecer aos professores que atuam nesta unidade prisional suporte na realização de suas aulas. Para o desenvolvimento do projeto a Universidade se colocou à disposição dos professores a fim de que estes apresentassem suas demandas. A partir das demandas apresentadas, o projeto estruturou e promoveu oficinas de apoio às aulas regulares com o objetivo de auxiliar os professores no processo de inserção no espaço prisional e na aproximação com as especificidades deste contexto. O projeto foi realizado semanalmente e contou com a participação de quatro graduandas, responsáveis pela execução das oficinas. A experiência foi considerada satisfatória, pois os alunos participaram, questionaram e se envolveram na realização das oficinas.  Além disso, foi propiciada uma formação compartilhada entre professores e as graduandas do projeto, atrelando-se, assim, formação inicial e continuada.

 

PALAVRAS-CHAVE: Espaço de privação de liberdade. Educação de Jovens e Adultos. Educação Escolar.

 

 

ABSTRACT

This paper presents and analyzes the experience of executing the extension project entitled “Support for regular classes in the public chain of Tocantinópolis”. This project was carried out through a partnership between the Federal University of Tocantins and the Public Prison of Tocantinópolis, with the objective of offering teachers who work in this prison unit support in the realization of their classes. For the development of the project, the University made itself available to teachers in order for them to present their demands. Based on the demands presented, the project structured and promoted workshops to support regular classes in order to assist teachers in the process of insertion in the prison space and in approaching the specificities of this context. The project was carried out weekly and had the participation of four undergraduate students, responsible for the execution of the workshops. The experience was considered satisfactory, as the students participated, questioned and were involved in conducting the workshops. In addition, training was provided between teachers and the project's undergraduate students, thus linking up with initial and continuing training.

 

KEYWORDS: Space of deprivation of liberty. Youth and Adult Education. Schooling.

 

 

RESUMEN

Este artículo presenta y analiza la experiencia de ejecutar el proyecto de extensión titulado "Apoyo a clases regulares en la cadena pública de Tocantinópolis". Este proyecto se llevó a cabo a través de una asociación entre la Universidad Federal de Tocantins y la Prisión Pública de Tocantinópolis, con el objetivo de ofrecer a los maestros que trabajan en esta unidad penitenciaria apoyo en la realización de sus clases. Para el desarrollo del proyecto, la Universidad se puso a disposición de los docentes para que pudieran presentar sus demandas. En base a las demandas presentadas, el proyecto estructuró y promovió talleres para apoyar las clases regulares con el fin de ayudar a los maestros en el proceso de inserción en el espacio de la prisión y en abordar las especificidades de este contexto. El proyecto se realizó semanalmente y contó con la participación de cuatro estudiantes de pregrado, responsables de la ejecución de los talleres. La experiencia se consideró satisfactoria, ya que los estudiantes participaron, cuestionaron y participaron en la realización de los talleres. Además, la capacitación se compartió entre los maestros y los estudiantes de pregrado del proyecto, vinculando así con la capacitación inicial y continua.

 

PALABRAS CLAVE: Espacio de privación de libertad. Educación de jóvenes y adultos. Educación escolar

Biografia do Autor

Darlene Ribeiro da Silva, Universidade Federal do Tocantins

Pedagoga, Universidade Federal do Tocantins (UFT). Tocantinópolis, TO, lennypeka09@gmail.com

Luciana Conceição da Silva, Universidade Federal do Tocantins

Graduanda em Ciências Sociais, Universidade Federal do Tocantins (UFT). Tocantinópolis, TO, luciana.conceicao@mail.uft.edu.br.

Taila Silva Alves, Universidade Federal do Tocantins

Graduanda em Pedagogia, Universidade Federal do Tocantins (UFT). Tocantinópolis, TO, taylasilva95@gmail.com.

Aline Campos, Universidade Federal do Tocantins

Doutoranda em Educação, Universidade Federal da Paraíba (UFPB). João Pessoa, PB, alinecampos@uft.edu.br

Referências

CAMPOS, Aline. Educação, escola e prisão: o “espaço de voz” de educandos do centro de ressocialização de Rio Claro/SP. 2015. 277 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestre em Educação do Programa de Pós Graduação em Educação, Universidade Federal de São Carlos – UFSCar, São Carlos, 2015.

DE MAEYER, Marc De. A educação na prisão não é uma mera atividade. Educação & Realidade, Porto Alegre, v.38, n.1, p.33-49, jan./mar. 2013.

ONOFRE, Elenice Maria Cammarosano. Educação Escolar na Prisão: O olhar de alunos e professores. Jundiaí: Paco Editorial, 2014

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 50ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.

RANGEL, Hugo. Mapa regional latino-americano sobre educación en prisiones: Notas para el análisis de la situación y la problemática regional. Centre international d’études pédagogiques (CIEP), 2009.

SANTOS, Willian Lima. O papel do pedagogo dentro do sistema penitenciário. Rios Eletrônica: Revista Científica da Faculdade Sete de Setembro, Paulo Afonso, BA: FASETE v. 9, n. 9, p.102-113, dez. 2015. Anual.

Publicado
2019-09-01
Como Citar
Silva, D. R. da, Silva, L. C. da, Alves, T. S., & Campos, A. (2019). FORMAÇÃO COMPARTILHADA DE PROFESSORES NA PRISÃO: atrelando formação inicial e continuada . Capim Dourado: Diálogos Em Extensão, 2(3), 22-32. Recuperado de https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/capimdourado/article/view/8379

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)