FONTES, GESTÃO E DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA: relato do desenvolvimento de uma ferramenta de busca para Imprensa

Autores

  • Rodrigo Eduardo Botelho-Francisco Universidade Federal do Paraná - UFPR
  • Fabia Cristiane Ioscote Universidade Federal do Paraná - UFPR
  • Antonio Rodrigues Barros Universidade Federal do Paraná - UFPR
  • Matheus Dias Galdino Soares Universidade Federal do Paraná - UFPR

DOI:

https://doi.org/10.20873/uft.2447-4266.2021v7n3a8pt

Palavras-chave:

Fontes de Informação, Gestão de Conteúdo, Desenvolvimento Web, Jornalismo, Divulgação Científica

Resumo

Este artigo tem por objetivo apresentar um relato do desenvolvimento do Guia de Fontes @UFPR, uma ferramenta para busca de informação científica criada no âmbito da Agência Escola de Comunicação Pública e Divulgação Científica e Cultural (AE) da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Neste contexto, o trabalho discute a informação e a gestão de conteúdo científica sob um ponto de vista interdisciplinar e descreve o desenvolvimento do software contemplando o Jornalismo, a Gestão da Informação e a Computação, áreas do conhecimento nas quais estão pautados os princípios metodológicos do Guia de Fontes @UFPR. Por fim, o trabalho apresenta os resultados à luz da Divulgação Científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Eduardo Botelho-Francisco, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Professor dos programas de pós-graduação em Gestão da Informação e em Comunicação e do Departamento de Ciência e Gestão da Informação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Livre Docente em Informação e Tecnologia, Doutor e Mestre em Ciências da Comunicação. Email:rodrigobotelho@ufpr.br

Referências

ALBRECHT, R. F.; OHIRA, M. L. B. Bases de dados: metodologia para seleção e coleta de documentos. Revista ACB, v. 5, n. 5, p. 131-144, 2000. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/71931. Acesso em: 24 mar. 2021.

BOIKO, B.. Content management bible. Indianapolis: Wiley Publ., 2005.

BUENO, W. C.. Comunicação científica e divulgação científica: aproximações e rupturas conceituais. Informação & Informação, v. 15, n. 1esp, p. 1-12, 2010. http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2010v15n1espp1.

CAMARGO, L. S. de A. de; VIDOTTI, S. A. B. G.. Arquitetura da informação: uma abordagem prática para o tratamento de conteúdo e interface em ambientes informacionais digitais. Rio de Janeiro: LTC, 2011.

CAPES. Tabela de Áreas de Conhecimento/Avaliação. Brasília, CAPES, s.d. Disponível em: www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/avaliacao/instrumentos/documentos-de-apoio-1/tabela-de-areas-de-conhecimento-avaliacao. Acesso em: 6 mar. 2021.

CASSOTTA, M. L. J.; LUCAS, A.; BLATTMANN, U.; GODOY VIERA, A. F.. Recursos do conhecimento: colaboração, participação e compartilhamento de informação científica e acadêmica. Informação & Sociedade, v. 27, n. 1, abr. 2017. http://dx.doi.org/10.22478/ufpb.1809-4783.2017v27n1.29469.

CENDON, B. V.. Ferramentas de busca na Web. Ci. Inf., v. 30, n. 1, p. 39-49, Apr. 2001. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-19652001000100006.

CHOO, C. W.. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Editora SENAC, 2003.

CYSNEIRO, L. M.. Using i* to Elicit and Model Transparency in the Presence of Other Non-Functional Requirements: A Position Paper. In: PROCEEDINGS OF THE 6TH INTERNATIONAL I* WORKSHOP (iStar 2013), 6., 2013, Valencia. Anais...Valencia: CEUR Vol-978, 2013. p. 19-24.

CNPQ. Sobre a plataforma Lattes. CNPq, s.d. Disponível em: http://lattes.cnpq.br. Acesso em: 6 mar. 2021.

COULOURIS, G.; DOLLIMORE, J.; KINDBERG, T.; GORDON, B.. Distributed Systems. Concepts and design. 5. ed. Boston: Addison-Wesley, 2012.

DAMA. Data Management Body of Knowledge DAMA-DMBOK®. 2. ed. Westfield: Technics Publications, 2017.

DELABIO, F.; PIAI CEDRAN, D.; MORI, L.; MICHELLAN KIORANIS, N.. Divulgação científica e percepção pública de brasileiros(as) sobre ciência e tecnologia. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 4, n. 3, p. 273-290, mar. 2021. https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i3.12132.

DUARTE, J.. Comunicação pública. In: LOPES, Boanerges (Org.). Gestão em comunicação empresarial: teoria e técnica. Juiz de Fora: Multimeios, 2007.

ELMASRI, R.; NAVATHE, S.. Sistemas de banco de dados. São Paulo: Pearson Addison Wesley, 2005.

MARCONDES, C. H. Representação e economia da informação. Ci. Inf., v. 30, n. 1, p. 61-70, jan./abr. 2001. https://doi.org/10.1590/S0100-19652001000100008.

MARCONDES, C. H.; SAYÃO, L. F.. Integração e interoperabilidade no acesso a recursos informacionais eletrônicos em C&T: a proposta da Biblioteca Digital Brasileira. Ci. Inf., v. 30, n. 3, p. 24-33, set./dez. 2001. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-19652001000300004.

MASSARANI, L.; PETERS, H. P.. Scientists in the public sphere: Interactions of scientists and journalists in Brazil. An. Acad. Bras. Ciênc., Rio de Janeiro, v. 88, n. 2, p. 1165-1175, 2016. http://dx.doi.org/10.1590/0001-3765201620150558.

NISO. Noções básicas sobre metadados. Bethesda, MD: NISO Press, 2004. Disponível em: www.niso.org/standards/resources/UnderstandingMetadata.pdf. Acesso em: 10 mar. 2021.

PEREIRA, M.; KÖPTCKE, L.S.. Guia de Fontes Primárias: O Museu Nacional: seu público no Século XIX e início do Século XX. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, 2009.

PINTO, A. E. S.. Jornalismo Diário: reflexões, recomendações, dicas e exercícios. São Paulo: Publifolha, 2009.

PRESSMAN, R. S.; MAXIM, B. R.. Engenharia de software: uma abordagem profissional. 8. ed. Porto Alegre: AMGH, 2016.

RODRIGUES, C.; BLATTMANN, U.. Gestão da informação e a importância do uso de fontes de informação para geração de conhecimento. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 19, n.3, pp.4-29, 2014. https://doi.org/10.1590/1981-5344/1515.

SANTAREM SEGUNDO, J. E.; SILVA, M. F.; MARTINS, D. L.. Revisitando a interoperabilidade no contexto dos acervos digitais. Informação & Sociedade, v. 29, p. 61-84, 2019. http://dx.doi.org/10.22478/UFPB.1809-4783.2019V29N2.38107.

SILVA, M. R. N.. O Arquivo e a Cibercultura. Guia de fonte sobre a história da prisão no Rio de Janeiro: 1830-1890. In: XXVI SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 26., 2011, São Paulo. Anais...São Paulo: ANPUH, jul. 2011. p. 1-12.

NASCIMENTO, M. de J.; SOMMER, C.. Jornalistas e o acesso à informação. Em Questão, v. 11, n. 2, p. 425-452, jul./dez. 2005. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/88002. Acesso em: 02 abr. 2021.

SUBRAMANYAM, K.; SUBRAMANYAM, B.. Scientific and Technical Information Resources. Boca Raton (EUA): CRC Press, 1981.

TEIXEIRA, T. M. C.; VALENTIM, M. L. P.. Processo de busca e recuperação de informação em ambientes organizacionais: uma reflexão teórica sobre a subjetividade da informação. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 22, n. 4, p.82-97, out./dez. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/1981-5344/2938.

TRAQUINA, N.. Teorias do Jornalismo, porque as notícias são como são. Florianópolis: Insular, 2. Ed., 2005.

Publicado

2021-07-01

Como Citar

BOTELHO-FRANCISCO, Rodrigo Eduardo; IOSCOTE, Fabia Cristiane; BARROS, Antonio Rodrigues; GALDINO SOARES, Matheus Dias. FONTES, GESTÃO E DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA: relato do desenvolvimento de uma ferramenta de busca para Imprensa. Revista Observatório , [S. l.], v. 7, n. 3, p. a8pt, 2021. DOI: 10.20873/uft.2447-4266.2021v7n3a8pt. Disponível em: https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/observatorio/article/view/11953. Acesso em: 17 abr. 2024.