QUALIFICAÇÃO E DELIMITAÇÃO DE ÁREAS QUEIMADAS ATRAVÉS DO PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS TM/LANDSAT

  • Fabianna Rodrigues Pinheiro Universidade Federal do Tocantins - UFT
  • Marcos Giongo

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo qualificar e delimitar áreas queimadas através do processamento digital de imagens Landsat 8-TM, no período de maior ocorrência de áreas queimadas, em três áreas localizadas no Estado do Tocantins, durante os anos de 2013 e 2015. As áreas foram representadas por cenas que abrangem municípios das regiões Leste, Sul e Norte: sete municípios na cena 221/67 a Leste; treze municípios na cena 222/68 ao Sul e; vinte e três municípios na cena 223/65 ao Norte. A metodologia empregada permitiu a identificação das queimadas nessas três regiões distintas do Estado do Tocantins, em que maiores ocorrências foram observadas na cena localizada mais ao Leste, para ambos os anos (2013 e 2015). Com relação a detecção das queimadas em função da tipologia de uso e ocupação do solo, áreas de Cerrado Sentido Restrito e Agropecuária foram as mais afetadas por incêndios e/ou queimadas. Palavras-chave: Monitoramento Ambiental; Cerrado; Detecção.

Referências

AHERN F. J.; GOLDAMMER J.G.; JUSTICE C.O. Global and regional vegetation fire monitoring from space: planning a coordinated international effort. Holanda: Kugler Publications, 2001. 303p.

CARDOSO, E.; SOUZA, S.A.; BIUDES, M.S.; MACHADO, M. G. Focos de calor na região Centro- Oeste no período de 2006 até 2012. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GESTÃO AMBIENTAL, 4., 2013, Salvador, Anais... Salvador: IBEAS, 2013.

FRANÇA, H.; NETO, M.B.R.; SETZER, E. O Fogo no Parque Nacional das Emas. Brasília: MMA, 2007. 140 p.

GOULART, A. A.; MORELLI, F.; SETZER, A. Focos de Queimadas e Incêndios Detectados por Satélites nas Unidades de Conservação do Cerrado no Mato Grosso em 2010. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA FÍSICA APLICADA, 14., 2011, Dourados. Anais... Mato Grosso do Sul: UFGD, 2011.

INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS. Queimadas: monitoramento de focos. 2016. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2016.

NATURATINS - INSTITUTO NATUREZA DO TOCANTINS. Plano de manejo do Parque Estadual do Jalapão – PEJ. Palmas: Naturatins, 2003. 204 p.

PIROMAL, R. A. S., RIVERA-LOMBARDI, R. J., SHIMABURUKO, Y. E., FORMAGGIO, A. R. E KRUG , T . Use MODIS data for detection of burned areas in Amazonia. Acta Amazonica, v.38, n.1, p.77-84, 2008.

PIVELLO, V. The use of fire in the Cerrado and Amazonian Rainforests of Brazil: past and present. Fire Ecology, v.7, n.1, p. 25-39, 2011.

RIVERA-LOMBARDI, R. J. Estudo da recorrência de queimadas e permanência de cicatrizes do fogo em áreas selecionadas do cerrado brasileiro, utilizando imagens TM/LANDSAT. 2003. 172 f. Dissertação (Mestrado em Sensoriamento Remoto) – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São Jose dos Campos, 2005.

SANO, E.E.; ROSA, R.; BRITO, J.L. S.; FERREIRA, L. G. Mapeamento semidetalhado do uso da terra do Bioma Cerrado. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.43, n.1, p.153-156, 2008.

TOCANTINS. Secretaria do Planejamento e da Modernização da Gestão Pública. Superintendência de Pesquisa e Zoneamento Ecológico-Econômico. Diretoria de Zoneamento Ecológico-Econômico. Atlas do Tocantins: subsídios ao planejamento da gestão territorial. 6.ed. rev. atual. Palmas: SEPLAN/DZE, 2012. 80p.
Publicado
2018-10-31
Como Citar
Pinheiro, F., & Giongo, M. (2018). QUALIFICAÇÃO E DELIMITAÇÃO DE ÁREAS QUEIMADAS ATRAVÉS DO PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS TM/LANDSAT. DESAFIOS - Revista Interdisciplinar Da Universidade Federal Do Tocantins, 5(Especial), 30-34. https://doi.org/10.20873/uft.2359-3652.2018v5nEspecialp30