As imagens dos livros didáticos no ensino de Biologia: uma metodologia de compreensão e análise para o processo de aprendizagem no conteúdo de Bioquímica

Palavras-chave: Bioquímica, Imagens e Livro didático, imagens, livro didático

Resumo

Os elementos que compõem os livros didáticos são importantes para o aprendizado. O presente estudo tratou de analisar as imagens dos livros de Biologia, inseridas no conteúdo de Bioquímica, utilizados pelas escolas públicas do Ensino Médio no município de Porto Nacional – TO. Inicialmente, identificou-se as imagens com e sem valor didático, para tal foram classificadas em: decorativa, representacional, organizacional ou explicativa. Para verificação do valor didático considerou-se três princípios da teoria cognitiva, princípio da coerência, da sinalização e da contiguidade espacial percebendo-se a conformidade com os mesmos. Posteriormente, foram atribuídos às imagens o valor 0, quando não satisfazia nenhum critério, e os valores 1, 2, 3 e 4 quando satisfazia um, dois, três e quatro critérios, respectivamente. Por fim as mesmas foram categorizadas em: “com carga cognitiva baixa”, quando a elas fossem atribuídos valores 4, 3 ou 2, e “com carga cognitiva alta” às imagens com valores 1 ou 0. A maioria das imagens mostraram-se satisfatórias, obedecendo aos critérios investigados. Entretanto, um dos livros apresentou-se totalmente ausente de sinalização texto-imagem, sem contribuição para o conteúdo, e deficiente em imagens que evidenciem as características mais importantes, característica importante para direcionar o leitor para as informações relevantes no momento.

Palavras-chave: Bioquímica, imagens e livro didático.

 

ABSTRACT

The elements that make up the textbooks are important for learning. The present study was to analyze the images of the Biology books, inserted into the contents of Biochemistry, used by the public high schools in the municipality of Porto Nacional, TO. Initially, identified the images with and without educational value, for such were classified in: decorative, representational, explanatory or organizational. For verification of the didactic value was considered three principles of cognitive theory, principle of coherence, signaling and spatial contiguity, observing compliance of same. Subsequently, were assigned value 0 to the images that not satisfy any criterion, and values 1, 2, 3 and 4 when satisfied one, two, three and four, respectively. Finally, they were categorized in: “with low cognitive load”, when they were assigned values 4, 3, or 2, and “with high cognitive load”, to images with value 1 or 0. Most of the images were satisfactory, according to the investigated criteria. However, one of the books featured completely out of text-image signal, without contributing to the content, and deficient in mages showing the most important features, important feature to direct the reader to the relevant information at the time.

Keywords: Biochemistry, images and textbook.

 

RESUMEN

Los elementos que componen los libros son importantes para el aprendizaje. El presente estudio fue analizar las imágenes de los libros de biología, inserta en el contenido de la asignatura Bioquímica, utilizada por las escuelas públicas secundaria en la ciudad de Porto Nacional. Inicialmente, se identificaron las imágenes con y sin un carácter didáctico, para tales fueron clasificados en: decorativo, representación organizacional o explicativa. Para la verificación de manera didáctica se considera tres principios de la teoría cognitiva, principio de coherencia, la señalización y la contigüidad espacial la realización de sí mismo para cumplir con la misma. Posteriormente fueron asignadas a las imágenes el valor 0, cuando no se cumple ninguno de los criterios y los valores 1, 2, 3 y 4 cuando esté satisfecho de uno, dos, tres y cuatro criterios, respectivamente. Por último se clasifican en: "con la carga cognitiva baja", cuando fueron asignados valores 4, 3 o 2, y "con alta carga cognitiva" a imágenes con valores de 1 o 0. La mayoría de las imágenes se muestran a ser satisfactorio, obedeciendo los criterios investigados. Sin embargo, uno de los libros estaba totalmente ausente del relación texto-imagen, sin contribuir al contenido, y deficiente en imágenes que revelan las características más importantes, característica importante para dirigir al lector a la información pertinente en el momento.

Descriptores: Bioquímica, imágenes y textos

Referências

BADZINSKI, C. HERMEL, E. E. S. 2015. A representação da genética e da evolução através de imagens utilizadas em livros didáticos de Biologia. Revista Ensaio, 17(2): 434-454.

BRASIL, Ministério da Educação (MEC), Secretaria de Educação Média e Tecnológica (Semtec). 2002. PCN+ Ensino médio: orientações educacionais complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais – Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Disponível em: http://portal. mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/CienciasNatureza.pdf. Acesso em: 03/06/2015.

BARRASS, R. 1991. Os cientistas precisam escrever. São Paulo, T. A. Queiroz. 125 p.

BRUZZO, C. 2004. Biologia: educação e imagens. Educação e Sociedade, 25(89): 1359- 1378.

COUTINHO, F. A. SOARES, A. G. BRAGA, S. A. de M. CHAVES, A. C. L. COSTA, F. de J. 2010. Análise do valor didático de imagens presentes em livros de Biologia para o Ensino Médio. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, São Paulo, 10(3), não paginado.

FRACALANZA, H. MEGID NETO, J. 2003. O livro didático de ciências: problemas e soluções. Ciência e Educação, 9(2):147-157.

JOTTA, L. A. C. V. 2005. Embriologia animal: uma análise dos livros didáticos de Biologia do Ensino Médio. Brasília, DF. Dissertação (Mestrado em Educação) − Faculdade de Educação, Universidade de Brasília. 244 p.

FRANCISCO JUNIOR, W. E. 2007. Bioquímica no Ensino Médio?! (De)limitações a partir da análise de alguns livros didáticos de química. Ciência & Ensino, 1(2), não paginado.

FRANCISCO JUNIOR. W. E. FRANCISCO, W. 2006. Proteínas: Hidrólise, precipitação e um tema para o ensino de Química. Química Nova na Escola. (24):12-16.

LINHARES, S. GEWANDSZNAJDER, F. 2013. A água e o sais minerais. In: S. LINHARES e F. GEWANDSZNAJDER (2ª ed.), Biologia hoje: Biologia, 1º ano: Ensino Médio. São Paulo, Editora Ática, p. 36-39.

LINHARES, S. GEWANDSZNAJDER, F. 2013. Glicídios e lipídios. In: S. LINHARES e F. GEWANDSZNAJDER (2ª ed.), Biologia hoje: Biologia, 1º ano: Ensino Médio. São Paulo, Editora Ática, p. 42-49.

LINHARES, S. GEWANDSZNAJDER, F. 2013. Proteínas. In: S. LINHARES e F. GEWANDSZNAJDER (2ª ed.), Biologia hoje: Biologia, 1º ano: Ensino Médio. São Paulo, Editora Ática, p. 52-61.

LINHARES, S. GEWANDSZNAJDER, F. 2013. Vitaminas. In: S. LINHARES e F. GEWANDSZNAJDER (2ª ed.), Biologia hoje: Biologia, 1º ano: Ensino Médio. São Paulo, Editora Ática, p. 66-69.

NELSON, D. L. COX, M. M. 2011. Princípios de Bioquímica de Lehninger. 5ª edição. Porto Alegre, Artmed, 1145 p.

OSORIO, T. C. 2013. As bases químicas da vida. In: T.C. OSORIO (2ª ed.), Ser protagonista: Biologia, 1º ano: Ensino Médio. São Paulo, Edições S M, p. 24-40.

PICCININI, C. & MARTINS, I. 2004. Comunicação multimodal na sala de aula de ciências: construindo sentidos com palavras e gestos. Ensaio: pesquisa em ensino de ciências, 6(1):1-14.

POZZER-ARDENGHI, L. ROTH, W. M. 2005. Photographs in lectures: gestures as meaning-making resources. Linguistics and Education, (5): 275-293.

POZZER-ARDENGHI, L. ROTH, W. M. 2005. Análise do valor didático de imagens presentes em livros de Biologia para o Ensino Médio. Disponível em: http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=imagens+em+livros+didaticos+de+ciencias&source=web&cd=12&ved=0CHEQFjABOAo&url=http%3A%2F%2Frevistas.if.usp.br%2Frbpec%2Farticle%2Fdownload%2F126%2F236&ei=hLa6T_KTBobK6gGLyeTrCg&usg=A FQjCNGU2xNuQbyrZKLtQ_cyNiudQGbqPQ. Acesso: 09/06/ 2015.

MAYER, R. E. ANDERSON, R. B. 1992. The instructive animation: helping students build connections between words and pictures in multimedia learning. Journal of Educational Psychology, (84): 444-452.

MAYER, R. E. GALLING, J. K.1990. When is an illustration worth tem thousand words? Journal of Educational Psychology, (82):715-726.

MAYER, R. E.2001. Multimedia learning. New York, Cambridge University Press, 222 p.

MAYER, R. E. 2005a. Introduction to multimedia learning. In: R. E. MAYER, The Cambridge handbook of multimedia learning. Cambridge, Cambridge University Press, p. 31-48.

MAYER, R. E. 2005b. Principles for reducing extraneous processing in multimedia learning: coherence, signaling, redundancy, spatial contiguity, and temporal contiguity principles. In: R. E. MAYER, The Cambridge handbook of multimedia learning. Cambridge, Cambridge University Press, p.183-200.

Publicado
2016-12-29
Como Citar
As imagens dos livros didáticos no ensino de Biologia: uma metodologia de compreensão e análise para o processo de aprendizagem no conteúdo de Bioquímica. (2016). DESAFIOS - Revista Interdisciplinar Da Universidade Federal Do Tocantins, 3(2), 99-111. https://doi.org/10.20873/uft.2359-3652.2016v3n2p99
Seção
Artigos