Propuesta de marco teórico para estudiar los RPST (I) Primera parte: Modelos tradicionales de RPST y nuevos enfoques

Resumo

Neste artigo revisamos os modelos tradicionais de análise dos riscos psicossociais (RPST) desenvolvidos a partir do conceito de estresse, proposto por H. Selye. Em seguida, são detalhados os conceitos teóricos que estão na base da nova abordagem dos riscos psicossociais no trabalho (RPST): o valor do trabalho humano, a lógica do modo de produção dominante, a evolução do processo de trabalho e a relação salarial. Por fim, assinalam-se as estreitas relações entre trabalho e saúde.

Biografia do Autor

Julio César Neffa, CONICET (Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas)

Investigador Superior del CONICET (Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas). Profesor en UNLP, UBA, UNNE y UNM

Publicado
2019-02-08
Seção
Artigos Teóricos e Empíricos