Tinea Negra Simulando Melanoma

  • Luís Augusto Franzão Vasconcelos UFT
  • Larissa Moreira Galvão Bello
  • Yasmin Pugliesi
  • Luciane Prado Silva Tavares

Resumo

RESUMO

A tinea negra caracteriza-se como uma infecção fúngica rara à camada córnea, causada pelo fungo Phaeoannellomyces werneckii. É notória a semelhança entre casos dessa dermatofitose e do melanoma, e sua diferenciação é preconizada para evitar procedimentos invasivos. Tratando-se de uma doença rara e ainda menos incidente no estado, descreve-se uma paciente de 33 anos do sexo feminino, apresentando mácula plantar entre o terceiro e quarto pododáctilos direto, com hifas marrons claras entrecruzadas à dermatoscopia. Diagnóstico confirmado com exame micológico direto. O diagnóstico pode ser potencializado pelo uso do dermatoscópio, cujo acesso tem evoluído, mas é confirmado com exame micológico direto.

Palavras chave: tinea negra; melanoma; dermatoscopia; dermatofitose.

Publicado
2018-04-16