Trabalho e Saúde no movimento sindical: a experiência multidisciplinar da secretaria de saúde do trabalhador do Sindisprev-RS

Resumo

Este artigo resulta da experiência do trabalho interdisciplinar da Secretaria de Saúde do Trabalhador desenvolvido junto ao Sindicato dos Trabalhadores Federais da Saúde, Trabalho e Previdência no Rio Grande do Sul (SINDISPREV-RS). Objetiva apresentar a metodologia de trabalho desenvolvida e seus diferentes enfoques a partir da equipe técnica integrada por assistente social e psicóloga, com foco na saúde do trabalhador. As ações emergem a partir de demandas de trabalhadores públicos, que buscam o serviço com questões relacionadas à saúde e ao trabalho. A realidade trazida ao sindicato apresenta agravamentos em relação a condições de saúde, indicando a falta de transparência e de ações destinadas à proteção da saúde desses trabalhadores. O relato de experiência demonstra o importante papel e a responsabilidade do sindicato e apresenta, como resultado, a contribuição para o fortalecimento do movimento sindical e de sua categoria, operadora das políticas públicas no Brasil. Busca-se, com isso, a visibilidade dos graves problemas apresentados e maior atenção às ações de promoção e proteção da saúde dos operadores das políticas públicas por parte dos gestores na luta contra o desmonte das políticas públicas.

Biografia do Autor

Fabiane Konowaluk Santos Machado, SINDISPREVRS
Fabiane Konowaluk Santos Machado Psicóloga - CRP 07/08713 Secretaria de Saúde do Trabalhador/SINDISPREVRS Mestre e Doutora em Serviço Social/PUCRS Doutoranda em Psicologia Social e Institucional/UFRGS  
Maria Dulcinéia Martins Batista, SINDISPREVRS

Assistente Social - CRESS 12181 - 10ª região
Secretaria de Saúde do Trabalhador - SINDISPREV/RS

Carmen Fosch, SINDISPREVRS

Bacharel em Serviço Social/UFRGS.

Diretora do SINDISPREVRS.

Cyntia Heineck, SINDISPREVRS

Assistente Social.

Diretora da Secretaria de Saúde do Trabalhador do SINDISPREVRS.

Publicado
2019-06-13
Seção
Artigos Teóricos e Empíricos