METAPLASIA ÓSSEA DO ENDOMÉTRIO: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Palavras-chave: metaplasia, endométrio, osso, histeroscopia, fertilidade.

Resumo

Introdução: A metaplasia óssea do endométrio é uma doença rara, na qual ocorre formação de osso a partir de outro tipo de tecido.  Materiais e métodos: Foi realizada revisão a partir bases eletrônicas de dados bibliográficos da MEDLINE E LILACS, utilizando - se dos seguintes termos: metaplasia, óssea, endométrio, histeroscopia, fertilidade.  Revisão: A metaplasia óssea provavelmente tem origem em células estromais que sofrem calcificação e passam a produzir tecido ósseo. A análise genética do DNA pode confirmar se o material ósseo é proveniente da mãe ou do feto. O quadro clínico inclui metrorragia, irregularidade menstrual, dor pélvica, passagem de fragmentos ósseos e infertilidade secundária. A histeroscopia foi considerada padrão-ouro para diagnóstico e tratamento desta entidade. Conclusão: É fundamental que a metaplasia óssea seja investigada, principalmente para evitar uma histerectomia desnecessária.O prognóstico é bom, e as mulheres geralmente recuperam a fertilidade após um ano.     
Seção
Revisões de Literatura