A pandemia da Covid-19 e o papel dos templos religiosos na disseminação do coronavírus: um estudo de caso na fronteira Brasil-Bolívia

  • Elisa Pinheiro Freitas UFMS
  • Claudia Araújo de Lima Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Gylize de Carvalho Ojeda
  • Jakline Franco Rodrigues
Palavras-chave: Pandemia da Covid-19; Sars-Cov-2; SRAG; Templos Religiosos; Fronteira Brasil-Bolívia

Resumo

Com a atual pandemia da Covid-19, decretada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) devido ao novo Sars-Cov-2, causador da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) que em muitos casos é letal, o mundo como um todo tem sido impactado, uma vez que a globalização colocou em marcha a ampla circulação de pessoas, mercadorias, etc., e esse ambiente transformou-se num facilitador para a rápida disseminação desse novo coronavírus. A transmissão do Sars-Cov-2 ocorre principalmente: a) através de uma pessoa contaminada que, ao falar, tossir ou espirrar, emite gotículas que podem conter o coronavírus e infectar pessoas que estejam próximas fisicamente; b) contato comunitário; e c) contato com superfícies e/ou objetos contaminados. Por essa razão, as autoridades sanitárias da própria OMS, bem como dos distintos países, passaram a impedir aglomerações de pessoas, sobretudo em ambientes fechados cuja circulação de ar é limitada. No Brasil, governadores e prefeitos incumbiram-se de implementar as medidas para a contenção do novo coronavírus. Tomando por base o levantamento de informações em diferentes bancos de dados (DataSUS, IBGE, etc.), Boletim Coronavírus-MS (estadual), Boletim Covid-19 (Corumbá, municipal), análise dos decretos municipais e artigos científicos, o presente artigo aborda como a flexibilização do funcionamento dos templos religiosos pode ter concorrido para a rápida disseminação do Sars-Cov-2 no município de Corumbá-MS.

Referências

Agência Senado, Brasília (3 de julho de 2020). Bolsonaro veta uso obrigatório de máscara no comércio, em escolas e em igrejas. https://www12.senado.leg.br/noticias/ materias/2020/07 /03/bolsonaro-veta-uso-obrigatorio-de-mascara-no-comercio-em- escolas-e-em-igrejas. Acesso em: 27 de julho de 2020.

Barbosa, C. (4 de agosto de 2020). Mais de 400 padres diocesanos já contraíram Covid-19 e 21 morreram, aponta relatório. https://www.brasildefato.com.br/2020/08/04/mais- de-400-padres-diocesanos-ja-contrairam-covid-e-21-morreram-aponta-relatorio. Acesso em: 18 de setembro 2020. Brasil de Fato.

Brasil. (20 de março de 2020). Decreto Presidencial n.º 10.282, de 20 de março 2020. regulamenta a Lei n.º 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, para definir os serviços públicos e as atividades essenciais. https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/republicacao- 249098206. Acesso em: 1.º de julho de 2020. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília.

Brasil. (20 março de 2020). Medida Provisória n.º 926/2020. Altera a Lei n.º 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, para dispor sobre procedimentos para aquisição de bens, serviços e insumos destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus. https://www.camara.leg.br/ proposiçõesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2241660. Acesso em: 17 de setembro de 2020. Câmara Legislativa Federal, Brasília.

Cazarré, M. (16 de março de 2020). Países fecham fronteiras para evitar propagação do coronavírus. https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/ noticia/2020-03/paises-fecham- fronteiras-para-evitar-propagacao-do-coronavirus. Acesso em: 15 de setembro de 2020. Agência Brasil, Brasília.

Cerioni, C.; Garret Junior, G. (7 de julho de 2020). Casos da Covid-19 dobram em SC após reabertura de shoppings e igrejas. https://exame.com/brasil/casos-da-covid-19- dobram-em-sc-após-reabertura-de-shoppings-e-igrejas/. Revista Exame.

Corumbá. (21 de março de 2020). Decreto Municipal n.º 2.268, de 21 de março 2020. Reconhece situação de emergência no Município de Corumbá, em decorrência da pandemia do Coronavírus Covid-19. https://do.corumba.ms.gov.br/corumba/ portal/visualizacoes/pdf/3638/#/p:1/e:3638. Acesso em: 18 de setembro de 2020.
Diário Oficial, Corumbá-MS.

Corumbá. (23 de março de 2020). Decreto Municipal n.º 2.270, de 23 de março de 2020. Institui Comitê Gestor de Crise – Pandemia Covid-19, e dá outras providências. https://do.corumba.ms.gov.br/corumba/portal/. Acesso em: 18 de setembro de 2020.
Diário Oficial, Corumbá-MS.

Corumbá. (20 de abril de 2020). Decreto Municipal n.º 2.289, de 20 de abril de 2020. Regulamenta o funcionamento de igrejas e templos de qualquer culto no âmbito do Município de Corumbá em decorrência da pandemia do Coronavírus Covid-19. https://do.corumba.ms.gov.br/corumba/portal/visualizacoes/pdf/3658/#/p:1/e:3658. Acesso em: 18 de setembro de 2020. Diário Oficial, Corumbá-MS.
Corumbá. (16 de julho de 2020) Decreto Municipal n.º 2.356, de 16 de julho de 2020. Dispõe sobre a reavaliação e readequação de medidas de combate ao Covid-19, e dá outras providências. https://do.corumba.ms.gov.br/corumba. Acesso em: 18 de setembro de 2020. Diário Oficial, Corumbá-MS.

Corumbá. (30 de julho de 2020). Decreto Municipal n.º 2.364 de 30 de julho de 2020. Dispõe sobre o estabelecimento de medidas restritivas às atividades que especifica, como forma de frear a circulação do Coronavírus – Covid-19, e dá outras providências. https://do.corumba.ms.gov.br/corumba. Acesso em: 18 de setembro de 2020.
Diário Oficial, Corumbá-MS.

Corumbá. (25 de agosto de 2020). Decreto Municipal n.º 2.381 de 25 de agosto de 2020. Altera o decreto n.º 2.364 de 29 de julho de 2020, e dá outras providências. https://do.corumba.ms.gov.br/corumba/portal/visualizacoes/pdf/3772/#/p:1/e:3772. Acesso em: 18 de setembro de 2020. Diário Oficial, Corumbá-MS.

Corumbá. (17 de junho de 2020). Boletim Covid-19, 2020. Secretaria Municipal de Corumbá. https://www.corumba.ms.gov.br/wp-content/uploads/2020/05/Boletim-dia-17-06.pdf.

Delatorre, E.; Mir, D.; Gräf, T.; Bello, G. (16 de setembro de 2020) Tracking the onset date of the community spread of SARS-CoV-2 in Western Countries. https://memorias.ioc. fiocruz.br/article/10702/0183-tracking-the-onset-date-of-the-community-spread-of- sars-cov-2-in-western-countries. Memórias Instituto Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro.
De Lima Bezerra, V. et al. (2020, v. 3, n. 4, p. 8.452-8.467). SARS-CoV-2 como agente causador da Covid-19: epidemiologia, características genéticas, manifestações clínicas, diagnóstico e possíveis tratamentos. Brazilian Journal of Health Review.

Estado de Minas (16 de março de 2020). Coreia do Sul tem novo foco de coronavírus vinculado a uma igreja. https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2020/ 03/16/interna_internacional,1129193/coreia-do-sul-tem-novo-foco-de-coronavirus- vinculado-a-uma-igreja.shtml. Acesso em: 1.º de julho de 2020. Estado de Minas, Belo Horizonte.

Estellita, M. C. A. et al. (2020, v. 3, n. 3, p. 7.058-7.072). Análise do coronavírus SARS- CoV-2/Covid-19 no cenário atual da pandemia mundial: revisão de literatura/Analysis of the coronavirus SARS-CoV-2/Covid-19 in the current world pandemic scenario: literature review. Brazilian Journal of Health Review.

Fernandes, M. (1.º de julho de 2020). Covid-19: culto em igreja nos EUA deixa 38% dos fiéis contaminados. https://www.correiobraziliense. com.br/app/noticia/ciencia-e- saude/2020/05/19/interna_ciencia_saude,856513/covid-19-culto-em-igreja-nos-eua- deixa-38-dos-fieis-contaminados.shtml. Correio Braziliense, Brasília.

Fongaro, G. et al. (16 de setembro de 2020). SARS-CoV-2 in human sewage in Santa Catarina, Brazil, November 2019. https://www.medrxiv.org/content/10.1101/ 2020. 06.26.20140731v1. MedRxiv.

Garcia, L. P. (19 de setembro de 2020). Uso de máscara facial para limitar a transmissão da Covid-19. https://www.scielosp.org/article/ress/2020.v29n2/e2020023/pt/. Epidemiologia e Serviços de Saúde.

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Editora 04; Atlas.

IBGE 2010. (5 de junho de 2020). Censo Cidades 2010. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/
ms/corumba/pesquisa/23/22107.

IG Último Segundo. (6 de junho de 2020). Covid-19: após reabertura de igrejas, EUA vê “explosão” de casos entre fiéis. https://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2020-06- 17/covid-19-apos-reabertura-de-igrejas-eua-ve-explosao-de-casos-entre-fieis.html. Acesso em: 1.º de julho 2020. IG Último Segundo.

Johns Hopkins University. (16 de setembro de 2020). Coronavirus Covid-19 Global Cases by Johns Hopkins CSSE. https://gisanddata.maps.arcgis.com/apps/ opsdashboard/index.html#/bda7594740fd40299423467b48e9ecf6.

Lana, R. M. et al. (2020). Emergência do novo coronavírus (SARS-CoV-2) e o papel de uma vigilância nacional em saúde oportuna e efetiva. Cadernos de Saúde Pública.

Lednicky, J. A. et al. (16 de setembro de 2020). Viable SARS-CoV-2 in the air of a hospital room with Covid-19 patients. https://www.medrxiv.org/content/10.1101/ 2020.08.03.20167395v1.full.pdf+html. MedRxiv, Flórida.
Lopes, P. (20 de março de 2020). Em duas estratégias, um êxito e uma ópera trágica. https://piaui.folha.uol.com.br/em-duas-estrategias-um-exito-e-uma-opera-tragica/. Acesso em: 15 de setembro de 2020. Piauí-Folha de São Paulo, São Paulo.

Nascimento, F. L. (2020, v. 2, n. 4, p. 1-9). Cemitério X novo coronavírus: Impactos da Covid-19 na Saúde Pública e Coletiva dos mortos e dos vivos. Boletim de Conjuntura (BOCA).

Oliveira, M. D. (jan./abr. 2020, v. 25, n. 1, p. 257-276). Cuidado pastoral da Igreja em tempos de pandemia: Covid-19. Revista Caminhando.

Oliveira, W. K. et al. (2020, v. 29, p. e2020044). Como o Brasil pode deter a Covid-19. Epidemiologia e Serviços de Saúde.

Pereira, L. S.; Sá, R. R.; Freitas, E. P. (maio de 2020, v. 5, n. 9, p. 100-105). A evolução da Covid-19: O caso de Corumbá-MS. Revista Ensaios de Geografia, Niterói.

Saquet, M. A. (set-dez, 2018, v. 20, n. 3, p. 479-505). A descoberta do território e outras premissas do desenvolvimento territorial. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, São Paulo.

Silva, R. S. M. et al. (2020, v. 31, n. supl. 1, p. 162-183). Uso de máscaras de tecido pela população na contenção da disseminação da Covid-19: scoping review. Comunicação em Ciências da Saúde.
Souza, M. V. M.; Ferreira Júnior, D. B. (abril de 2020, n. 18). Rede urbana, interações espaciais e a geografia da saúde: análise da trajetória da Covid-19 no estado do Pará. http://journals.openedition.org/espacoeconomia/13146; DOI: https://doi.org/ 10.4000/espacoeconomia.13146. Acesso em: 21 de abril de 2020. Espaço e Economia [online].

Triviños, A. N. S. (1987, 1.ª ed.). Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. Atlas: São Paulo.

Tzanno-Martins, C. (19 de setembro de 2020, n. AHEAD). Pandemia Covid-19: das máscaras de carnaval às máscaras cirúrgicas. https:// www.scielo.br/scielo.php?pid= S010128002020005029201&script=sci_arttext&tlng=pt. Brazilian Journal of Nephrology.
Publicado
2020-12-24
Como Citar
Freitas, E. P., Araújo de Lima, C., de Carvalho Ojeda, G., & Franco Rodrigues, J. (2020). A pandemia da Covid-19 e o papel dos templos religiosos na disseminação do coronavírus: um estudo de caso na fronteira Brasil-Bolívia. Espaço E Tempo Midiáticos, 3(2), 11. Recuperado de https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/midiaticos/article/view/10588

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)