REBELDIA E BARBÁRIE: Conflitos socioterritoriais na região do Bico do Papagaio

  • Patricia Rocha Chaves Professora Adjunta do Curso de Geografia da Unifap – Universidade Federal do Amapá

Resumo

Este trabalho é parte de minha pesquisa de doutoramento em Geografia Humana, defendida no ano de 2015 na Universidade de São Paulo, intitulada “Rebeldia e Barbárie: Conflitos Socioterritoriais na região do Bico do Papagaio. Através das estatísticas registradas no Caderno de Conflitos no Campo, e levantamentos documentais organizados pela CPT- Comissão Pastoral da Terra, foram sistematizados e mapeados os variados tipos de conflitos que ocorrem naquela região – 111 municípios localizados nos estados: Maranhão, Tocantins e Pará. Também foram realizados trabalhos de campo, em aproximadamente 24 municípios, considerados nos últimos quatro anos os mais densamente conflituosos e de alto índice de violência. Ao todo foram produzidos 74 mapas e o resultado foi a proposição conceitual, a qual chamamos de conflitos socioterritoriais e conflitos socioespaciais. Este artigo contém parte desta proposição.

Biografia do Autor

Patricia Rocha Chaves, Professora Adjunta do Curso de Geografia da Unifap – Universidade Federal do Amapá

Professora Doutora em Geografia e e professora Adjunta do Curso de Geografia da Unifap –Federal do Amapá.

 

Publicado
2017-08-23
Seção
Artigos