PRODUÇÃO DE SERAPILHEIRA SOB PLANTIO DE HÍBRIDOS DE Eucalyptus, ALIANÇA DO TOCANTINS - TOCANTINS

  • Paulo Ricardo Teixeira Universidade Federal do Tocantins
  • Rômullo Quirino de Souza
  • Marilia Oliveira Camargo
  • Rodrigo de Castro Tavares
  • Priscila Bezerra de Souza

Resumo

O objetivou-se verificar a produção de serapilheira sob dois plantios E. urocam e E. urograndis, inseridos no domínio Cerrado, Aliança do Tocantins – TO. O estudo foi desenvolvido na fazenda Nossa Senhora Parecida, Aliança do Tocantins – TO, sob as coordenadas 11”21’53 S e 49”02’54 O. Foram instalados aleatoriamente em cada um dos plantios dez coletores de 1 x 1 m. Os coletores foram sustentados por estacas com 0,80 m de altura do solo, os quais foram monitorados mensalmente durante o período de maio 2015 a abril de 2016. As amostras coletadas foram secas e separadas em frações de folha e material lenhoso. A produção média de serapilheira total entre os dois plantios apresentou-se bem variável com uma produção anual de 3274,5 kg ha-1 no plantio de E. urocam e de 3523 kg ha-1 no plantio de E. urograndis. A fração mais representativa da serapilheira total encontrada nos dois plantios estudados foi composta por folhas, que perfazem 51,2% do total de material depositado nos coletores enquanto que a fração material lenhoso contribuiu com 48,8%. Em ambos os plantios o maior aporte de folhas ocorreu no período de maior precipitação (maio, novembro e dezembro de 2015 e janeiro a abril de 2016).

Publicado
2019-10-07
Como Citar
Teixeira, P. R., Souza, R. Q. de, Camargo, M. O., Tavares, R. de C., & Souza, P. B. de. (2019). PRODUÇÃO DE SERAPILHEIRA SOB PLANTIO DE HÍBRIDOS DE Eucalyptus, ALIANÇA DO TOCANTINS - TOCANTINS. DESAFIOS - Revista Interdisciplinar Da Universidade Federal Do Tocantins, 6(3), 94-101. https://doi.org/10.20873/uftv6-5421
Seção
Artigos

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)