REPRESENTAÇÕES DE EXPRESSÕES POÉTICAS DO CANDOMBLÉ NA TV BAHIA

Palavras-chave: Candomblé, Televisão, Narrativas audiovisuais

Resumo

Este artigo analisa representações sobre expressões poéticas do candomblé em narrativas jornalísticas audiovisuais da TV Bahia, que difundem modos de ver e de pensar, atualizando, desse modo, o sincretismo religioso como fenômeno cultural próprio da Bahia. São ideias que reatualizam o pensamento dominante de negação das relações sociais de classe e raciais e que promovem cultura popular como festa, não no sentido das manifestações e expressões festivas que são parte da cultura afro-brasileira, mas tão somente como registro de eventos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gisélia Castro Silva, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Possui graduação em Comunicação Social e mestrado em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Maranhão. Email da autora: giselia.castro@yahoo.com.br.

Referências

ALCURE, Lenira. Telejornalismo em 12 lições: televisão, vídeo, internet. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2011.

CÂNDIDO, Antonio. Literatura e sociedade: estudos de teoria e teoria literária. 12. ed. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2011.

FERRETTI, Mundicarmo Maria Rocha. Desceu na guma: o caboclo do Tambor de Mina em um terreiro de São Luís - a Casa Fanti-Ashanti. 2. ed. São Luís: EDUFMA, 2000.

GOLDMANN, Lucien. La méthode structuraliste génétique en histoire de la littérature. In: ______. Pour une sociologie du roman. France: Gallimard, 1964.

______. Le dieu caché: étude sur la vision tragique dans les Pensées de Pascal et dans le théâtre de Racine. 2. ed. France: Gallimard, 1985.

JEGEDE, Olutoyin Bimpe. A poesia laudatória e a sociedade nigeriana: a Oriki entre os Yoruba. Revista Crítica de Ciências Sociais, Coimbra, n. 47, p. 75-88, fev./1997.

LINS, Consuelo; MESQUITA, Claudia. Filmar o real: sobre o documentário brasileiro contemporâneo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2008.

LÖWY, Michael. Romantismo e messianismo: ensaios sobre Luckács e Walter Benjamin. São Paulo: Perspectiva, 2008.

______; NAÏR, Sami. Lucien Goldmann ou a dialética da totalidade. São Paulo: Boitempo, 2008.

MATOS, Edilene Dias. Cultura popular: reflexões. In: ALVES, Paulo César (Org.). Cultura: múltiplas leituras. Bauru (SP): EDUSC; Salvador: EDUFBA, 2010.

PAZ, Octavio. O arco e a lira. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

______, Octavio. A outra voz. São Paulo, Siciliano, 1993.

SANTOS, Idelette Muzart Fonseca dos. Em demanda da poética popular: Ariano Suassuna e o Movimento Armorial. 2. ed. rev. - Campinas (SP): Editora da Unicamp, 2009.

______, Maria Stella de Azevedo. Meu tempo é agora. 2. ed. Salvador, BA: Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, 2010.

ZUMTHOR, Paul. Introdução à poesia oral. São Paulo: Hucitec, 1997.

Weblink

PRANDI, Reginaldo. Os candomblés de São Paulo: a velha magia na metrópole nova. São Paulo: HUCITEC: Editora da Universidade de São Paulo, 1991. (Edição 2001). Disponível em:<http://www.fflch.usp.br/sociologia/prandi/csplivro.pdf>. Acesso em: 2 jan. 2015.

Publicado
2018-08-01
Como Citar
SILVA, G. C. REPRESENTAÇÕES DE EXPRESSÕES POÉTICAS DO CANDOMBLÉ NA TV BAHIA. Revista Observatório, v. 4, n. 5, p. 348-372, 1 ago. 2018.
Seção
Dossiê Temático II / Thematic dossier II / Dossier temático II