Algumas aplicações da Inteligência Artificial em Biotecnologia

Palavras-chave: Aplicações de Redes Neurais, Perceptrons, Lógica Difusa, Redes Neurais Artificiais

Resumo

O presente trabalho é uma revisão sobre redes neurais. Inicialmente apresenta uma breve introdução a redes neurais, lógica difusa, um breve histórico, e aplicações de Redes Neurais em Biotecnologia. As subáreas escolhidas para aplicação das redes neurais são, Otimização da Fermentação no Estado-Sólido, Sequenciamento de DNA, Análise Molecular Sequencial, Relação Quantitativa Strutura-Atividade, Sensores inteligentes, Interpretação de espectros, Mineração de Dados, sendo que cada um usa um tipo especial de rede neural, tais como feed forward, recorrente, siamesa, art, entre outros. Aplicações de Redes Neurais em interpretação de espectros e Relação Quantitativa Estrutura-Atividade, como uma aplicação direta à química e consequentemente também para a Bioquímica e Biotecnologia. Os sensores Inteligentes são um exemplo especial de aplicação em Biotecnologia. É um método de medir variáveis que normalmente não podem ser medidas de forma direta. Fermentações no Estado-sólido foram otimizadas e, apresentaram como resultado um forte aumento do rendimento na produção final.

Publicado
2014-02-04
Como Citar
Strapasson, R. A., Woiciechiwski, A. L., Letti, L. A. J., & Soccol, C. R. (2014). Algumas aplicações da Inteligência Artificial em Biotecnologia. Journal of Biotechnology and Biodiversity, 5(1), 1-11. https://doi.org/10.20873/jbb.uft.cemaf.v5n1.strapasson

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)