WEBDIÁSPORA: Migrações, TICs e memória coletiva

Palavras-chave: Webdiáspora, Memória, Espaço, Transnacionalismo, Identidade

Resumo

A webdiáspora, enquanto espaço de reordenamento de experiências e práticas sociais e subjetivas dos imigrantes e comunidades diaspóricas, contribui necessariamente na produção de marcas e rastros existenciais individuais e coletivos no plano subjetivo e simbólico. A pergunta que se coloca, todavia, é se tal configuração cognitiva, de natureza abertamente ‘a-espacial’, constitui uma forma diferenciada de suporte à tradicional ‘memória coletiva’ proposta por Maurice Halbwachs ou se limita a reforçar as modalidades de sociabilidade que prescindem naturalmente do espaço físico. A partir de uma reflexão teórica que une as noções de ‘memória coletiva’ do próprio Halbwachs, de ‘espaço nostálgico’ de Abdelmalek Sayad e de ‘transnacionalismo’ explorada por diversos autores, entendemos que, ainda que não possa se substituir à ‘memória coletiva espacial’ ou se sobrepor ao ‘espaço social’, a webdiáspora não deixa de oferecer preciosos subsídios mnemônicos e interativos para as comunidades de imigrantes que se encontram no exílio; principalmente, ao reunir e tornar acessíveis registros informacionais de caráter identitário que contribuem para a consolidação do sentimento de pertencimento ao grupo e manutenção dos laços comunicativos transnacionais.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mohammed ElHajji, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Pós-doutor em Comunicação (UNISINOS). Doutor e mestre em Comunicação e Cultura (UFRJ). Graduado em Comunicação Social/Jornalismo pelo Institut Supérieur de Journalisme, ISJ, Marrocos.  Professor Associado da ECO-UFRJ e o PPGCOM-UFRJ. Pesquisador do CNPq. Pesquisa: diaspotics.org. E-mail: mohahajji@gmail.com.

Camila Escudero, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutoranda em Comunicação e Cultura no PPGCOM-UFRJ. Mestre em Comunicação pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Graduada em Jornalismo (UMESP). E-mail: camilaescudero@uol.com.br.

Referências

BAREL, Y. "Le social et ses territoires". In: AURIAC, F. ; BRUNET, R. (Orgs.)

Espaces, Jeux et Enjeux. Paris: Fayard e Fondation Diderot, 1986.

BOURDIEU. Pierre. Questions de Sociologie. Paris: Éditions de minuit, 1984.

BREVIGUERI, Marc. "De la cohésion de vie du migrant: déplacement migratoire

et orientation existentielle". Revue européenne des migrations

Revista Observatório, Palmas, v. 2, n. 5, p. 334-363, set./dez. 2016

revisto

O bservotóno

ISSN n° 2447-4266 Vol. 2, n. 5, Setembro-Dezembro. 2016

DPI: http://dx.doL.org/10.20873/uft.2447-4266.2016v2n5p334

internationales, 2010. Vol. 26. pp.57-76.

BRIGNOL, Liliane Dutra. "Diáspora latino-americana e redes sociais da internet: a

vivência de experiências transnacionais". In: COGO, Denise; ELHAJJI,

Mohammed; HUERTAS, Amparo (Eds.). Dlásporas, migrações, tecnologias da

comunicação e identidades transnacionais. Balaterra: Instut de la

Comunicación Universitat Autônoma de Barcelona, 2012. Disponível em:

http://oestranqeirodotorg.fiies.wordpress.com/2013/03/diaporas miqraciones ti

c identidadesl.pdf . Acesso: janeiro, 2014.

COGO, DENISE. Cidadania comunicativa das migrações transnacionais: usos de

mídias e mobilização social de latino-americanos. In: COGO, Denise; ELHAJJI,

Mohammed; HUERTAS, Amparo (Eds.). Diásporas, migrações, tecnologias da

comunicação e identidades transnacionais. Balaterra: Instut de la

Comunicado Universitat Autônoma de Barcelona, 2012. Disponível em:

http://oestranqeirodotorq.files.wordpress.com/2013/03/diaporas miqraciones ti

c identidadesl.pdf . Acesso em: junho, 2014.

DIMINESCU, Dana. "The concept". Programme TIC Migrations, Fondation de la

Maison des Sciences de 1'Homme, 2012. Disponível em: http://www.e-

diasporas.fr . Acesso: março 2014.

. "Présentation". Réseaux, 2010/1, n°159, pp.9-13. Disponível em:

http://www.cairn.info/revue-reseaux-2010-l-paqe-9.htm . Acesso: março de

ELHAJJI, M. "Memória das Comunidades Étnicas entre Tempo e Espaço". In:

ELHAJJI, M; CAIAFA, J. (Orgs.). Comunicação e Sociabilidade: Cenários

Contemporâneos. Rio de Janeiro: Mauad, 2007, v. 01, pp.169-181.

ELHAJJI, M. "La diaspora maghrébine à Montréal face aux aléas de l interculturel:

le rôle des médias locaux, transnationaux et communautaires". Revista Romana

de Comunicare si Relatii Publice. Bucareste: 2012, , v. 14, pp. 85-100.

Revista Observatório, Palmas, v. 2, n. 5, p. 334-363, set./dez. 2016

revisto

O bservotóno

ISSN n° 2447-4266 Vol. 2, n. 5, Setembro-Dezembro. 2016

DPI: http://dx.doL.org/10.20873/uft.2447-4266.2016v2n5p334

. "Le Culte à la Culture: Évolution, Révoluüon et régression". In: Fred

Dervin. (Org.). Le Concept de Culture: Comprendre et Maítriser ses

Détournements et Manipulations. Paris: UHarmattan, 2013a, v. 01, pp.19-46.

. De l'appartenance transnationale à la citoyenneté globale. In: NYAMSI,

Jean-Crépin Soter. (Org.). L'Afrique et son développement: Réalités

complexes et nouveaux enjeux, dans un monde en transformation. Paris:

UHarmattan, 2013b. pp. 133-149.

GLOSSÁRIO sobre migração. Genebra: Editora Organização Internacional para

as Migrações, 2009. Disponível em:

http://www.acidi.qov.pt/ cfn/4eaa92f8ba8ec/live/Gloss%C3%Alrio+sobre+Miqr

a%C3%A

%C3%A3o . Acesso em julho 2013.

GUATTARI, FÉLIX. Caosmose: um novo paradigma estético. São Paulo: Ed. 34,

GUÉRIOS, Paulo Renato. "As condições sociais de produção das lembranças

entre imigrantes ucranianos". Mana. Vol.14, n.2. Rio de Janeiro: 2008. Disponível

em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci arttext&pid=S0104-

. Acesso: fevereiro, 2014.

HAESBAERT, Rogério. O mito da desterritorialização. Do "Fim dos Territórios"

à Multiterritorialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

HALL, Stuart. A questão multicultural. In: SOVIK, Liv (Org.). Da diáspora:

identidades e medições culturais. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

HALBWACHS, Maurice. A Memória Coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

KRISTEVA, Julia. Estrangeiros para nós mesmos. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.

LEFEVBRE, Henri. La Production de 1'Espace. Paris: Anthropos, 1974.

Revista Observatório, Palmas, v. 2, n. 5, p. 334-363, set./dez. 2016

revisto

O bservotóno

ISSN n° 2447-4266 Vol. 2, n. 5, Setembro-Dezembro. 2016

DPI: http://dx.doL.org/10.20873/uft.2447-4266.2016v2n5p334

MAFFESOLI, Michel. A Conquista do Presente. Rio de Janeiro: Rocco, 1984.

MATTELART, Tristan. "Les diasporas à 1'heure des technologies de 1'information

et de la communication: petit état des savoirs". In: MATTELART, Tristan (org.).

TIC & DIASPORAS. Revista Tic & Societé. Vol. 3, n° 1-2, 2009. Disponível em:

http://ticetsociete.revues.org/587 . Acesso: janeiro, 2014.

MONNIER, Angeliki Koukoutsaki. "Universalismes virtuels de la diaspora

Grecque". In: COGO, Denise; ELHAJJI, Mohammed; HUERTAS, Amparo (Eds.).

Diásporas, migrações, tecnologias da comunicação e identidades

transnacionais. Balaterra: Instut de la Comunicación Universitat Autônoma de

Barcelona, 2012. Disponível em:

http://oestranqeirodotorq.files.wordpress.com/2013/03/diaporas miqraciones ti

c identidadesl.pdf . Acesso: janeiro, 2014.

RAPHAÊL, Lutz. "La théorie du champ social et le fait migratoire". In:

ASSOCIATION DES AMIS D'ABDELMALEK SAYAD (Org.). Actualité de la pensée

dAbdelmaleck Sayad. Maroc: Le Fennec, 2010.

RICOEUR, Paul. La mémoire, 1'histoire, l oubli. Paris: Éditions du Seuil, 2000.

SAYAD, Abdelmalek. "Le retour, élément constitutif de la condition de

'immigré". Migrations société, vol. X, n° 57, 1998a. pp. 9-45.

. A imigração. São Paulo: Edusp, 1998b

SCHILLER, Nina Glick; BASCH, Linda; BLANC-SZANTON, Cristina.

"Transnationalism - A new analytic framework for understanding migration". In:

ANNALS NEW YORK ACADEMY OF SCIENCE, vol. 645, p.1-24. New York: 1992.

Disponível em: http://onlinelibrarv.wiley.com/doi/10. llll/i.1749-

1992.tb33484.x/abstract . Acesso: março 2013.

Revista Observatório, Palmas, v. 2, n. 5, p. 334-363, set./dez. 2016

^.revisto

O bservotório

ISSN n° 2447-4266 Vol. 2, n. 5, Setembro-Dezembro. 2016

DPI: http://dx.doL.org/10.20873/uft.2447-4266.2016v2n5p334

SCOPISI, Claire. "Les sites web diasporiques : un nouveau genre médiatique? "

In: MATTELART, Tristan (org.). TIC & DIASPORAS. Revista Tlc & Socleté. Vol. 3,

n° 1-2, 2009. Disponível em: http://ticetsociete.revues.org/587 . Acesso: janeiro,

VERTOVEC, Steven. Conceiving and Researching Transnationalism. Ethnic and

Racial Studies, University of Oxford, Vol. 22, n. 2, 1999. pp.1-14.

VI RI LIO, Paul. Vitesse e Politique. Paris: Galilée, 1977.

Publicado
2016-12-25
Como Citar
ELHAJJI, M.; ESCUDERO, C. WEBDIÁSPORA: Migrações, TICs e memória coletiva. Revista Observatório, v. 2, n. 5, p. 334-363, 25 dez. 2016.