Expedições, recados, vizinhanças e diferenças entre mapas

O conto Recado do morro de João Guimarães Rosa e o filme Stalker de Andrei Tarkovski

Resumo

Com esse texto-experimento e como um cartógrafo, aventuramos nos espaços e
pensamentos erráticos, nômades, liso, de Stalker, filme do cineasta russo Andrei Tarkovski e do
conto “O recado do morro” do escritor João Guimarães Rosa. De certa forma, o percurso elaborado
pelas expedições, os três homens de Stalker e os cinco homens de “O recado do morro”, guardam
algumas vizinhanças que se desdobram sobre os problemas nos socius em que percorrem. O socius
sobrecodifica os fluxos do desejo, buscando determiná-los, regulá-los. Ainda que sejam olhares
singulares, filme e literatura, avultam-lhes sensações problemáticas tendo em vista as maneiras
inusitadas com que os caminhos se fazem no conto e no filme. Para esse experimento, utilizamos
a geofilosofia imanente deleuzeguatarriana.

Publicado
2021-01-15