A importância das intervenções psicopedagógicas com crianças autistas nas instituições clínicas

Autores

  • Claudenira Rodrigues Cardoso Faculdade de Ensino Superior do Piauí - FAESPI
  • Cristina Danielle de Lira Luz Faculdade de Ensino Superior do Piauí - FAESPI

DOI:

https://doi.org/10.20873/RELPE.2447-6293.e202306

Palavras-chave:

Psicopedagogia, Clínica, Autismo

Resumo

A psicopedagogia é uma área científica que engloba saberes da área da pedagogia, psicologia, linguística, neurologia, psicanálise, entre outros. Ela pode ser encontrada em escolas, empresas, clínicas e hospitais, tanto em intervenções preventivas como de tratamento. O objetivo deste trabalho é unir informações sobre a psicopedagogia e suas intervenções com as crianças com Transtorno do Espectro Autista, nas instituições clínicas. Alguns autores foram base para essa pesquisa como Bossa (2017), Rotta, Ohlweiler e Riesgo (2006), Rodrigues e Spencer (2015). Trata-se de uma pesquisa bibliográfica e sistemática, com o objetivo de unir, de forma organizada, as ideias encontradas em artigos e livros sobre o tema em questão. Os artigos foram selecionados nas plataformas Scielo, Pepsic e Google Acadêmico. E podemos concluir que a intervenção realizada pelo psicopedagogo com crianças com Transtorno do Espectro Autista é muito importante para seu desenvolvimento físico, cognitivo e social.

Biografia do Autor

Claudenira Rodrigues Cardoso, Faculdade de Ensino Superior do Piauí - FAESPI

A psicopedagogia é uma área científica que engloba saberes da área da pedagogia, psicologia, linguística, neurologia, psicanálise, entre outros. Ela pode ser encontrada em escolas, empresas, clínicas e hospitais, tanto em intervenções preventivas como de tratamento. O objetivo deste trabalho é unir informações sobre a psicopedagogia e suas intervenções com as crianças com Transtorno do Espectro Autista, nas instituições clínicas. Alguns autores foram base para essa pesquisa como Bossa (2017), Rotta, Ohlweiler e Riesgo (2006), Rodrigues e Spencer (2015). Trata-se de uma pesquisa bibliográfica e sistemática, com o objetivo de unir, de forma organizada, as ideias encontradas em artigos e livros sobre o tema em questão. Os artigos foram selecionados nas plataformas Scielo, Pepsic e Google Acadêmico. E podemos concluir que a intervenção realizada pelo psicopedagogo com crianças com Transtorno do Espectro Autista é muito importante para seu desenvolvimento físico, cognitivo e social.

Referências

ARAÚJO, P. F. C. A psicopegagogia seria uma possibilidade para o enfrentamento das dificuldades de aprendizagem? 2014. Disponível em: http://tede.metodista.br/jspui/handle/tede/1025. Acesso em: 22 nov. 2022.

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCIATION. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-5. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2014.

BOSSA, N. A. A psicopedagogia no Brasil: contribuições a partir da prática. 4. ed. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2011.

BRASIL. Presidência da República. Lei nº 12.764, de 27 de dezembro de 2012. Institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista; e altera o § 3º do art. 98 da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12764.htm. Acesso em: 22 nov. 2022.

DAMBROS, A. R. T. Intervenção psicopedagógica: mediação para o desenvolvimento da criança autista. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 8, n. 2, p. 11795-11890, 2022.

DELABETHA, A.; COSTA, G. M. T. Psicopedagogia e suas áreas de atuação. Rev. de Educação do Ideau, v. 9, n. 20, 2014.

DELABETHA, A.; COSTA, G. M. T. Psicopedagogia e suas áreas de atuação. Revista

de Educação do Ideal (REI), v. 9, n. 20, jul./dez. 2014.

GADIA, C. Aprendizagem e autismo. In: ROTTA, N.; OHLWEILER, L.; RIESGO, R. Transtornos de aprendizagem: abordagem neurobiológica e multidisciplinar. Porto Alegre: Artmed, 2006.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas de pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Rio Grande do Sul: Universidade FEEVALE, 2013.

SANTOS, D. Contribuições da psicopedagogia clínica na dificuldade de leitura: um relato de caso clínico. 2017. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/15523?locale=pt_BR. Acesso em: 22 nov. 2022.

RODRIGUES, J. M. C.; SPENCER, E. A criança autista: um estudo psicopedagógico. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2014.

SAMPAIO, R. F.; MANCINI, M. C. Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Rev. Bras. Fisioter., São Carlos, v. 11, n. 1, 2007.

SOUZA, E. R. A. O autismo e a intervenção psicopedagógica: um estudo de caso. 2018. 40f. Monografia (Licenciatura em Pedagogia) – Universidade Estadual da Paraíba.

TRINDADE, L. P. O. R. Atuação dos profissionais psicopedagogos e a interdisciplinaridade. Rev. da Graduação em Psicologia da PUC, Belo Horizonte, v. 5, n. 9, 2020.

VIANNA, C. T. Classificação das pequisas cientificas: notas para alunos. 2013. Disponível em: http://www.tabajara.tv/wp/wp-content/uploads/2016/01/MY-Classifica%C3%A7%C3%A3o-dos-tipos-de-pesquisa-QUADRO-RESUMO-V31.pdf. Acesso em: 22 nov. 2022.

Downloads

Publicado

2023-07-30

Como Citar

CARDOSO, Claudenira Rodrigues; LUZ, Cristina Danielle de Lira. A importância das intervenções psicopedagógicas com crianças autistas nas instituições clínicas. RELPE: Revista Leituras em Pedagogia e Educação, [S. l.], v. 7, n. 1, p. e202306, 2023. DOI: 10.20873/RELPE.2447-6293.e202306. Disponível em: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/relpe/article/view/15212. Acesso em: 21 fev. 2024.