Educação Infantil inclusiva: a importância da capacitação de toda equipe pedagógica

Autores

  • Robson Carlos da Silva Universidade Federal do Tocantins (UFT)
  • George França dos Santos Universidade Federal do Tocantins (UFT)

DOI:

https://doi.org/10.20873/RELPE.2447-6293.e202303

Palavras-chave:

Educação Inclusiva. Infantil. Equipe pedagógica.

Resumo

Ter uma escola adequada e preparada é de extrema importância para que alunos especiais possam ser incluídos na esfera do ensino assim como os outros. As adaptações a serem feitas juntamente com o apoio multidisciplinar ajuda a elevar a melhora no tratamento do aluno, trazendo consigo inúmeros benefícios. O trabalho vem apresentar os mecanismos que podem ser feitos para que a inclusão dos alunos especiais nas escolas de Ensino Infantil seja efetivada de forma positiva, haja vista que a realidade atual não é favorável a esses indivíduos, pois o preconceito ainda é existente. Discute-se qual o papel que a equipe pedagógica possui no processo de inclusão de alunos especiais na Educação Infantil. A metodologia constou de uma revisão da literatura, baseada em livros, periódicos e artigos científicos. A coleta de dados se deu entre os períodos de setembro e outubro de 2022 em banco de dados tais como Scielo e Google Acadêmico. Nos resultados encontrados, ficou evidente constatar que esses profissionais, devem se basear no sentido de que a inclusão educativa seja sempre exercida diariamente na escola, ou seja, são eles os responsáveis em fazer com que a escola seja inclusiva.

Referências

COSMO, Rita Reni. Incluir: é hora de aprender. Cascavel: Secretaria de Estado e Educação, 2009.

CRUVINEL, Alice Conceição Rosa. A necessidade de um psicopedagogo na escola. Cadernos da Fucamp, v.13, n.19, p. 95-105/2014.

FIGUEIREDO, R. V. A educação infantil e a inclusão escolar. Heterogeneidade, cultura e educação. Revista Brasileira de Educação, Brasília: SEE, v.15, n.1, jan.-abr. 2011.

MRECH, Leny. O que é educação inclusiva? Revista Integração. MEC: Brasília, v. 8, n.20, 1998.

MIRANDA, Maria Augusta Mota. A importância do psicopedagogo na instituição escolar. 2016. Disponível em: http://www.psicopedagogiabrasil.com.br/artigos.htm. Acesso em: 25 jun. 2021.

PAULA, Ana Rita de; COSTA, Carmem Martini. A hora e a vez da família em uma sociedade inclusiva. Brasília: MEC, 2007.

PAULINA, Iracy. A inclusão de crianças com deficiência física. 2006. Disponível em: http://revistaescola.abril.com.br/formacao/obstaculos-saber-424567.shtml. Acesso em: 22 out. 2022.

SASSAKI, R. Entrevista especial à Revista Integração. Revista Integração. MEC: Brasília, v.8, n. 20, 1998.

SILVA, Flavia Natalia Ramos da; VOLPINI, Maria Neli. Inclusão escolar de alunos com deficiência física: conquistas e desafios. Cadernos de Educação: Ensino e Sociedade, Bebedouro – SP, 2014.

SOUSA, Eliza Martins de; TAVARES, Helenice Maria. Acessibilidade da Criança com Deficiência Física na Escola. 2011. Disponível em: http://catolicaonline.com.br/revistadacatolica2/artigosn4v2/19-pedagogia.pdf. Acesso em: 22 out. 2022.

SOARES, Matheus; SENA, Clério Cezar Batista. A contribuição do psicopedagogo no contexto escolar. 2017. Disponível em: https://stimulus7.webnode.com/_files/2000001956148463993/CONTRIBUI%C3%87%C3%83O%20DO%20PSICOPEDAGOGO%20NO%20CONTEXTO%20ESCOLAR.pdf. Acesso em: 23 out. 2022.

VERCELLI, Ligia de Carvalho Abões. O trabalho do psicopedagogo institucional. Revista Espaço Acadêmico, 12(139), 71-76. 2012.

Downloads

Publicado

2023-07-30

Como Citar

SILVA, Robson Carlos da; SANTOS, George França dos. Educação Infantil inclusiva: a importância da capacitação de toda equipe pedagógica. RELPE: Revista Leituras em Pedagogia e Educação, [S. l.], v. 7, n. 1, p. e202303, 2023. DOI: 10.20873/RELPE.2447-6293.e202303. Disponível em: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/relpe/article/view/15094. Acesso em: 21 fev. 2024.