FESTA DE NOSSA SENHORA DAS MERCÊS EM PORTO NACIONAL – TO: MIGRANTES DE RETORNO.

  • Rosane Balsan Universidade Federal do Tocantins
  • Dannyella dos Santos Luz

Resumo

O presente artigo analisa a Festa de Nossa Senhora das Mercês, levando em consideração os migrantes de retorno. Investigando os motivos que os conduzem a participar da festa e assim nos possibilitou traçar um perfil socioeconômico desses migrantes. Foi realizada uma pesquisa qualitativa, desenvolvida a partir da concepção de migrantes de retorno, ou seja, a entrevista foi realizada apenas com pessoas que moraram em Porto Nacional ou não, mas que conheceram a festa de Nossa Senhora das Mercês e sempre retornam de onde moram para somente participar da festa. As entrevistas foram realizadas no período de 15 a 24 de Setembro de 2017. Notamos que 80% dos entrevistados tem origem no Tocantins, e por determinado tempo residiram em Porto Nacional, onde conheceram a festa e iniciaram sua devoção a Santa

Biografia do Autor

Rosane Balsan, Universidade Federal do Tocantins

Possui graduação em Geografia pela Universidade do Tocantins (1996) e mestrado (2006) e doutorado (2012) em Geografia pelo Instituto de Estudos Socio Ambientais IESA/UFG. Atualmente é professora na Universidade Federal do Tocantins na graduaçaõ e Pos-graduação em Geografia, campus de Porto NAcional. Membro de Conselho editorial da revista Produção Acadêmica e do nucleo de estudos NURBA/UFT e do laboratório LEGEO/UFT. Atualmente (2012-1014) esta como coordenadora do curso de Geografia - Campus de porto nacional - UFT.Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Educação Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de Geografia, educação ambiental, professores, meio ambiente e representações, território.

Publicado
2018-11-06