DITADURA MILITAR (1964-1985): O Movimento Estudantil e a Comunicação Alternativa na Amazônia Paraense

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20873/uft.2447-4266.2016v2n5p177

Palavras-chave:

Movimento Estudantil, Imprensa Alternativa, Ditadura militar

Resumo

O presente artigo faz uma análise do movimento estudantil paraense durante a Ditadura Militar de 1964-1985 e sua imprensa alternativa, importante canal de comunicação por onde circularam informações estratégicas de mobilizações e ações da categoria contrárias à nova ordem instituída. Destacam-se, neste trabalho, as atuações de dois jornais produzidos pelos estudantes da Universidade Federal do Pará (UFPa): O Papagaio (1967) e Nanico (1979). Os universitários encontraram, nesta imprensa, uma forma de tornar públicas as perseguições sofridas dentro do campus do Guamá, envolvendo professores e estudantes considerados subversivos. Nas páginas dessa imprensa havia também a negação da concepção bancária de educação (FREIRE, 2011), que deformava a criatividade educacional. Este artigo faz parte da investigação do projeto Mídias Alternativas na Amazônia, que está mapeando formas de comunicação contra hegemônica na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Célia Regina Trindade Chagas Amorim, Universidade Federal do Pará

Jornalista formada pela Universidade Federal do Pará. Mestra e doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atuou como repórter, chefe de reportagem e editora no jornalismo de Belém do Pará entre 1993 a 1999. É professora Adjunta do Curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Pará e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia (PPGCOM). Atualmente é coordenadora do Grupo de Pesquisa e do Projeto Mídias Alternativas na Amazônia (CNPq-UFPa). Desenvolve pesquisas na área da Comunicação e Cidadania na Amazônia: práticas sócio-culturais emancipatórias, mídias alternativas, cultura popular e de resistência. E-mail: celia.trindade.amorim@gmail.com.

 

Lanna Paula Ramos da Silva, Universidade Federal do Pará

Graduanda do Curso de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, da UFPA, bolsista PIBIC/UFPA-AF do Projeto de Pesquisa Mídias Alternativas na Amazônia. Email: lannapaular@gmail.com.

Referências

ANTUNES, Ricardo; RIDENTI, Marcelo. Operários e Estudantes contra a

Ditadura: 1968 no Brasil. Mediações: Revista de Ciências Sociais. Vol. 12. N.2.

Dossiê: 40 anos de Maio de 68. Disponível em

http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/mediacoes/article/view/3319 >.

Acesso em: 18 de novembro 2014.

Revista Observatório, Palmas, v. 2, n. 5, p. 177-199, set./dez. 2016

revisto

O bser votóno

ISSN n° 2447-4266 Vol. 2, n. 5, Setembro-Dezembro. 2016

DPI: http://dx.doL.org/10.20873/uft.2447-4266.2016v2n5pl77

BADARÓ, Celeste Cristina Machado. Os quarenta anos do Maio de 1968.

Conjuntura Internacional, PUC Minas, 2008. Disponível em

<http://www.pucminas.br/imagedb/conjuntura/CNO_ARQ_NOTIC20080521091

pdf?PHPSESSID=dcl50b021408f92d9ac7940al755f89d> Acesso em: 18 de

novembro de 2014.

BRITO, Luciano Antonio da Cruz. Ditadura Militar e Movimento Estudantil: o

episódio do pavilhão Fb-2 na UFPA (1964-1985). Trabalho de Conclusão de

curso. Belém, 2004.

FONTES, Edilza Joana Oliveira. O dever de memória e documentação sobre a

ditadura civil-militar na Universidade Federal do Pará. Acervo: revista do

arquivo nacional, v. 27, n. 1, p. 280-292, 2014. Disponível em

http://www.revistaacervo.an.qov.br/seer/index.php/info/artide/view/663/564 >.

Acesso em 16 de abril de 2015.

. UFPa Multimídia. A UFPa e os anos de Chumbo: Memórias,

traumas, silêncios e cultura educacional (1964-1985). FONTES, Edilza Joana

Oliveira. Entrevista com Jesus Paes Loureiro. Consultar.

http://www.multimidia.ufpa.br/jspui/handle/321654/1279?mode=full .

Acesso 04. Maio 2015.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. Saberes necessários à prática

educativa. São Paulo: Paze Terra. 2011.

KUCINSKI, Bernardo. Panorama da Imprensa Alternativa no Brasil (1964-1980).

In: Jornalistas e Revolucionários: Nos tempos da imprensa alternativa. 2 a

ed. Edusp, 2001. Editoração Digital: EccentricDuo. Disponível em:

http://www.nacorrenteza.jor.br/blog/wp-content/uploads/2012/02/jornalistas-

e-revolucionarios-kucinski.pdf. Acesso em: 16 de abril de 2015.

MACHADO, Ismael. Golpe, contragolpes e guerrilhas: o Pará e a

Ditadura Militar: livro-reportagem. Belém: IAP, 2014.

MORAES, Mário Sérgio de. 50 anos construindo a democracia: do golpe de

à comissão nacional da verdade. São Paulo: Instituto Vladimir Herzog,

Publicado

2016-12-25

Como Citar

TRINDADE CHAGAS AMORIM, Célia Regina; RAMOS DA SILVA, Lanna Paula. DITADURA MILITAR (1964-1985): O Movimento Estudantil e a Comunicação Alternativa na Amazônia Paraense. Revista Observatório , [S. l.], v. 2, n. 5, p. 177–199, 2016. DOI: 10.20873/uft.2447-4266.2016v2n5p177. Disponível em: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/2954. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático / Thematic dossier / Dossier temático