Avaliação necroscópica de choque circulatório por complicações hemorrágicas: Dengue?

Palavras-chave: Dengue hemorrágica. Choque circulatório. Necropsia.

Resumo

A Febre Hemorrágica do Dengue (FHD), também chamada de dengue hemorrágica, é a forma mais grave da doença, havendo necessidade de diagnóstico precoce e tratamento médico adequado em tempo hábil, com chance de evolução para choque circulatório associado à elevada taxa de mortalidade. O objetivo deste estudo foi relatar um caso de óbito natural mal definido em adolescente com 17 anos de idade, sexo feminino, suspeito de dengue hemorrágica. A necropsia, associada aos informes clínicos, evidenciou choque circulatório por provável complicação do dengue, exibindo derrames volumosos em pleura e em pericárdio, congestão intensa do baço e moderada congestão hepática. Apesar dos testes sorológicos não confirmarem FHD, pelos dados clínicos e pelo exame necroscópico detalhado, a causa do óbito foi concluída como complicações hemorrágicas do dengue.

Publicado
2015-09-13