Estado, Políticas Públicas e Território no Brasil

  • Vanessa Teixeira
  • Rafael Freire De Paula
Palavras-chave: Estado, Políticas públicas, Geografia

Resumo

O presente ensaio trata das relações entre as imagens e o texto, tendo no pano de fundo a narração como um encadeamento de informações em função do tempo. Observa os elementos presentes na linearidade simbólica do texto e a presença das audiovisualidades, ou seja, as sugestões imagéticas contidas; elemento fundamental para, por exemplo, os processos de adaptação de linguagem. Discute as dimensões do tempo nos processos audiovisuais, bem como signos da mesma natureza dentro do texto. Conclui que os processos adaptativos devem ter no tempo sugestivo a base para uma fidedignidade rítmica.

Referências

BOBBIO, Norbert. Estado, governo e sociedade. São Paulo: Paz e Terra, 1986.

CASTRO, I.E. Geografia e política: território, escalas de ação e instituições. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005.

CASTRO, I. E (org.). Espaços da Democracia: para a agenda da geografia política contemporânea – 1. Ed. – Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, FAPERJ, 2013.

FERNANDES, Bernardo Mançano. Construindo um estilo de pensamento na questão agrária: o debate paradigmático e o conhecimento geográfico. Presidente Prudente, 2013, 398 p. Livre Docência. Faculdade de Ciências e Tecnologia – FCT/UNESP.

HAESBAERT, Rogério. Da Desterritorialização à multiterritorialidade. Boletim Gaúcho de Geografia, 29: 11–24, jan., 2003. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/bgg/article/view/38739/26249. Acesso em 27 jan. 2015.

HARVEY, David. A produção capitalista do espaço – São Paulo: Annablume, 2005.

LENIN, Vladimir Iltch. O Estado e a revolução: o que ensina o marxismo sobre o Estado e o papel do proletariado na revolução/ V. I. Lenin – 1. Ed. – São Paulo: Expressão Popular, 2007.

LOW-BEER. J. O Estado e as políticas públicas: uma revisão histórica (1950 a 1997) Espaço & Geografia, V.5, n 2, p.65 -100, 2002 MELAZZO, E. S. Problematizando o conceito de políticas públicas: desafios à análise e à prática do planejamento e da gestão. Revista Tópos, Presidente Prudente/SP, v. 4, p. 9-32, 2010. POULANTZAS, Nicos. As lutas políticas: o Estado, condensação de uma relação de forças. In: POULANTZAS, Nicos. O Estado, o poder e o socialismo. São Paulo: Graal, 2000.

RESENDE, Guilherme Mendes. Avaliação de políticas públicas no Brasil: uma análise de seus impactos regionais. Rio de Janeiro: Ipea, 2014. v. 1.

SANTOS, M. A natureza do espaço. 2. Ed. São Paulo: Editora Hucitec, 2009. SANTOS, M.; SILVEIRA, M. L. O território e a sociedade no inicio do século XXI. 15 ed. Rio de Janeiro: Record, 2011. SOUZA, Celina. Políticas públicas: uma revisão da literatura. Sociologias, v. 8, n. 16, p. 20- 45, 2006.

SOUZA, C. “Estado do campo” da pesquisa em políticas públicas no Brasil. Revista brasileira de ciências Sociais, v18, n 51, 2003

SOUZA, Marcelo José Lopes. O território: sobre o espaço e poder, autonomia e desenvolvimento. In: CASTRO, I.E. et al. Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012.

STEINBERGER, Marilia (org.). Território, Estado e políticas públicas espaciais / Marilia Steinberger et al – Brasília: Ler Editora, 2013.
Publicado
2018-08-01