Saberes Metalinguísticos em uma Cartilha de Pedagogização Antirracista

Autores

  • Marcus Vinícius Alves Menezes Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC

DOI:

https://doi.org/10.20873.239208

Resumo

Neste texto, a partir da articulação entre a Análise de Discurso (AD) materialista e a História das Ideias Linguísticas (HIL), objetivo compreender como o saber metalinguístico funciona na cartilha temática Direitos humanos e o combate ao racismo, da Escola do Legislativo de Patos de Minas (2021). Entendo a cartilha temática como um instrumento regulatório da vida em sociedade (SILVA, 2014), que tematiza diversos temas, como saúde, raça e gênero. Além disso, é um objeto deslocado do espaço escolar a partir da cartilha de alfabetização (SILVA e PFEIFFER, 2014), esse compreendido como um instrumento linguístico (AUROUX, 2014). Em nível de descrição, o objeto analisado apresenta diversos saberes metalinguísticos, como sentidos de raça e cor, mas também apresentam expressões consideradas racistas, como denegrir e inveja branca. Os gestos analíticos indicam que a mobilização de alguns dos saberes textualizados não é sustentada por uma fundamentação técnica. Há um jogo entre língua imaginária e língua fluida (ORLANDI, 2013) em que tais saberes são produzidos ora por um efeito de completude, funcionando como um dicionário; ora por efeito de incompletude, em que a língua é passível de jogo (PÊCHEUX, 2014a). Por fim, compreendo que, apesar do deslizamento, a cartilha temática, assim como a cartilha de alfabetização, constitui pelo linguístico os sujeitos como sujeito do conhecimento e para uma vida social (ORLANDI, 2013).

Biografia do Autor

Marcus Vinícius Alves Menezes, Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC

Mestrando pelo Programa de Pós-graduação Letras: linguagens e representações da Universidade Estadual de Santa Cruz (2022), orientado pelo prof. Dr. Rogério Modesto, bolsista pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia e graduado em Letras pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2022). Membro do Grupo de Pesquisa dTer - Discurso e Tensões Raciais. Tem interesse nos estudos de Gênero e Sexualidade, Análise de Discurso e em outras áreas da Linguística e da Educação. Desenvolveu, sob orientação do Prof. Dr. Marcos Lopes de Souza, a pesquisa de Iniciação Científica intitulada Implementação da Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (PNSI-LGBT) na região de Jequié-BA, que foi financiada pela CNPq em 2019-2020 e pela FAPESB em 2020-2021

Referências

AUROUX, Sylvain. A revolução tecnológica da gramatização. 3ª ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2014.

BARBOSA FILHO, F. R. Ler o arquivo em análise de discurso: observações sobre o alienismo brasileiro. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 64, n. 00, p. e022007, 2022. DOI: 10.20396/cel.v64i00.8664658. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8664658>. Acesso em: 10 jul. 2022.

CÂMARA MUNICIPAL PATOS DE MINAS. Escola do Legislativo de Patos de Minas lança Cartilha de Direitos Humanos e Combate ao Racismo Institucional, 2021. Disponível em: <https://www.camarapatos.mg.gov.br/index.php/noticias-escola-do-legislativo/2078-escola-do-legislativo-de-patos-de-minas-lanca-cartilha-de-direitos-humanos-e-combate-ao-racismo-institucional-2>. Acesso em: 10 jul. 2023.

ERNST-PEREIRA, Aracy. A falta, o excesso e o estranhamento na constituição/interpretação do corpus discursivo. Anais do IV SEAD: Seminário de Estudos em Análise do Discurso. Porto Alegre: UFRGS, 2009. Disponível em: <https://www.ufrgs.br/analisedodiscurso/anaisdosead/4SEAD/SIMPOSIOS/AracyErn stPereira.pdf>. Acesso em: 31 mai. 2023.

ESCOLA DO LEGISLATIVO DE PATOS DE MINAS. Direitos humanos e o combate ao racismo, 2021. Disponível em: <https://www.camarapatos.mg.gov.br/attachments/article/2076/Cartilha%20Direitos%20Humanos%20e%20a%20Luta%20Contra%20o%20Racismo.pdf>. Acesso em: 10 jul. 2023.

GOMES, G. A et al. Saúde da população LGBT no contexto da pandemia de COVID-19. Porto Alegre: PUCRS, 2020.

GOMES, Arilson dos Santos et al. Cartilha antirracista. Redenção: Serviço de Promoção da Igualdade Racial/Unilab, 2020.

MICHAELIS. Raça. Disponível em: <https://michaelis.uol.com.br/moderno-portugues/busca/portugues-brasileiro/raça/>. Acesso em: 10 jul. 2023.

MICHAELIS. Pecado. Disponível em: <https://michaelis.uol.com.br/moderno-portugues/busca/portugues-brasileiro/pecado/>. Acesso em: 10 jul. 2023.

MODESTO, Rogério. Os discursos racializados. Revista da ABRALIN, [S. l.], v. 20, n. 2, p. 1–19, 2021. DOI: 10.25189/rabralin.v20i2.1851. Disponível em: https://revista.abralin.org/index.php/abralin/article/view/1851. Acesso em: 10 jul. 2023.

MODESTO, Rogério. Mulato nos dicionários de português ou sobre o que uma palavra pode contar da mestiçagem no Brasil. Revista Eletrônica Interfaces, Guarapuava, v. 13, n. 3, 2022. Disponível: <https://revistas.unicentro.br/index.php/revista_interfaces/article/view/7256/5255>. Acesso em: 10 jul. 2023.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Novo Coronavírus - Vamos nos proteger, 2020. Disponível em: <https://www.gov.br/saude/pt-br/coronavirus/publicacoes-tecnicas/guias-e-planos/cartilha-para-criancas-novo-coronavirus-vamos-nos-proteger.pdf/view>. Acesso em: 10 jul. 2023.

ORLANDI, Eni. Língua e conhecimento linguístico: para uma história das ideias no Brasil. 2ª ed. São Paulo: Cortez, 2013.

ORLANDI, Eni. Análise de Discurso: princípios e procedimentos. 12ª ed. Campinas: Pontes, 2015.

ORLANDI, Eni. Discurso e Texto: formulação e circulação dos sentidos. 5ª ed. Campinas: Pontes, 2022.

PÊCHEUX, Michel. Ler o arquivo hoje. In: ORLANDI, Eni Puccinelli (Org.). Gestos de leitura: da história no discurso. 4ª ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2014, p. 57-68.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. 5ª ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2014b.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. 7ª ed. Campinas: Pontes, 2015a.

PÊCHEUX, Michel. Análise de Discurso: textos selecionados por Eni Puccinelli Orlandi. 4ª ed. Campinas: Pontes, 2015b.

SECRETARIA DE JUSTIÇA E CIDADANIA DO DISTRITO FEDERAL. O racismo sutil por trás das palavras, 2020. Disponível em: <https://sisejufe.org.br/wp-content/uploads/2020/07/Alt-O-racismo-sutil-por-trás-das-palavras-1-1-2.pdf>. Acesso em: 10 jul. 2023.

SECRETÁRIA MUNICIPAL DA SAÚDE DE SALVADOR. Saúde LGBT em tempos de pandemia de COVID-19, 2020. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2023.

SILVA, Mariza Vieira da. As cartilhas na sociedade do conhecimento. Entremeios: revista de estudos do discurso, Pouso Alegre, 2014, n. 8, p. 1-13.

SILVA, Mariza Vieira da; PFEIFFER, Claudia Castellanos. Pedagogização do espaço urbano. Revista do Laboratório de Estudos Urbanos - RUA [online], Campinas, 2014, Edição Especial, p. 87-109.

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. Expressões racistas: como evitá-las. Brasília: Tribunal Superior Eleitoral, 2022.

Downloads

Publicado

2023-11-20

Como Citar

Alves Menezes, M. V. (2023). Saberes Metalinguísticos em uma Cartilha de Pedagogização Antirracista. Porto Das Letras, 9(2), 195–215. https://doi.org/10.20873.239208

Edição

Seção

Instrumentos Linguísticos