Efectos comunitarios de los regímenes agroalimentarios

Elucidación de un modelo subyacente a The struggle for maize

Autores

  • Diego Méndez

Resumo

O presente trabalho reconstrói o modelo de transformações agrosocioeconômicas subjacentes a The Struggle for Maize de Elizabeth Fitting, um trabalho que interpreta um conjunto de dados etnográficos e históricos de uma comunidade do sul do Vale de Tehuacán, México, em relação à dinâmica global ou continental de produção e distribuição de alimentos. O autor recorre à teoria dos regimes agroalimentares de Philip McMichael e outros para dar conta do desenvolvimento agrosocial local. O trabalho de acoplamento de The Struggle for Maize implica um modelo de articulação entre o global e o local; um modelo que poderia ser generalizado para levar em conta dinâmicas em outros cenários. No entanto, ele deve ser extraído, pois The Struggle for Maize não o apresenta como um esquema conciso e explícito. Este é o propósito deste artigo: com base na teoria das categorias, aqui reconstruímos o modelo mencionado como um diagrama da categoria dos conjuntos. A intenção principal é explorar as possibilidades expressivas do aparelho em questão, bem como desenvolver um modo de apresentação didático que permita ao leitor compreender plenamente a proposta de Fitting e compreender o instrumento reconstrutivo utilizado. O presente texto ilustra uma forma de reconstruir arquiteturas conceituais usando como exemplo uma monografia acadêmica com importante impacto social, na medida em que afeta a discussão atual sobre soberania alimentar.

Downloads

Publicado

2019-07-29