BREVES NOTAS SOBRE O CONCEITO DE ESTÉTICA EM HEGEL

  • Fábio Caires Correia

Resumo

O objetivo deste breve ensaio é, num primeiro momento, apresentar, panoramicamente, os momentos fundamentais da autossuperação da arte na filosofia hegeliana, a saber, a arte simbólica, a arte clássica e a arte romântica. Num segundo momento, serão apresentados momentos particulares, que correspondem às épocas em que vimos realizar, em Hegel, o sistema filosófico da totalidade, ou seja, a dialética da suprassunção da ideia como verdadeira ideia do belo. Em conclusão, demonstraremos o ápice da arte na poesia, em que desaparece a pura sensibilidade para dar lugar à espiritualidade.

Biografia do Autor

Fábio Caires Correia

Doutorando em Filosofia pela PUCRS, bolsista CAPES/PROEX. Professor Substituto no Colegiado de Filosofia da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Publicado
2017-07-30
Seção
Dossiê - Filosofias das Artes