SERGIO VILAS-BOAS: um ícone enigmático do Jornalismo Literário brasileiro

Palavras-chave: Sergio Vilas-Boas, Jornalismo Literário, Biografia, Jornalismo, Literatura

Resumo

Um autor multifacetado, polivalente, complexo e enigmático. Assim é Sergio Vilas-Boas, que em 25 anos de carreira consolidou uma trajetória que inclui trabalhos sólidos e de referência em todos os campos do Jornalismo Literário: foi/é repórter, biógrafo, pesquisador, professor, escritor, romancista e muito mais. Tanto no romance ficcional quanto nas obras de jornalismo, a capacidade de criação de Vilas-Boas é evidente. E essa criatividade em vários momentos deixa as páginas dos livros para ser o norte de sua própria vida. Afinal, Vilas-Boas é em vários aspectos exatamente igual aos seus personagens: um sujeito que tenta se encontrar em um mundo cada vez mais complexo e caótico. 

 

PALAVRAS-CHAVE: Sergio Vilas-Boas; Jornalismo Literário; Biografia; Jornalismo; Literatura.

 

 

ABSTRACT

A multifaceted author, versatile, complex and enigmatic. It’s Vilas-Boas, who in 25 years of his career has consolidated a career that includes solid and reference works in all fields of Literary Journalism: he was / is a reporter, biographer, researcher, teacher, writer, novelist and much more. Both in the fictional novel and in the works of journalism, the creative capacity of Vilas-Boas is evident. And this creativity at various times leaves the pages of the books to be the north of his own life. After all, Vilas-Boas is in many ways exactly like his characters: a man who tries to find himself in an increasingly complex and chaotic world.

 

KEYWORDS: Sergio Vilas-Boas; Literary Journalism; Biography; Journalism; Literature.

 

 

RESUMEN

Un autor multifacético, polivalente, complejo y enigmático. Este es Sergio Vilas-Boas, que en 25 años de carrera consolidó una trayectoria que incluye trabajos sólidos y de referencia en todos los campos del Periodismo Literario: fue / es reportero, biógrafo, investigador, profesor, escritor, novelista y mucho más. Tanto en la novela ficcional como en las obras de periodismo, la capacidad de creación de Vilas-Boas es evidente. Y esa creatividad en varios momentos deja las páginas de los libros para ser el norte de su propia vida. Al final, Vilas-Boas es en varios aspectos exactamente igual a sus personajes: un sujeto que intenta encontrarse en un mundo cada vez más complejo y caótico.

 

PALABRAS CLAVE: Sergio Vilas-Boas; Periodismo Literario; Biografía; Periodismo; Literatura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Ritter, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Eduardo Ritter é professor adjunto dos cursos de Jornalismo e Relações Públicas do Centro de Educação Norte da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Doutor em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) com período sanduíche na New York University (Estados Unidos). Email: rittergaucho@hotmail.com. 

Referências

COSTA, Cristiane. Pena de aluguel. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

DE SÁ, Jorge. A crônica. São Paulo: Ática, 1987.

LODGE, David. A arte da ficção. Poro Alegre: L&PM, 2011.

MACHADO DA SILVA, Juremir. O que escrever quer calar? Literatura e jornalismo. In: CASTRO, Gustavo; GALEANO, Alex. Jornalismo e literatura – a sedução da palavra. São Paulo: Escrituras, 2002.

MARTINEZ, Monica. Jornalismo literário. Florianópolis: Insular, 2016.

MARQUES DE MELO, José. A opinião no jornalismo brasileiro. Petrópolis: Vozes, 1994.

PEREIRA LIMA, Edvaldo. A century of nonfiction solitude: a survey of Brazilian Literary Journalism. In: BAK, John; REYNOLDS, Bill. Literary journalism across the globe. Boston: University of Massachusetts Press, 2011.

RITTER, Eduardo. A tribo jornalística de Erico Verissimo. Ijuí: Unijuí, 2016.

VILAS-BOAS, Sergio. A superfície sobre nós. Barueri: Amarilys, 2015.

VILAS-BOAS, Sergio. Biografias & biógrafos – jornalismo sobre personagens. São Paulo: Summus, 2002.

VILAS-BOAS, Sergio. Biografismo: Reflexões sobre as Escritas da Vida. São Paulo: Unesp, 2008.

VILAS-BOAS, Sergio. Doutor Desafio: A História de Luiz Alberto Garcia, Empreendedor Interiorano Que Enfrentou Governos Militares e Competidores Globais. Barueri: Manole, 2012.

VILAS-BOAS, Sergio. Estilo magazine - o texto em revista. São Paulo: Summus, 1996.

VILAS-BOAS, Sergio; DE VICQ, Ricardo. . Filhos da ciência. Barueri: Manole, 2010

VILAS-BOAS, Sergio (org.) Formação & informação ambiental – jornalismo para iniciados e leigos. São Paulo: Summus, 2004.

VILAS-BOAS, Sergio (org.) Formação & informação científica – jornalismo para iniciados e leigos. São Paulo: Summus, 2005.

VILAS-BOAS, Sergio (org.) Formação & informação econômica – jornalismo para iniciados e leigos. São Paulo: Summus, 2005.

VILAS-BOAS, Sergio (org.) Formação & informação esportiva – jornalismo para iniciados e leigos. São Paulo: Summus, 2005.

VILAS BOAS, Sergio. Introdução. In: BRITO, José Domingos de (org.). Literatura e jornalismo. São Paulo: Novera, 2007.

VILAS-BOAS, Sergio. Ivens Dias Branco: simples, criativo, prático. Barueri: Manole, 2013.

VILAS-BOAS, Sergio. Jornalismo literário - um percurso filosófico. São Paulo: Texto Vivo Edições, 2008.

VILAS-BOAS, Sergio. Jornalistas literários – Narrativas da vida real por novos autores brasileiros. São Paulo: Summus, 2007.

VILAS-BOAS, Sergio. Os estrangeiros do trem N. Rio de Janeiro: Rocco, 1997.

VILAS-BOAS, Sergio. Perfis: o Mundo dos Outros / 22 Personagens e 1 Ensaio. Barueri: Manole, 2014.

VILAS-BOAS, Sergio. Rumores do Silêncio: Uma Reportagem Sobre a Realidade das Hepatites B e Delta no Estado Amazônico do Acre. Barueri: Manole, 2009.

Textos online:

RITTER, Eduardo. Sergio Vilas-Boas: jornalista, pesquisador e escritor por natureza. Disponível em: http://orebate-eduardoritter.blogspot.com.br/2018/04/ Acesso em: 18 de abril de 2018.

VILAS-BOAS, Sergio. Dois anos de jejum. Disponível em: http://www.sergiovilasboas.com.br/2018/04/01/alumbramentos-novos/ Acesso em: 8 de abril de 2018.

VILAS-BOAS, Sergio. Caro jovem escritor. Disponível em: http://www.sergiovilasboas.com.br/thinking/caro-jovem-escritor/ Acesso em:

de abril de 2018.

VILAS-BOAS, Sergio. Começando em um jornal. Disponível em: http://www.sergiovilasboas.com.br/narratives/comecando-em-um-jornal/ Acesso em: 30 de março de 2018.

VILAS-BOAS, Sérgio. Astoria, Queens, 1994. Disponível em: http://www.sergiovilasboas.com.br/narratives/astoria-queens-1994/ Acesso em:

de março de 2018.

VILAS-BOAS, Sergio. Senso de privacidade. Disponível em: http://www.sergiovilasboas.com.br/2018/04/08/senso-de-privacidade/ Acesso em: 15 de abril de 2018

Publicado
2018-10-08
Como Citar
RITTER, E. SERGIO VILAS-BOAS: um ícone enigmático do Jornalismo Literário brasileiro. Revista Observatório, v. 4, n. 6, p. 237-269, 8 out. 2018.
Seção
Dossiê Temático / Thematic dossier / Dossier temático