PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA COQUELUCHE NA REGIÃO NORTE DO BRASIL ENTRE 2012 E 2015

  • Fellipe Camargo Ferreira Dias
  • Aline Almeida Liberato
  • Pedro Henrique Procópio Lobo
  • Kamile Eller Gusmão
  • Victor Mateus Xavier de Santana
  • Vitória de Souza Oliveira
  • Enoque Júnio da Rocha Calado
  • Amanda Amâncio Oliveira
  • Aline Barbosa Lopes
  • Virgílio Ribeiro Guedes

Resumo

RESUMO

A coqueluche é uma doença infecciosa causada pela bactéria Bordetella pertussis, que se manifesta tipicamente com quadros paroxísticos de tosse seca e irritativa. Os casos de maior gravidade tendem a ocorrer em lactentes, especialmente em menores de seis meses de idade. Trata-se de doença prevenível por meio de vacinação, inserida no Programa Nacional de Imunizações desde 1973. Este estudo teve por objetivo realizar uma análise epidemiológica retrospectiva com relação aos casos de coqueluche na região Norte do Brasil entre os anos de 2012 e 2015, tendo como base dados oficiais obtidos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação – SINAN. Os resultados demonstraram uma tendência geral à diminuição da ocorrência de coqueluche na região, associada a uma cobertura vacinal que se manteve relativamente constante ao longo dos anos. Observou-se também a existência de um desafio quanto à confirmação dos casos de coqueluche na região, decorrente do número limitado de laboratórios especializados capazes de realizar os testes indicados. A maior parte dos casos se concentrou na população pediátrica, especialmente nos menores de um ano, constatando-se letalidade relativamente baixa. Esses achados corroboram a literatura vigente, onde a coqueluche é frequentemente descrita como uma doença benigna, com excelente resposta ao tratamento antimicrobiano.       
Palavras-chave: coqueluche, pertussis, epidemiologia, Região Norte, Brasil.

ABSTRACT

Pertussis, also known as whooping cough is an infectious disease caused by Bordetella pertussis, a Gram-negative bacteria, of which typical manifestations include paroxistic episodes of irritative dry coughing. Severe cases happen more frequently in infants, especially in those below six months old.  It is a preventable disease by means of vaccination, included in the National Immunization Program since 1973. This study had the objective of elaborating a retrospective epidemiological analysis of pertussis cases reported in the North region of Brazil between 2012 and 2015, utilizing official data from a major national information system – SINAN. Our findings suggest a tendency towards a reduction in the incidence of pertussis in the region, as well as a stable vaccination coverage across this timeline. A challenge regarding confirmation of cases was noted, due to a limited number of laboratories capable of applying the recommended tests. Most cases involved the pediatric population, especially infants below one year of age, and mortality was relatively low. These findings support the current literature, in which pertussis is described as a benign condition with very positive outcomes when appropriate antimicrobial treatment is installed.                                               
Keywords: pertussis, whooping, cough, epidemiology, North Region, Brazil.

Publicado
2017-06-20

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 > >>