Foco e Escopo

 A Revista Vertentes do Direito é uma iniciativa do Curso de Direito, da Universidade Federal do Tocantins, com interesse na divulgação de trabalhos científicos nas diversas subáreas do Direito e na construção da interdisciplinaridade. QUALIS 2016: Interdisciplinar B4, Direito B5.

O projeto editorial da revista surgiu com o objetivo de disponibilizar, por meio de um veículo de comunicação digital e de livre acesso, resultados de pesquisa de qualidade e excelência à comunidade acadêmica e profissional, abrindo um canal de discussão sobre questões atuais e emergentes, adotando como postura estratégica uma ampla plataforma. Prevê a publicação de trabalhos inéditos, nas seguintes modalidades: artigos científicos; ensaios (revisões de literaturas); resenhas de obras recém-lançadas e relatos de experiências nas áreas de ensino e/ou de extensão.

Para alicerçar essa proposta a Revisa Vertentes do Direito prima por um Corpo Editorial composto por renomados pesquisadores e docentes de diversas instituições nacionais e internacionais, que lhe confiram credibilidade e presença de exogenia. Está situada na plataformaOpen Journal System (OJS), o que confere ao sistema de editoração maior eficiência, racionalidade e transparência.

É um periódico semestral, no qual as produções científicas serão publicadas em português e em espanhol, idiomas em que podem ser apresentados os trabalhos, que serão submetidos a um corpo de pareceristas (integrantes do Conselho Editorial ou ad hoc)  para avaliação do atendimento das suas normas editorais.

Os autores não serão remunerados pela publicação de seus trabalhos, sendo que os trabalhos publicados poderão ser utilizados pelos usuários da Revista, total ou parcialmente, para aplicações educacionais e não comerciais, condicionadas à indicação da fonte.

Público Alvo

Discentes da graduação (trabalhos em parceria com professor) e da pós-graduação em Direito, e áreas afins à jurídica, docentes com produções pertinentes à área de interesse da Revista Vertentes do Direito - UFT,  e demais pesquisadores do universo jurídico.    

Linha Editorial

Revista voltada para o Direito, subdividindo-se nas subáreas: Teoria do Direito, Teoria Geral do Direito, Teoria Geral do Processo, Teoria do Estado, História do Direito, Filosofia do Direito, Sociologia Jurídica, Antropologia Jurídica, Direito Constitucional, Direito Tributário, Direito Processual, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Ambiental, Direito Internacional Público e Privado, Direito Empresarial, Direito Civil, Direito do Trabalho e Direitos Especiais, frisando-se sempre a perspectiva interdisciplinar.

 

 Processo de Avaliação pelos Pares

Para que um trabalho científico seja publicado passa por todo um procedimento de avaliação criterioso, rigoroso e paramétrico, por revisores qualificados, éticos, críticos e confiáveis.

A modalidade será de avaliação por pares cega, que tem como premissa que os avaliadores não tenham informações sobre os autores  e nem os autores são informados sobre quem participou da avaliação de seus trabalhos.

A avaliação será realizada por até 2 (dois) membros do conselho editorial e/ou pareceristas "ad hoc".

Cada artigo submetido é avaliado por até  dois membros da Equipe Editorial Nacional/Internacional ou pareceristas ad hoc, de acordo com a política de avaliação cega, em que omite-se aos pareceristas as informações de identificação dos autores, garantindo-se uma avaliação neutra e isonômica das contribuições enviadas. 

Os pareceristas avaliarão a adequação do trabalho às normas da revista e também observarão os seguintes critérios:

  1. Aderência e originalidade da contribuição para as áreas equivalentes aos eixos trabalhados pela Vertentes do Direito
  2. Consistência e pertinência das referências.
  3. Qualidade da discussão (ou tratamento/análise) da pesquisa apresentada.
  4. Adequação de resumos e título ao conteúdo.
  5. Qualidade da redação e organização do texto.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Fluxo Editorial

O processo editorial da Revista Vertentes do Direito segue o seguinte fluxo de trabalho conforme regas do Public Knowledge Project:

  • Submissão: os artigos são recebidos no sistema. Nessa etapa os textos são rejeitados se estiverem fora dos padrões da revista pelos editores ou atribuídos a avaliadores.
  • Avaliação:  os artigos vão para avaliação duplo cega por pares dos trabalhos acontece.Isso pode durar de 4 a 8 semanas. Sendo aprovado, o artigo segue para a próxima fase.
  • Edição de Leiaute: apenas os artigos aprovados por pares segue para a revisão de textos e leiaute. Isso exige ajustes textuais e/ou de forma.
  • Produção: é última fase onde se preparam os textos na sua versão final, em que os artigos são transformados em PDF e atribuído o DOI para cada um deles.
 

Peridiocidade

A Revista Vertentes do Direito publica dois números por ano, sendo publicação semestral: 

  • Número 1 – Janeiro a junho 
  • Número 2 – Julho a dezembro.

 

Declaração de Direito Autoral

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  1. Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative Commons Attribution License (CC BY-NC 4.0), permitindo o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria do trabalho e publicação inicial nesta revista.
  2. Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.
  3. Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto posterior ao processo editorial.
  4. Além disso, o AUTOR é informado e consente com a revista que, portanto, seu artigo pode ser incorporado pela Vertentes do Direito em bases e sistemas de informação científica existentes (indexadores e bancos de dados atuais) ou a existir no futuro (indexadores e bancos de dados futuros), nas condições definidas por este último em todos os momentos, que envolverá, pelo menos, a possibilidade de que os titulares desses bancos de dados possam executar as seguintes ações sobre o artigo,
  5. Reproduzir, transmitir e distribuir o artigo, no todo ou em parte sob qualquer forma ou meio de transmissão eletrônica existente ou desenvolvida no futuro, incluindo a transmissão eletrônica para fins de pesquisa, visualização e impressão;
  6. Reproduzir e distribuir, no todo ou em parte, o artigo na impressão.
  7. Capacidade de traduzir certas partes do artigo.
  8. Extrair figuras, tabelas, ilustrações e outros objetos gráficos e capturar metadados,  legendas e artigo relacionado para fins de pesquisa, visualização e impressão.
  9. Transmissão, distribuição e reprodução por agentes ou autorizada pelos proprietários de distribuidoras de bases de dados.
  10.  A preparação de citações bibliográficas, sumários e índices e referências de captura relacionados de partes selecionadas do artigo.
  11. Digitalizar e / ou armazenar imagens e texto de artigo eletrônico

 

POLÍTICA DE COMBATE AO PLÁGIO 

Os autores devem assegurar a originalidade de seus trabalhos, não sendo aceito nenhuma das formas de plágio.

Revista Vertentes do Direito segue as diretrizes do Committee on Publication Ethics (COPE) -

link (http://publicationethics.org/resources/flowcharts).

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS/CLOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. 

LOCKSS

O sistema LOCKSS (Lots of Copies Keep Stuff Safe - Muitas Cópias Mantém as Coisas Seguras) para assegurar arquivamento seguro e permanente do cache da sua revista, é suportado pelo OJS. LOCKSS é um software livre desenvolvido pela Biblioteca da Universidade de Stanford, que permite preservar revistas online escolhidas ao sondar as páginas das mesmas por conteúdo recém publicado e arquivando-o. Cada arquivo é continuamente validado contra cópias de outras bibliotecas. Caso o conteúdo esteja corrompido ou perdido, as cópias são usadas para restauração. 

Configurar o suporte ao LOCKSS para o OJS é necessário somente após a publicação de uma edição estar quase completa, bastando seguir os passos a seguir:

Identifique 6 a 10 bibliotecas que cadastrarão e guardarão o cache da revista. Por exemplo, escolha instituições às quais os editores ou Membros do Comitê já sejam associados, e/ou instituições já participantes do LOCKSS. Visite bibliotecas participantes. Utilize o convite preparado para (i) Bibliotecas participantes do LOCKSS ou (ii) Bibliotecas NÃO participantes do LOCKSS.

CLOCKSS

Open Journal Systems também suporta a CLOCKSS (Controlled Lots of Copies Keep Stuff Safe) do sistema para garantir um arquivo seguro e permanente para a revista. CLOCKSS é baseado no software open source LOCKSS desenvolvido na Biblioteca da Universidade de Stanford que permite que bibliotecas preservem revistas selecionadas regularmente registadas. Cada arquivo é continuamente validado contra outros registros da biblioteca, e se o conteúdo for caracterizado como corrompido ou perdido, os outros registros ou a revista são usados para restaurá-lo.

Assine o serviço CLOCKSS visitando o site CLOCKSS .

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

 Políticas de Taxas (ACPs)

Este periódico não cobra taxas para submissão, avaliação ou publicação de artigos (APCs - article processing charges).