A TEMÁTICA AMBIENTAL NOS LIVROS DIDÁTICOS DOS PROJETOS INTEGRADORES DO NOVO ENSINO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20873/uft.2447-4266.2023v9n1a23pt

Palavras-chave:

Ambiente; Interdisciplinaridade; Sustentabilidade; Livro didático; Novo ensino médio.

Resumo

Neste artigo caracterizam-se as abordagens ambientais inseridas nos livros didáticos do Objeto 1 - Projetos integradores do Novo Ensino Médio da educação básica da rede estadual do estado do Tocantins. É uma pesquisa qualitativa, exploratória, descritiva e quanto ao método, o trabalho se carateriza como um estudo documental, tendo como documento principal de análise os livros dos Projetos Integradores do Objeto 1 do Novo Ensino Médio. Entre os resultados destaca-se que de forma geral, as obras analisadas possuem um padrão estrutural quanto ao número de projetos, temas abordados e as fases de execução de cada projeto. Em toda as obras em um dos projetos está inserida a temática ambiental, com destaque para a sustentabilidade os projetos são trabalhados de forma interdisciplinar. Os livros contemplam a abordagem ambiental conforme orientada pela BNCC, mas que especial atenção deve ser dispensada ao modo como esses livros serão empregados no cotidiano escolar, a fim de que atendam plenamente o seus propósitos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGUIAR, M. Â. da S. Vinte anos da LDB: da Base Nacional Comum à Base Nacional Comum Curricular. In: BRZEZINSKI, Iria (Org.) LDB 1996 vinte anos depois: projetos educacionais em disputa. São Paulo: Cortez, 2018.

BAGANHA, D. E; GARCIA, N. M. D. Estudos sobre o uso e o papel do Livro Didático de Ciências no Ensino Fundamental. In: VII ENPEC - Encontro Nacional de Pesquisadores em Educação em Ciências, 2009, Florianópolis- SC. Atas do VII ENPEC, 2009.

BOFF, Leonardo. Sustentabilidade: o que é: o que não é. Editora Vozes Limitada, 2017.

BOVO, Marcos Clair. Interdisciplinaridade e transversalidade como dimensões da ação pedagógica. Revista Urutágua, v. 7, p. 1-12, 2004.

BRASIL. Resolução nº 3, DE 21 de novembro de 2018. Atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 139, n. 224, p. 21, 22 nov. 2018.

BUENO, C. de O. C. Matemática e suas Tecnologias. 1. ed. São Paulo: FTD, 2020.

CURY, C. R. J.; REIS, M.; ZANARDI, T. A. C. Base Nacional Comum Curricular: dilemas e perspectivas. São Paulo: Cortez, 2018.

DE CARVALHO COSTA, M. H.; MACENA, R. A.; CRISPIM, R. C.; DE OLIVEIRA NETO, O. M.; DOS SANTOS, J. O. O papel do Livro Didático no Processo Educativo, 2017. Disponível em: https://editorarealize.com.br/artigo/visualizar/37844#. Acesso em: 08 nov. 2022.

LEEF, E. Complexidade, Interdisciplinaridade e Saber Ambiental. Organizado por Philippi Jr., Arlindo Interdisciplinaridade em Ciências Ambientais / A. Philippi Jr., C. E. M. Tucci, D. J. Hogan, R. Navegantes. São Paulo: Signus Editora, 2000.

LEEF, E. Saber ambiental: Sustentabilidade, racionalidade, complexidade e poder / Enrique Leff; tradução de Lúcia Mathilda Endlich Orth – Petrópolis, RJ: Vozes, 2001.

MAZÃO, A. FERRINI, J. E. Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. 1. ed. São Paulo: FTD, 2020.

MODERNA/PNLD. 2021. Entenda o que são Projetos Integradores no PNLD 2021. Disponível em: https://pnld.moderna.com.br/modernaexplica-em/entenda-o-que-sao-projetos-integradores-no-pnld-2021/. Acesso em: 08 set. 2022.

OLIVEIRA, Cacilda Lages. Significado e contribuições da afetividade, no contexto da Metodologia de Projetos, na Educação Básica. 2006. Dissertação de mestrado. CEFET-MG. Belo Horizonte, 2006.

ONU. A ONU e o meio ambiente, 2020. Disponível em: https://brasil.un.org/pt-br/91223-onu-e-o-meio-ambiente. Acesso em: 15 out. 2022.

PERONI, V. Política educacional e papel do Estado no Brasil dos anos 1990. São Paulo: Xamã, 2003.

PEYNEAU, A. C.; ABREU, C. B. C.; PALCICH, S. D. P. P.; CARVALHIDO, W. F. O. Livro Didático: Sua Importância Para a Educação. Revista Multidisciplinar do Nordeste Mineiro, v. 3, p. 03, 2022.

PHILIPPI Jr., Arlindo. Interdisciplinaridade em Ciências Ambientais / A. Philippi Jr. C. E. M. Tucci, D. J. Hogan, R. Navegantes. - São Paulo: Signus Editora, 2000.

RAMOS, M. N. A pedagogia das competências: autonomia ou adaptação. 2.ed. São Paulo: Cortez, 2002.

SOUZA, M. L. de. Ambiente. GEOgraphia, Niterói, v. 24, n. 53, 2022. DOI: 10.22409/GEOgraphia2022.v24i53.a55738.

SOUZA, M. L. de. Ambientes e territórios: uma introdução à ecologia política. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2019a.

SOUZA, M. L. de. Articulando ambiente, território e lugar: A luta por justiça ambiental e suas lições para a epistemologia e a teoria geográficas. Ambientes, v. 2, n. 1, p. 16-64, 2020. DOI: 10.48075/amb. v2i1.25277.

STEINKE, E. T.; FIALHO, E. S. Projeto Coletivo sobre avaliação dos conteúdos de Climatologia nos livros didáticos de geografia dos 5º E 6º anos do ensino fundamental. Revista brasileira de climatologia, v. 20, 2017.

TRONOLONE, V. B. Ciências da Natureza e suas Tecnologias. 1. ed. São Paulo: FTD, 2020.

ZOIA, G. F.; ZANARDINI, I. M. S. As implicações da reforma do estado brasileiro para a reforma da educação e da gestão educacional. Rev. Teoria e Prática da Educação, v. 19, n.3, p. 107-116, set/dez 2016.

Publicado

2023-12-31

Como Citar

LAGARES FERREIRA SILVA, KELLEN; KUCLA DA ROCHA BRZEZINSKI, ANDRESSA; GUALBERTO PEREIRA ALVES, LAURENITA; VELOSO DA SILVA, VALDIVINO; MALVASIO, ADRIANA; BARBOSA E SOUZA, LUCAS. A TEMÁTICA AMBIENTAL NOS LIVROS DIDÁTICOS DOS PROJETOS INTEGRADORES DO NOVO ENSINO . Revista Observatório , [S. l.], v. 9, n. 1, p. a23pt, 2023. DOI: 10.20873/uft.2447-4266.2023v9n1a23pt. Disponível em: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/16461. Acesso em: 23 abr. 2024.