HISTÓRIA PÚBLICA: a comunicação e a educação histórica

Palavras-chave: História Pública; Educação histórica e Comunicação; democratização e estigmatização, Historia Pública; Educación Histórica y Comunicación; democratización y estigmatización, Public History; Historical education and communication; Democratization and stigmatization

Resumo

Este artigo tem como proposta apresentar o conceito e as práticas de História Pública como um novo posicionamento da ciência histórica em diálogo com profissionais da comunicação, no sentido de produzir e divulgar as experiências humanas. Para isso, discute-se a origem do conceito de História Pública e as diferentes formas de educação histórica que a utilização das novas tecnologias podem proporcionar (dentre elas a internet). Nesse sentido, convida-se o leitor para a reflexão sobre as possibilidades de publicização e de democratização do conhecimento histórico e da cultura, ampliando-se a oportunidade de produção, de divulgação e de acesso do público a diferentes formas experiências no tempo. O artigo também intenciona chamar atenção dos profissionais que lidam com a História e com a Comunicação para os perigos de produções exclusivamente submetidas ao mercado que transformam a popularização da História no reforço de estigmas culturais.

Biografia do Autor

Marta Gouveia de Oliveira Rovai, Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL)

Professora Adjunta da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL/MG). Pós-doutorado em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF/RJ). Doutora em História Social pela Universidade de São Paulo (USP/SP). Membro da Rede Brasileira de História Pública. Líder do Grupo de Pesquisa História do Brasil: memória, cultura e patrimônio (UNIFAL/MG); pesquisadora do Núcleo de Estudos em História Oral (NEHO/USP) e do Laboratório de História Oral e Imagem (LABHOI/UFF). E-mail: martarovai@usp.br.

Referências

ALBIERI, Sara. História Pública e Consciência Histórica In ALMEIDA, Juniele R.; ROVAI, Marta G. O. Introdução à História Pública. São Paulo: Letra e Voz, 2011, p.19-30.

ALMEIDA, Juniele R.; ROVAI, Marta G. O. Introdução à História Pública. São Paulo: Letra e Voz, 2011.

CANCLINI, Néstor García. Culturas Híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: EDUSP, 1997.

LÈVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

__________. Inteligencia colectiva: por una antropologia del ciberespacio. Washington, 2004. Disponível em: . Acesso 12 de novembro de 2016.

NOIRET, Serge. História Pública digital. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v.11, n.1, p. 28-51, maio 2015.

QUEIROZ, Moema Nascimento. A Educação Patrimonial como Instrumento de Cidadania. Revista Museu. Disponível em .Acessado em 21 de novembro de 2016.

RÜSEN, JÖRN. Razão histórica, teoria da história: os fundamentos da ciência histórica. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2001.

SANTHIAGO, Ricardo. Duas palavras, muitos significados. Alguns comentários sobre a história pública no Brasil. In MAUAD, Ana M.; ALMEIDA, Juniele R.; SANTHIAGO, Ricardo. História Pública no Brasil: sentidos e itinerários. São Paulo: Letra e Voz, 2016.

SCHITTINO, Renata. O conceito de público e o compartilhamento da história In MAUAD, Ana M.; ALMEIDA, Juniele R; SANTHIAGO, Ricardo. História Pública no Brasil: sentidos e itinerários. São Paulo: Letra e Voz, 2016, p.40.
Publicado
2017-04-01
Como Citar
Rovai, M. (2017). HISTÓRIA PÚBLICA: a comunicação e a educação histórica. Revista Observatório, 3(2), 41-65. https://doi.org/10.20873/uft.2447-4266.2017v3n2p41
Seção
Dossiê Temático / Thematic dossier / Dossier temático