PERFIL E CONDIÇÕES DE ACESSO DE JOVENS VILHENENSES À INTERNET: CENÁRIOS LOCAIS E INFRAESTRUTURA EM VILHENA-RO

  • Adson Dutra Oliveira Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
  • Cadidja Medeiros Cunha Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
  • Sandro Adalberto Colferai Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

Resumo

Este artigo apresenta o resultado de uma das etapas do projeto Jovens e convergência midiática: usos e apropriações de recursos multi-midiáticos na Amazônia da colonização agrícola (Vilhena-Rondônia-Amazônia-Brasil), e traz dados problematizados do perfil do jovem vilhenense e das condições ofertadas para acesso à internet, além de apresentar dados sobre a estrutura de lazer presente no município de Vilhena e as condições de acesso dos jovens vilhenense a esta estrutura. Para isso vale-se de dados levantados junto a fontes oficiais, municipais, estaduais e federais, e a empresas privadas da cidade de Vilhena, para traçar um perfil tanto das condições de acesso como dos jovens da cidade. Partindo com base teórica autores como Tapscott (1999, 2010) e Martín-Barbero (2004).

 

PALAVRAS-CHAVE: Perfil; Cenários; Jovem; Internet; Vilhena.

 

 

ABSTRACT

This article presents the results of one of the stages of the Youth and Media Convergence project: uses and appropriations of multimedia resources in the Amazon region of agricultural colonization (Vilhena-Rondônia-Amazônia-Brazil), and presents problematic profiles of the young Vilhena and Conditions offered for access to the Internet, in addition to presenting data on the leisure structure present in the municipality of Vilhena and the conditions of access of Vilhenian youth to this structure. This is based on data collected from official sources, municipal, state and federal, and private companies in the city of Vilhena, to outline both the conditions of access and the young people of the city. Based on theoretical authors such as Tapscott (1999, 2010) and Martín-Barbero (2004).

 

KEYWORDS: Profile; Scenarios; Young; Internet; Vilhena.

 

 

RESUMEN

Este artículo presenta el resultado de una de las etapas del proyecto Jóvenes y convergencia mediática: usos y apropiaciones de recursos multi-mediáticos en la Amazonía de la colonización agrícola (Vilhena-Rondônia-Amazonia-Brasil), y trae datos problematizados del perfil del joven vilhenense y de las Las condiciones ofrecidas para acceso a internet, además de presentar datos sobre la estructura de ocio presente en el municipio de Vilhena y las condiciones de acceso de los jóvenes vilhenenses a esta estructura. Para ello se vale de datos levantados junto a fuentes oficiales, municipales, estatales y federales, ya empresas privadas de la ciudad de Vilhena, para trazar un perfil tanto de las condiciones de acceso y de los jóvenes de la ciudad. Partiendo con base teórica autores como Tapscott (1999, 2010) y Martín-Barbero (2004).

 

PALABRAS CLAVE: Perfil; Cenários; Jovem; Internet; Vilhena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adson Dutra Oliveira, Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

Graduando em Jornalismo da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). E-mail: vanultrecht@gmail.com.

Cadidja Medeiros Cunha, Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

Graduando em Jornalismo da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). E-mail: cadidjacunha@gmail.com. 

Sandro Adalberto Colferai, Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

Doutor em Sociedade e Cultura na Amazônia. Orientador do trabalho. Professor do curso de Jornalismo na UNIR/RO. E-mail: sandrocolferai@gmail.com. 

Referências

ARBEX JR., José. “Terra sem povo”, crime sem castigo. In: TORRES, Maurício (org.). Amazônia revelada: os descaminhos ao longo da BR-163. Brasília: CNPq, 2005. p. 21-65.

BENCHIMOL, Samuel. Amazônia: um pouco-antes e além-depois. Manaus: Ed. Umberto Calderaro, 1977.

COLFERAI, Sandro Adalberto. Jornalismo e Identidade na Amazônia: as práticas culturais legitimadas no jornal Diário da Amazônia como representações identitárias de Rondônia. Dissertação de mestrado – Comunicação Social. Porto Alegre: PUCRS, 2009.

HALL, Stuart. A Identidade Cultural na Pós-Modernidade. Trad. Tomáz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Couto. 8ª ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. CENSO 2010. Disponível em: Acesso em: 31/05/2016

JACKS, Nilda; TOALDO, Mariângela (orgs.). Brasil em números: dados para a pesquisa de comunicação em contextos regionais. Florianópolis-SC: Insular, 2014.

SOUZA, Carla Monteiro de. Gaúchos em Roraima. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

TAPSCOTT, Don. A hora da geração digital: como os jovens que cresceram usando a internet estão mudando tudo, das empresas aos governos. Trad. Marcello Lino. Rio de janeiro: Agir Negócios, 2010.

_____________. Geração Digital: a crescente e irreversível ascensão da Geração Net. Tradução de Ruth Gabriela Bahr. São Paulo: Makron Books, 1999.

COSTA, Rogério da. A cultura digital. São Paulo: Publifolha, 2002.

JACKS, Nilda. Querência: cultura regional como mediação simbólica – um estudo de recepção. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 1999.

LÉVY, Pierre. Cibercultura; tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo; Ed.34,1999.

MARTÍN-BARBERO, Jesús.Os exercícios do ver: hegemonia audiovisual e ficção televisa. Tradução de Jacob Gorender. 2ª ed. SãoPaulo: Editora Senac São Paulo, 2004.

OROZCO, Guilhermo G. Prefácio. In: JACKS, Nilda. Querência: cultura regional como mediação simbólica – um estudo de recepção. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 1999.

PAZ, Samyr; MEURER, Flávio. Geração Y e a Comunicação: Influência das Mídias Digitais no Relacionamento Interpessoal e Comportamento. In: Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 37., 2014, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares de Ciências da Comunicação, 2014.

Sites consultados
PUCSP, disponível em: . Acesso em: 24/05/16.

GLOBO, disponível em: Acesso em: 24/05/16.

CETIC, disponível em : Acesso em: 18/05/16.

IBGE, disponível em: . Acesso em 24/05/16.

TELECO, disponível em: Acesso em 06/05/16.
Publicado
2017-04-30
Como Citar
Oliveira, A. D., Cunha, C. M., & Colferai, S. A. (2017). PERFIL E CONDIÇÕES DE ACESSO DE JOVENS VILHENENSES À INTERNET: CENÁRIOS LOCAIS E INFRAESTRUTURA EM VILHENA-RO. Aturá - Revista Pan-Amazônica De Comunicação, 1(1), 156-171. Recuperado de https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/atura/article/view/3591