Estrutura e grupos ecológicos de um trecho de floresta estacional semidecidual montana no município de Dom Silvério, Minas Gerais

  • Amilcar Walter Saporetti Junior Universidade Federal do Espírito Santo
  • Walnir Gomes Ferreira Júnior Instituto Federal do Sul de Minas Gerais - Campus Machado
  • Luis Fernando Tavares de Menezes Universidade Federal do Espírito Santo
  • Sebastião Venâncio Martins Universidade Federal de Viçosa

Resumo

A Mata Atlântica, um dos 35 hotspots prioritários para a conservação, em virtude de seu histórico processo de ocupação, possui complexidade e diversidade como resposta ao clima e solos, sendo as Florestas Estacionais resposta à estacionalidade climática. Os remanescentes da Mata Atlântica em Minas Gerais estão confinados às unidades de conservação e em locais de difícil acesso, impróprios para a atividade agropecuária. Com a necessidade do maior conhecimento das unidades de conservação, foi objeto desse trabalho descrever a estrutura fitossociológica e o estado de conservação utilizando a classificação de grupos ecológicos de uma unidade de conservação em Dom Silvério, MG, via 440 pontos amostrais. As espécies mais importantes foram Mabea fistulifera, Myrcia splendens, Xylopia sericea, Byrsonima sericea e Anadenanthera colubrina var. colubrina. A estrutura diamétrica segue a tendência das curvas em “J” invertido onde o elevado número de indivíduos de diâmetros mais baixos obedece ao processo de recrutamento de novas gerações. Espécies pioneiras e secundárias iniciais foram as mais representativas na amostra indicando estado de conservação com possíveis perturbações. Essa característica denota a necessidade de formas legais de proteção do fragmento em caráter permanente, já que, atualmente, o fragmento carente de embasamento legal que garanta sua proteção na totalidade.

Publicado
2017-02-06
Como Citar
SAPORETTI JUNIOR, Amilcar Walter et al. Estrutura e grupos ecológicos de um trecho de floresta estacional semidecidual montana no município de Dom Silvério, Minas Gerais. Revista Interface (Porto Nacional), [S.l.], n. 12, p. 55-69, fev. 2017. ISSN 2448-2064. Disponível em: <https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/interface/article/view/3193>. Acesso em: 14 dez. 2017.