DETECÇÃO DE COBRE EMPREGANDO MÉTODOS VOLTAMÉTRICOS E ELETRODO DE BAIXO CUSTO

  • Marcelo Wanderley de Almeida Santos Universidade Federal do Tocantins/Laboratório de Pesquisa em Materiais para Aplicações em Dispositivos Eletrônicos
  • Alexsandro Silvestre da Rocha Universidade Federal do Tocantins/Curso de Licenciatura em Física
  • Denisia Brito Soares Universidade Federal do Tocantins/Laboratório de Pesquisa em Materiais para Aplicações em Dispositivos Eletrônicos
  • Eduardo Libanio Reis Santos Universidade Federal do Tocantins/Laboratório de Morfofisiologia e Bioquímica de Peixes Neotropicais
  • Sandro Estevan Moron Universidade Federal do Tocantins/Laboratório de Morfofisiologia e Bioquímica de Peixes Neotropicais

Resumo

Este trabalho foi premiado no 13° Seminário de Iniciação Científica da UFT, e objetiva monitorar água e tecidos de peixe utilizando um eletrodo de baixo custo (usando pilha descartada) e técnicas voltamétricas para detecção de cobre. As análises foram desenvolvidas no LABMADE (Laboratório de pesquisa em Materiais para Aplicações em Dispositivos Eletrônicos) localizado na Universidade Federal do Tocantins/Araguaína, por meio de um Potenciostato/Galvanostato. A presença de altos índices de metais na água não significa necessariamente que haverá danos aos organismos vivos, mas certamente indicam um estado de contaminação latente poderá levar a toxicidade. Nesse contexto, torna-se necessário monitorar os parâmetros de qualidade aquática e dos seres que o habitam.

Palavras-chave: Voltametria; Tecido; Eletrodo.

Biografia do Autor

Alexsandro Silvestre da Rocha, Universidade Federal do Tocantins/Curso de Licenciatura em Física

Física

Referências

BAIO, J. A. F.; RAMOS, L. A.; CAVALHEIRO, E. T. G. Construção de Eletrodo de Grafite Retirado de Pilha Comum: Aplicações Didáticas. Química. Nova, Vol. 37, N° 6. p.1078-1084, 2014.
CHERNICHARO, C. A. L. Curso Tratamento anaeróbio de esgotos sanitários. Belo Horizonte: Escola de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFMG, 1994.
da ROCHA, A. S.; SARTORELLI, M. L. Magnetotransporte em Sistemas Nanoestruturados de Cu/Co. Tese de Doutorado, Laboratório de Sistemas Nanoestruturados , Departamento de Física, Universidade Federal de Santa Catarina, 2006.
FELIX, F. S.; MACIEL, J. M.; BRETT, C. M. A.; ANGNES, L. Estudo eletroquímicos de Paraquat utilizando eletrodos de filme de carbono aplicação à análise de águas.Tecno-Lógica, 2006. Vol. 10. N° 2. p. 09-13.
LORA, E. E. S. Prevenção e controle da poluição nos setores energético, industrial e de transporte. 2.ed., Rio de Janeiro: Interciência, 2002.
PINHEIRO, L.S.; ROSA, M.F, SUCUPIRA, P.A. O contexto ambiental e sócio-econômico do médio e beixo Curso do Rio Acaraú-CE: Implicações para a gestão dos recursos hídricos. In: Pinheiro,D.R. (org). Desenvolvimento Sustentável: Desafios e Discussões. Fortaleza, ABC editora, 2006. p.: 125-146.
TUNDISI, J. G.; MATSUMURA-TUNDISI, T.; RODRÍGUEZ, S. L. Gerenciamento e Recuperação das Bacias Hidrográficas dos Rios Itaqueri e do Lobo e da Represa Carlos Botelho (Lobo-Broa). IIE, IIEGA, PROAQUA, ELEKTRO, 2003.
Publicado
2018-10-31
Como Citar
de Almeida Santos, M., Silvestre da Rocha, A., Brito Soares, D., Libanio Reis Santos, E., & Moron, S. (2018). DETECÇÃO DE COBRE EMPREGANDO MÉTODOS VOLTAMÉTRICOS E ELETRODO DE BAIXO CUSTO. DESAFIOS - Revista Interdisciplinar Da Universidade Federal Do Tocantins, 5(Especial), 97-102. https://doi.org/10.20873/uft.2359-3652.2018vol5nEspecialp97